O ladrão e o cão de guarda

0

O ladrão e o cão de guarda nos mostra, que é necessário ficar atento, pois um bocado de pão, pode deixar um ladrão, nos roubar algo maior e mais precioso!

O ladrão e o cão de guarda

Quantos no momento de uma oferta irresistível, se esquecem  que precisam estar vigilantes, não deixando o ladrão roubar a casa que o sustenta!

O cão da fábula, embora tentado, provou no entanto, que migalhas não podem comprar a fidelidade e o amor, das quais por longos anos  se desfrutou com seus verdadeiros  donos.

 O ladrão e o cão de guarda – Fábula de Esopo

Um certo ladrão roubava casas e mais casas, valendo-se apenas de um bocado de pão e sua persuasão.

Enquanto os cães se distraiam com a migalhas que se lhe ofereciam, o bandido entrava e roubava tudo o que tinham.

No entanto, nem todos se deixam dominar pelo estomago, e Galby provou isso! O ladrão insistente o tentava:

– Venha aqui cãozinho fofo, veja o que o tio trouxe para você, um pãozinho de primeira, é só pegar e comer!

 Galby examinou, cheirou… cheirou… e um latido estrondoso em resposta ele soltou!

– Pensa que não sei que és ladrão? E que queres me enganar? Aqui você não entra! Minha casa não irás roubar!  Achas que eu trairia meus donos, que todos os dias sem sessar, faça chuva ou sol, estão a me sustentar? Vai-te embora malandro, se não vou te pegar!

         O ladrão viu que Galby não brincava, e iria lhe morder, para a casa de seus donos, prontamente defender! Sem haver outra saída, disparou-se  a correr!

– Cão maluco orgulhoso! ( dizia o ladrão)  Nem quis saber do pão gostoso!

Enquanto o ladrão corria, mais e mais Galby latia, pela defesa de seus donos, e da casa que o provia!

Estes sim eram importantes, e portanto os guardaria, ali, não pisariam estranhos, fosse noite ou fosse dia!

Fábula de Esopo- Adaptação: Elaine Costa

 Sobre Esopo, autor da Fábula: O ladrão e o cão de guarda

Esopo, é conhecido como um contador de fábulas que fora escravo, o mesmo, encantava a todos com suas sábias narrações.  Nascido de maneira suposta no século VI a.C. ou VII a.C., na Ásia Menor, Esopo foi apanhado e levado para a Grécia para servir como escravo.

Esse escritor fez tanto sucesso na Grécia que o escultor Lisipes ergueu uma estátua em sua homenagem. O contador de fábulas teve um final de vida trágico, sendo condenado à morte por um crime que não cometeu, mas suas fábulas ao mundo inteiro se estenderam.

 Exercícios de leitura para fundamental I: O ladrão e o cão de guarda

Vamos responder no caderno?

  • Qual era a intenção do ladrão ao oferecer pão para o cão?
  • Todas as pessoas que nos presenteiam desejam realmente nosso bem?
  • Por qual motivo o cão não aceitou o presente dado pelo ladrão?

Vamos pesquisar um pouco sobre o extinto canino?

  1. Uma equipe responderá por que os cães são considerados o melhor amigo do homem
  2. Outra equipe irá pesquisar, por que eles farejam, antes de aceitarem o que lhes é oferecido
  3. Uma terceira equipe irá pesquisar quais espécies são domésticas, quais são policiais e quais são os cães selvagens.

Proposta de atividade/dinâmica: O ladrão e o cão de guarda

Vamos realizar um concurso de cães?

Na presente atividade, iremos mostrar como as raças de cães possuem semelhanças e diferenças, portanto, vamos iniciar colhendo fotos.

  1. Separe as crianças em duplas ou grupos.
  2. Realize um sorteio para que cada grupo escolha uma raça de cão com a qual deseja trabalhar.
  3. Cada grupo ou dupla irá trazer, além de uma foto da raça escolhida, dados de seu cão escolhido que o diferencia das demais raças (pelo, focinho, tamanho, rabo…)
  4. Marque uma data para a exposição.
  5. Realize o trabalho, de tal forma que cada grupo consiga explicar para o público, tudo sobre o cão escolhido.
  6. Crie uma banca avaliadora para escolher qual grupo fez a melhor explicação.

Confira outra versão em vídeo da fábula: O ladrão e o cão de guarda

https://www.youtube.com/watch?v=N0RZ41VQbOw

Fim

Gostou da fábula de Esopo: O ladrão e o cão de guarda?  Observe que a fidelidade pode fazer com que se resista aos mais valiosos presentes. Portanto, aquele que permanece fiel ao que mantém seu sustento, não se vende por um bocado de alimento!

Se você gostou da fábula, quer ler outra como essa, ou conhecer outras pérolas da Demonstre, viste o blog! Esse blog está entre os mais incríveis da internet. Nele você encontra uma relação de textos exercícios e dinâmicas que tornarão suas aulas incríveis! Não perca essa oportunidade, mas, não dixe de também deixar seu comentário!

Um grande abraço e até breve! Nosso prazer é ajudar você!