O que é empréstimo consignado

0

Está no sufoco e pensando em fazer um empréstimo para resolver essa situação? Ou talvez para usar em algum investimento, financiamento ou para montar um negócio quem sabe.

No momento em que o orçamento chega no limite e não se consegue quitar os compromissos financeiros, ou surge a necessidade de um dinheiro extra, muitas pessoas resolvem esse tipo de problema recorrendo aos empréstimos.

Porém existem muitos tipos de empréstimos, e um dos empréstimos mais realizados no Brasil é o Empréstimo Consignado. Entretanto, você sabe que tipo de empréstimo é esse?

Empréstimo consignado, o que é

O que é empréstimo consignado
O que é empréstimo consignado

Também chamado Crédito Consignado é um tipo de empréstimo cujo pagamento é de forma indireta e as suas parcelas são calculadas e deduzidas com base no valor que consta na folha de pagamento da pessoa que o está realizando.

Dessa forma, as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento da pessoa ou do benefício da previdência do contratante.
Pode-se conseguir este empréstimo em várias instituições financeiras, mas o número de parcelas a ser descontadas mensalmente não pode exceder a 72.

Desta forma, fica entendido que o empréstimo consignado se baseia na renda da pessoa que o realiza e da mesma forma é feito seu pagamento, por desconto em folha.

Os detalhes

O que é empréstimo consignado
O que é empréstimo consignado

Como todo empréstimo, quando se retira um determinado valor, no parcelamento são acrescentados muitos encargos e juros, o que pode variar de acordo com o valor e instituição financeira.

Porém, para que não haja taxas abusivas, o Ministério da Previdência Social tem a disposição uma lista em que constam os valores que os bancos podem cobrar como taxas de juros.

Segundo esta lista, atualmente as taxas mais altas são em torno de 2,14% por mês em caso de empréstimo. Já para o cartão consignado, que é para pensionistas e aposentados, as taxas vão até 3,06% por mês.
Mas as taxas podem variar também de acordo com os clientes. Fora essas taxas de juros já cobradas, o contratante também paga o IOF, que é o imposto sobre Operações Financeiras.

A modalidade de destaque entre os empréstimos

Essa modalidade de empréstimo é uma das mais aprovadas pelas instituições financeiras e bancos, Pois:

  1. Ela oferece a quem está emprestando a segurança do recebimento das parcelas, pois todos os meses a cobrança das parcelas é feita de forma automática.
  2. Feita de forma que o contratante não mais possui a autonomia de pagar ou não pagar, pois a responsabilidade do pagamento passa a ser da previdência (casos de aposentados e pensionistas), empresas e outros órgãos.

Assim como quem faz o empréstimo possui a vantagem de recebimento garantido, quem pede o empréstimo também recebe algumas vantagens.

Por exemplo:

  • Como o desconto é diretamente na folha, ele não precisa se preocupar com a data para pagar a sua parcela, nem pagar juros em caso de atraso e nem esquecimento.
  • Esse tipo de crédito não possui a chamada restrição, relacionada a registros no Serasa ou SPC.
  • E no que se relaciona aos juros, estes chegam a ser menores que os juros do cheque especial.

Em todo caso vale lembrar que como qualquer empréstimo, os juros acabam sendo bem maiores que o valor do empréstimo. mas se um empréstimo for a última opção em caso de necessidade, o empréstimo consignado é em relação aos outros a melhor forma de empréstimos da praça.

Quero aprender mais!

Lembre se que todo empréstimo deve ser feito de maneira responsável e com um bom planejamento para ao tentar sair de uma crise não entrar em outra. E agora que você recebeu essas dicas.