Você sabe o que é Democracia? Começamos uma nova série com uma responsabilidade fora do comum, que é a apresentar e conceituar dúvidas constantes no dia a dia escolar e cotidiano do aluno e professor.

O que é Democracia?

Embora seja um conceito que a maioria das pessoas – provavelmente – saberia definir, a democracia é muito mais complexa por se tratar de algo que varia dependendo do contexto político e do grau de desenvolvimento social. Algumas pessoas dizem que é o direito a escolher seus representantes, outros dizem que é a decisão da maioria, etc., entretanto, podemos pensá-la como um modelo de sociedade onde as pessoas têm o poder de decidir o que e como será a sociedade e são, de fato, representadas/ouvidas/atendidas.

Por exemplo, temos uma sala de aula onde o professor pretende lançar um trabalho feito individualmente, porém, abre a possibilidade de votação para que os alunos decidam entre uma tarefa individual ou coletiva. Dessa maneira, a maioria vota por um trabalho coletivo e, por isso, o professor deve acatar a decisão, visto que grande parte decidiu assim. Isso é um exemplo muito básico e muito menos complexo do que uma Democracia de fato é, mas nos ajuda a compreender como ela se daria em um contexto político e social.

Quais as Características da Democracia?

Fizemos uma busca para saber quais os principais elementos que constituem uma Democracia e elencamos alguns aspectos importantes que lhe caracterizam, são eles:

  • Liberdade de expressão

  • Liberdade em formar organizações

  • Direito ao voto

  • Elegibilidade para cargos públicos

  • Garantia de acesso a informação

O que é Democracia e sua Relação com o ambiente escolar

Não é preciso aprofundar demais o assunto para ver a importância de se falar de Democracia em sala de aula; vivemos em um contexto onde a tendência – infelizmente – é a repressão, é a omissão de direitos. É necessário que os alunos vejam porque a Democracia é um caminho melhor e mais justo para uma sociedade,visto que se trata de um regime que coloca nas mãos da sociedade a opção de escolher os melhores caminhos para a educação, a saúde, etc. Abordá-lo em sala de aula é a garantia de que as futuras gerações tenham acesso as mesmas oportunidades que nós tivemos.

O que é Democracia: Pontos Positivos x Pontos Negativos

Pontos Positivos sobre falar de Democracia

  • Os alunos compreenderão a amplitude do conceito de Democracia e quais suas principais características políticamente e socialmente

  • A abordagem do assunto irá garantir que os estudantes tenham consciência da importância de uma sociedade democrática

Pontos Negativos sobre falar de Democracia

  • É possível que os alunos tenham dificuldade em compreender a relevância da discussão acerca da Democracia, visto que nos meios de comunicação muito se leva a pensar em medidas políticas que fogem totalmente de uma proposta democrática, mas cabe ao professor estabelecer didáticamente um entendimento geral da turma acerca do que é a Democracia e porque ela foi e é importante socialmente e políticamente

Proposta de aula para trabalhar sobre Democracia em sala de aula:

Tema:

Democracia

Objetivos sobre a aula de Democracia:

Objetivos Gerais sobre a aula de Democracia:

Estabelecer uma compreensão geral acerca do que conceito de Democracia e das razões de ser um regime melhor para o povo.

Objetivos Específicos sobre a aula de Democracia:

Trabalhar o senso crítico da turma, estabelecendo um panorama histórico-sociológico de momentos políticos vivenciados pelo Brasil e de como a Democracia obteve um êxito maior nesse contexto, se comparado ao passado.

Conteúdo sobre a aula de Democracia:

Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=MLQkIDxyCcQ

Vídeo 2: https://www.youtube.com/watch?v=MW5p4RqQhl0

Texto: http://www.politize.com.br/democracia-o-que-e/

Metodologia sobre a aula de Democracia:

Uma atividade muito interessante para despertar a consciência da turma acerca do que é Democracia é iniciar a aula com um questionamento aberto para votação. Pode ser algo muito simples como “Quem prefere fazer um trabalho ao invés de uma avaliação?” e pedir que os que votassem a favor, levantassem a mão, de modo que os demais permanecessem quietos. Se a maioria da turma votar sim, já é possível iniciar a discussão acerca de Democracia com esse exemplo de decisão da maioria. Em seguida, utilizar os vídeos sugeridos nessa matéria para expor e ilustrar melhor o que vai ser abordado em sala de aula.

Referências

Veja este vídeo completo sobre o Escola Sem Partido e a realidade do professor. Vamos bater de frente nesta discussão e argumentar como professores, pois nós entendemos a realidade escolar!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Temos um anunciante!!! Clique na imagem ou no link e confira o material deste anunciante que está ajudando a manter o Demonstre:

Você já parou para pensar que uma dieta real faz a diferença? Estou fazendo e me sinto bem melhor!

dieta de 21 dias demonstre

O que me impressionou neste dieta foi esse teste que mede o grau de inflamação celular, muito interessante!

Link do quiz de inflamação celular: https://goo.gl/vCPzVJ

Você conhece Froebel? Neste vídeo apresento este teórico da educação infantil, responsável pela criação dos jardins de infância como conhecemos hoje, assim como do conceito do brinquedo pedagógico.

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas com poetas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

E ainda temos os vídeos de poesias, sempre maravilhosos e diários no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Filmes sobre Democracia

A Onda

Rainer é um professor a quem foi designada a tarefa de instruir seus estudantes de Ensino Médio sobre o Estado Autocrático durante uma sessão às lições longas. Um professor favorito entre as crianças, Rainer decide deixar seus alunos desenvolver o assunto e pede a eles que construam sua própria autocracia. No entanto, quando as crianças formam um Estado-nação similar com o da Alemanha nazista, os professores não sabem o que fazer.

Livros sobre Democracia

1984

Autor: George Owell

Em seu último romance, o autor criou um personagem chamado Winston, que vive aprisionado em uma sociedade completamente dominada pelo Estado. Essa submissão ao poder, é relatada, inclusive, na rotina desse personagem, que trabalha com a falsificação de registos históricos, a fim de satisfazer os interesses presentes. Winston, contudo, não aceita bem essa realidade, que se disfarça de democracia, e vive questionando a opressão que o Partido e o Grande Irmão exercem sob a sociedade. A inspiração do livro vem dos regimes totalitários das décadas de 30 e 40 e, é assim, sob a ótica da ficção, que o autor faz com que seus leitores reflitam sobre o sistema de controle, que depois de tanto tempo ainda é muito questionado.

Admirável Mundo Novo

Autor: Aldous Huxley

Uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo.

Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance distópico de Aldous Huxley, que ao lado de 1984, de George Orwell, constituem os exemplos mais marcantes, na esfera literária, da tematização de estados autoritários.

Se o livro de Orwell criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, em que a racionalidade se tornou a nova religião, em que a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários. Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos.

Questionário

1 – A alternativa que não está ligado à características de regimes democráticos contemporâneos é:

a) Criação de direitos reais.

b) Ampliação de direitos existentes.

c) Criação de novos direitos.

d) Legitimação de conflitos ideológicos.

e) Valor absoluto e vitalício das leis.

2 – O ato de um grupo de pessoas serem eleitos, por meio de um regime de votação onde os cidadãos escolhe a melhor pessoa de acordo com as suas necessidades para governar alguma instância política é denominado de:

a) Democracia Direta.

b) Democracia Governamental.

c) Democracia Popular.

d) Democracia Representativa.

e) Oligarquia.

3 – O voto livre a todos os cidadãos é denominado de:

a) Voto Universal.

b) Voto Livre.

c)Voto Censitário.

d) Voto Exclusivista.

e) Voto das Elites.

Respostas

1 – b, 2 – d, 3 – a.

Fontes

Politize!, link: www.politize.com.br/democracia-o-que-e/

Exercícios sobre Democracia, link: http://wallacemelobarbosa.blogspot.com.br/2013/04/exercicio-de-sociologia-democracia.html

Dicas de Livros que abordam Democracia como tema, link: https://pt.slideshare.net/DemocracyBrasil/7-livros-e-filmes-obrigatorios-sobre-democracia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.