o faisão vaidoso

0

O faisão vaidoso é um exemplo de que a vaidade pode até tentar esconder as imperfeições, mas nunca de fato mudará a verdadeira identidade. Portanto,  aprendemos aqui uma lição. O mentiroso não irá muito longe, ao valer-se de enganos para encantar.

A gralha tentou se disfarçar, com as penas que não eram dela, e acabou ficando desapontada. Assim acontece quando desejamos aparentar, o que na verdade não somos!

O faisão vaidoso – Fábula de Esopo

As aves estavam reunidas, para eleger qual delas  as representariam. Todas lindas com suas maravilhosas plumagens e canto envolvente. Iniciou-se o desfile, e nenhuma delas desejava ficar de fora, portanto, tão logo começaram a se apresentar.

A  Gralha, que sabia muito bem de sua própria feiura, arriscou a se candidatar. Saiu pelos campos e florestas, buscando as penas que haviam caído das asas dos outros pássaros, colhendo-as todas, colou-as por cima de sua plumagem.

No dia marcado para o desfile, lá estavam as aves, para desfilarem e escolherem quem seria a vencedora. Após algumas delas se apresentarem, surge um pássaro exuberante e colorido, fazendo com que plateia caísse em espanto!

-Mas quem é essa que nunca vimos semelhante beleza e mistura de cores?

Enquanto a vaidosa ave desfilava, e os jurados já prontos a elegê-la, um sábio e experiente urubu , que vira a ave em sua busca por penas, deu o alarme:

-Pois essa não, é a gralha maluca, que pegava todas as penas que caiam na floresta?

Para se certificarem da denúncia do urubu, as aves se juntaram na gralha arrancando-lhe as penas. Logo estava exposta novamente.

  

 

Decepcionados, os jurados se entreolhavam, pensando como puderam ser enganados! A gralha irritada saiu de perto, pois tentou enganar a experiência do urubu, mas, não deu certo!

  

Moral da história: “Uma gralha nunca será Faisão, ela só vive de ilusão!”

“A vaidade não nos levará até onde a verdade nos leva!”

Fábula de Esopo – Adaptação: Elaine Costa

Autor da fábula: O faisão vaidoso – Fábula de Esopo

Essa fábula é atribuída à Esopo, um sábio e velho escravo da Grécia antiga, que educava o povo por meio de suas histórias e fabulas. Ele viveu no 6º século antes de Cristo, portanto, pertenceu ao tempo dos velhos sábios, mas, foi executado por um crime que não fez. Entretanto, sua sabedoria nos ensina até hoje.

Exercício de leitura para o fundamental I- O faisão vaidoso

  1. Qual a lição que aprendemos com essa história
  2. Desenhe um faisão, e também uma gralha, você consegue?
  3. Qual foi o maior erro da gralha?
  4. O urubu agiu certo em denunciar, ou deveria ficar calado e deixar as outras aves enganadas?
  5. Em sua opinião, se a gralha desejava concorrer, o que ela poderia fazer?
  6. Que outro final essa fábula poderia ter?

Proposta de atividade/dinâmica – O faisão vaidoso

Nessa incrível oficina, vamos aprender a fazer passarinho com material reciclável! É muito fofo, contudo é também  muito fácil! E o melhor, é que  você deverá ter tudo em casa, então vamos a obra? Depois poderão fazer uma exposição das aves e portanto, elegerem a mais bonita!

Você irá precisar de:

1 garrafa de plástico

1 pregador de roupas

Pedacinhos de arame

1 frasco vazio de Shampoo

Caneta de cor

1 serrinha

1 pistola de cola quente

1 ferro de solda

Veja logo abaixo o modo de fazer!

Fim

Gostou da fábula: o faisão vaidoso?  Se desejar ler mais  fábulas de Esopo, temos diversas outras no blog, portanto, não perca tempo! Mergulhe no mundo de sabedoria, o qual pode ser encontrado, nas lições de moral, que embora sejam histórias infantis, carregam um mundo verdades, das quais todos nós precisamos conhecer!

Um grande abraço, e até a próxima!