O que é cyberbullying?

0
747
O que é cyberbullying? 1

Texto simples explicando o que é cyberbullying e sugerindo ideias para vencer ou evitar o cyberbullying.

O que é cyberbullying?

O que é cyberbullying

Definição de cyberbullying:

“Cyberbullying é um tipo de violência praticada contra alguém através da internet ou de outras tecnologias relacionadas. Praticar cyberbullying significa usar o espaço virtual para intimidar e hostilizar uma pessoa (colega de escola, professores, ou mesmo desconhecidos), difamando, insultando ou atacando covardemente.”
(www.significados.com.br/cyberbulliyng/)

Veja o vídeo para entender um pouco mais:

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio:

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Segundo anúncio:

O grande sonho da maior parte dos docentes é passar em um concurso, e sem dúvidas a maior dificuldade está em entender a prova e aprender a estudar para o certame. Por isso, sendo eu concursado e tendo passado por isso, quero indicar um curso que realmente faz a diferença:

Centro do ConcurseiroClique aqui para fazer o curso do Pietro Frazon e conquiste sua vaga.

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminha o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

A internet não é terra sem lei

Como vimos no vídeo, o bullying também ocorre através das redes sociais (como facebook, twitter e whatsapp) e causa os mesmos danos a pessoa que o sofre. Felizmente você, educador, pode levar seus alunos a refletirem a ponto de pesarem bem antes de: postar, publicar, twittar, em alguma dessas redes.

Estratégia 1: Noção de empatia

Pode-se dizer que não se sabe o quanto um “simples” post pode ferir os sentimentos da pessoa que está lá do outro lado da tela, mas no fim, isto é uma questão de se colocar na pele do outro. Fale sobre a importância de não curtir, compartilhar, publicar ou postar nada em que se  perceba algo que possa chatear alguém, exemplificando e contando histórias sobre.

Estratégia 2: Noção de propriedade

Despertar a consciência de que não seja compartilhada a senha do celular ou tablet aos colegas, pois na maioria das vezes inicialmente como “brincadeira” , algo pode se tornar mais sério e acabar causando problemas ao proprietário por um segundo indivíduo utilizar o aparelho para praticar bullying a alguém.

Estratégia 3: Noção de privacidade

Para que sejam cautelosos em relação a “quem pode visualizar” suas postagens (como fotos pessoais) evitando pessoas que possuem o costume totalmente impróprio de praticar o bullying em seus comentários e publicações!

Estratégia 4: Noção de legalidade

Causar o bullying em um comentário nas redes sociais é considerado crime virtual! Onde algumas vezes alguém que é colega de classe e mantém conversas nos chats privados das redes sociais pode praticar o bullying e parecer ao aluno envolvido “coisa de amigos”, “zoeiras”. Sem uma consciência amadurecida a respeito do tema, a agressão pode não ser levada como bullying!

Estratégia 5: Noção de participação familiar

Palestrar também aos pais que mantenham o PC em um lugar onde seus pais possam acompanhar com quem está sendo estabelecido diálogo online pode evitar muitos problemas como o cyberbully. É importante ressaltar aos pais que cuidem para que a criança ou adolescente não fique sozinho ou impeça que os responsáveis vejam suas conversas nestes tais chats. Checar com atenção qualquer tipo de mensagem, foto, vídeo, meme ou algum outro tipo que contenha algum tipo de ilustração potencialmente ofensiva também se trata de cyberbully.

FIM

Enfim, é reconhecível que enquanto pedagogos e professores, na maioria das vezes  atentemos exclusivamente aos alunos sem buscar oportunidade que outros agreguem informações e ações a respeito do assunto. Fica então a dica, para que expandamos nosso olhar as soluções para este problema fazendo o que fazemos de melhor: Educando, agregando informação a todos quanto alcançarmos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.