O que é Filosofia? Entenda em 10 passos!

Oi pessoal, este post vai trabalhar O que é filosofia. Vamos debater o conceito de filosofia, sua função, seus períodos filosóficos e alguns dos principais filósofos. Vamos lá?

Você sabe o que é Filosofia? Começamos uma nova série com uma responsabilidade fora do comum, que é a apresentar e conceituar dúvidas constantes no dia a dia escolar e cotidiano do aluno e professor.

O que é Filosofia?

Afinal, o que é filosofia? Filosofia é um campo do conhecimento que tem como objetivo estudar a existência humana. Ela procura o saber por meio da análise racional a palavra vem da junção das palavras gregas filo que significa amor sofia que significa conhecimento.

A filosofia tenta entender as questões gerais da natureza da existência humana, incluindo a moral, conhecimento, a estica e o universo em geral.

A filosofia teve início na Grécia antiga por volta do século VI a.C, na época em que a Grécia era um importante centro cultural que recebia influência de várias partes do mundo.

Desta forma, o pensamento critico começou a florescer e muitas pessoas começam a procurar respostas fora das estórias, da mitologia grega. Esta reflexão que buscava o conhecimento deu início a filosofia.

Ao estudar essas questões os filósofos (filósofo é um indivíduo que busca o conhecimento de si mesmo sendo movido pela curiosidade e pela fundamentação da realidade) tentam buscar uma maior compreensão da realidade, e mais como o ser humano se relaciona com o mundo.

Ao contrário da religião e da mitologia a filosofia é trabalha com argumentações racionais, mas não é considerada ciência, já que não usa procedimento empíricos em seus estudos.

A filosofia pode ser definida como uma analise racional do significado com base na compreensão dos seres, a filosofia pode ser dividida em vários ramos por exemplo filosofia do ser e a filosofia do conhecimento.

A filosofia então é um campo da ciência encarregado do estudo das ideias, da racionalidade e de como isso está ligado a existência humana. Seu início pode ser localizado na Grécia antiga, com os filósofos de séculos a.C., preocupados com a busca por respostas acerca da inteligência humana, dos deuses, da vivência em sociedade, etc. Um filósofo é considerado sábio, pois reflete sobre inúmeras questões de maneira profunda, não necessariamente obtendo respostas definitivas, mas certamente, estabelecendo novos caminhos para diversos debates.

A filosofia é importante por se tratar de uma ciência que promove a construção do pensamento crítico, visto que é a ciência do saber. Ou seja, a atitude filosófica constitui basicamente no questionamento da realidade, da existência e do mundo.

Períodos da Filosofia e Principais Filósofos

Para entender o que é filosofia e o que significa tudo isso, é importante entender os períodos da filosofia e seus principais filósofos:

Filosofia Antiga

A filosofia como já dito surgiu na Grécia por volta do século VI a.C. e está dividida em três períodos, sendo estes:

Pré-Socrático (séculos VII a V a.C.):

Recebe esse nome por anteceder a existência de Sócrates, sendo os filósofos pré-socráticos pensadores preocupados em buscar respostas sobre a origem do ser humano e do mundo. Os principais filósofos desse período são: Tales de Mileto, Anaximandro de Mileto, Anaxímenes de Mileto, Heráclito de Éfeso, Pitágoras de Samos, etc.

Período Socrático (século V a IV a.C.):

Também chamado de período “clássico” da filosofia, é chamado dessa maneira por conta de um filósofo muito importante chamado Sócrates. Este contribuiu com diversos reflexões no campo da política e da natureza humana, entretanto, não escreveu nenhum manuscrito, sendo todo o conhecimento que temos sobre o filósofo baseado no manuscrito de seus discípulos e/ou conhecidos.Período

Pós-Socrático (século IV a VI d.C.):

Corresponde ao período em que as ideias cristãs começaram a se espalhar pela Grécia. Curiosamente, também foi um período de muitas dúvidas e questionamentos dos filósofos, sendo o ceticismo uma característica marcante dessa época.

Filosofia Medieval

A filosofia medieval teve inicio na Europa entre os séculos I e XVI e foi dividida em quatro períodos.

– Filosofia dos padres apostólicos (século I e II)

– Filosofia dos padres apologistas (séculos III e IV)

– Filosofia patrística (século IV ao VIII)

– Filosofia escolástica (séculos IX ao XVI)

Filosofia moderna

A filosofia moderna foi desenvolvida entres os séculos XV e XVIII, as suas principais correntes filosóficas foram o humanismo, cientificismo, racionalismo, empirismo e iluminismo. Rene Descartes é considerado o fundador dessa filosofia com a criação do método cartesiano

Alguns dos grandes filósofos

Alguns dos mais proeminentes filósofos que discutem a filosofia e seu papel” são listados aqui, é importante que além de ler estes pequenos resumos, você também pesquise e se aprofunde em suas leituras e derivados destas para realmente entender o que é filosofia.

Quem foi Platão?

Nascido na Grécia no ano de 427 a.C, foi um discipulo de Sócrates, um outro filosofo. Platão influenciou muito o mundo ocidental.

Platão foi o criador da ideia de amor platônico, que é um amor mais espiritual, menos focado na sexualidade. Ele fundou uma das primeiras universidades da história, chamada de “a Academia”

Quem foi Aristóteles?

Foi muito conhecido na sua época (384 e 322 a.C) por ter sido professor de Alexandre, o grande, um dos maiores imperadores da história. Aristóteles estudou principalmente o mundo físico, foi um dos primeiros cientistas já que fazia grandes observações sobre biologia e medicina.

Também ficou muito conhecido pelo desenvolvimento da logica aristotélica que ajudou a distinguir os bons e maus argumentos

Quem foi Emanuel Kant

Foi um filósofo alemão do século XVIII que questionou muito os limites do conhecimento humano e estudou o funcionamento da mente ele também sugeriu que uma ação não é boa se o motivo não for bom. Kant teve muita atenção na filosofia ocidental o que vem sendo usado até hoje pois ele acreditava que a filosofia é muito mais usada na experiencia humana e como isso afeta nossa percepção de realidade.

Quem foi René Descartes

Descartes era um filósofo francês que viveu entre 1596 e 1650 e foi mais longe que muitos dos outros filósofos duvidando de tudo até mesmo de sua própria existência. Ele procurava uma base solida para tudo que acreditava, foi assim que criou a frase que o fez chegar a conclusão de que “Penso, logo existo”.

A filosofia de Descartes de questionar tudo e procurar certeza fez mudar a forma de como os filósofos encaravam o conhecimento, ao invés de aceitar algumas verdades os filósofos passaram a fazer mais perguntas.

Quem foi Montesquieu

Foi um advogado francês muito interessado na politica que viveu entre 1689 e 1755. Ele estudou sistemas políticos e procurou entender como os mesmos se formavam. Um dos outros grandes interesses de Montesquieu era o interesse pelo modo de como uma sociedade se organizava.

A maior contribuição de Montesquieu para o mundo foi a ideia de separar poderes, pois acreditava que ninguém devia ter todo o poder em mãos, portanto criou os poderes legislativo, executivo e judiciário

Filosofia contemporânea

A filosofia contemporânea desenvolveu-se entre os séculos XVII e XX e foi nesse período que mais foram criadas correntes filosóficas, sendo estas marxismo, positivismo, racionalismo, utilitarismo, pragmatismo, fenomenologia, niilismo, etc…

O que é Filosofia e sua Relação com o ambiente escolar

Visto que a filosofia foi o primeiro passo dado pela humanidade no pensamento científico, é importante estudá-la, visto que com a ausência dessa provavelmente não haveria tanto desenvolvimento no campo do conhecimento e tanto incentivo à educação e ao senso crítico.

Para isso é importante ultrapassar o conceito de o que é filosofia e vivenciar as obras, conceitos e reflexões de seus autores.

Pontos positivos e negativos de discutir o que é filosofia em sala de aula

Pontos para refletir, pois deixar de discutir o que é filosofia não é uma opção!

Pontos Positivos da Filosofia

Instiga a formulação do pensamento crítico acerca das questões que envolvem a existência e o mundo

Compreender como se estabeleceu as bases para a formação de um pensamento crítico e científico

Pontos Negativos da Filosofia

Por ser uma ciência pouco estimulada no ambiente escolar, pode ser que o educador encontre certa resistência dos alunos no que se refere ao interesse pelo conteúdo, entretanto, o desenvolvimento de atividades didáticas e lúdicas nessa situação contribui para a inserção destes no debate, sendo positivo para o aprendizado.

Proposta de aula para trabalhar Filosofia em sala de aula:

Tema: Filosofia

Objetivos gerais da aula sobre Filosofia:

Compreender onde, quando e em que contexto a Filosofia surgiu e quais os períodos mais importantes para o estabelecimento da filosofia como uma ciência.

Objetivos específicos da aula sobre Filosofia:

Tornar o pensamento crítico e a busca pelo saber palpável para os alunos, estimulando-os a ter sede de conhecimento através do debate em sala de aula.

Conteúdo sobre a aula de Filosofia

Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=Vr97ea-TRgA

Vídeo 2: https://www.youtube.com/watch?v=LAu-nAVl9H4

Texto 1: https://www.todamateria.com.br/o-que-e-filosofia/

Texto 2: https://www.estudopratico.com.br/periodos-da-filosofia/

Metodologia sobre a aula sobre Filosofia

O material audiovisual 1 e 2 nessa matéria são uma introdução acerca do que é a Filosofia e de quem foi Sócrates e qual sua importância para o estabelecimento de uma ciência filosófica. É interessante expor aos alunos ambos os materiais para que estes se familiarizem com o assunto através de imagens e exemplos do cotidiano. Em seguida, fazê-los questionar coisas do cotidiano como os hábitos, a vida, o saber, algo que é feito na Filosofia, de modo a mostrar como todos possuem em si um pouco de filosofia, aproximando-os do assunto.

Filmes sobre Filosofia

Quem somos nós?, 2004.

Amanda é uma fotógrafa surda, em busca de respostas para a vida e a existência. O espectador acompanha a jornada de Amanda através de conceitos científicos e espirituais, passando pela física quântica e teologia, com a colaboração de especialistas.

Alexandria, 2009.

A história da grega polímata a frente de seu tempo: a matemática, filósofa e astrônoma, Hipátia de Alexandria, que ousou lecionar na Academia Neoplatônica, em uma época que mulheres não podiam ter acesso ao conhecimento.

Livros sobre Filosofia

O livro da Filosofia

Autor: Douglas Burnham e Will Buckingham

O livro da filosofia traz uma coleção de ideias fundamentais para um mergulho no pensamento filosófico. Engana-se quem pensa que por se tratar de uma compilação a abordagem é simplista e somente voltada a leigos: o livro é completo, instigante e oferece a leitores com diferentes perfis informação de qualidade em apresentação gráfica inovadora. Um verdadeiro convite ao exercício do pensar — o verdadeiro objetivo da filosofia. 

Questões do ENEM sobre o que é Filosofia

1 – Há diferentes formas de se periodizar a Filosofia Grega. Há autores que consideram que ela pode ser dividida em três períodos, outros que ela pode ser dividida em até seis períodos. Compreendendo a Filosofia Grega a partir da divisão em quatro períodos, escolha a alternativa que corresponde a eles.

a) Período Pré-Socrático, Socrático, Escolástico e Patrístico;

b) Período Sofista, Pré-Socrático, Socrático e Pós-Socrático;

c) Período Pré-Socrático, Socrático, Platônico e Aristotélico;

d) Período Pré-Socrático, Socrático, Pós-Socrático e Greco-Romano (ou helenístico).

2 – A Filosofia, como conhecemos hoje, ou seja, no sentido de um conhecimento racional e sistemático, foi uma atividade que, segundo se defende na história da filosofia, iniciou na Grécia Antiga. Defende-se isso a partir do entendimento de que a sociedade grega reunia características favoráveis a essa forma de expressão pautada por uma investigação racional. Essas características eram:

a) poesia grega, religião grega e condições sociopolíticas.

b) poesia grega, tragédia grega e mitologia grega.

c) poesia grega, matemática grega e condições sociopolíticas.

d) poesia grega, matemática grega e cristianismo.

3 – Quais as características da religião grega que contribuíram para o pensamento filosófico?

a) A existência de um livro sagrado que servia de base para que os filósofos sustentassem seus argumentos.

b) A concepção da existência humana a partir da oposição entre corpo e alma.

c) A ideia de juízo final pelo qual os atos praticados pelos homens durante a vida serão examinados pelos deuses;

d) A inexistência de um livro sagrado e de uma interpretação dogmática das crenças. Isso permitiu que os filósofos não enfrentassem resistência aos seus pensamentos.

Respostas

1 – d, 2 – a, 3 – b e d.

Fontes

Toda Matéria, link: https://www.todamateria.com.br/o-que-e-filosofia/

Exercícios Mundo Educação, link: https://exercicios.mundoeducacao.bol.uol.com.br/exercicios-filosofia/exercicios-sobre-filosofia-grega.htm#resposta-1894

Fim do post sobre O que é filosofia

Obrigada por ter acompanhando esse post sobre O que é filosofia. Espero que tenha sido mais útil para seus objetivos, seja de estudo ou de trabalho.

Deixe seu comentário e suas sugestões no Blog Demonstre. Adoremos quando recebemos seus feedbacks.

Add Comment