O que é Socialismo?

0
520
O que é Socialismo? 4

Você sabe o que é Socialismo? Começamos uma nova série com uma responsabilidade fora do comum, que é a apresentar e conceituar dúvidas constantes no dia a dia escolar e cotidiano do aluno e professor.

O que é Socialismo?

O socialismo pode ser definido, de maneira reduzida, como uma corrente política que defende a igualdade, tendo como base o sistema capitalista vigente desde a primeira revolução industrial. Claro que, parte do material que dispomos para discutir socialismo, tem um forte teor marxista, mas Karl Marx não foi o único teórico importante a discutir o socialismo.

Socialismo x Capitalismo

O capitalismo consiste em um sistema de modo de produção que busca a obtenção do lucro, em grande parte através da exploração da classe de trabalhadores. Esse sistema incentiva o consumo exacerbado, influenciando os indivíduos a comprarem coisas que não usam e que não precisam, sob a perspectiva de que o que estão adquirindo é sempre melhor, mais inovador e útil.

Dessa maneira, quanto maior for a quantidade de produtos consumidos, maior será o lucro. Se procurarmos enxergar o aspecto geral, o capitalismo é um sistema sustentado pela desigualdade social, onde os detentores dos meios de produção ficam com a maior parte do lucro e, por isso, enriquecem cada vez mais, e os trabalhadores bem como os consumidores, permanecem estagnados em sua condição, sem a possibilidade de concentração de riqueza.

Essa “condição” é chamada de “classe social”, que é justamente um termo utilizado para designar as distâncias sociais, indicando que na sociedade em que vivemos, grupos e/ou indivíduos ocupam lugares diferentes e são caracterizados principalmente pela sua capacidade de concentração de riqueza. A crítica que o socialismo faz ao sistema capitalista consiste na concentração da riqueza de maneira desigual:  o socialismo defenderia a ideia de uma distribuição igualitária da riqueza produzida com o trabalho nas indústrias, de maneira que reduzisse o caráter exploratório dos serviços e tornasse o trabalho mais humanizado.

Como surgiu o Socialismo?

O socialismo surgiu durante a Primeira Revolução Industrial, quando o crescimento de indústrias modificou a dinâmica urbana, afetando a vida de todos aqueles que residiam nas cidades e no interior. Com isso, um número maior de pessoas migraram da zona rural para a zona urbana, visando os empregos nas fábricas. O que elas não imaginavam, era que a situação não seria tão boa assim. Jornadas longas de trabalho (mais de 12 horas diárias), condições precárias de serviço – muitas vezes pondo em risco a vida do trabalhador – e um salário inferior ao que era produzido, faziam parte da realidade do proletariado. Paralelo a isso, os donos das indústrias e as pessoas encarregadas de administrar as empresas (os burgueses) continuavam enriquecendo às custas do trabalho exploratório.

Tudo isso serviu de base para que diversos teóricos começassem a pensar de maneira crítica essa realidade. Podemos citar, além de Karl Marx, alguns pensadores que tomaram o socialismo como tema de suas pesquisas, tais como: Saint Simon, Friederich Engels, Charles Fourier, etc.

Socialismo Utópico x Socialismo Científico

  • Socialismo utópico

Sendo uma das primeiras correntes socialistas a surgir, teve como ponto de partida a Primeira Revolução Industrial. O primeiro teórico que aprofundou seus estudos nessa vertente do pensamento socialista foi o filósofo e economista conhecido como Conde de Saint-Simon. De acordo com esse pensador, não fazia sentido enriquecer os ricos e permitir que os pobres permanecessem dessa maneira, pois em uma sociedade todos necessitam trabalhar coletivamente. Ou seja, para esse teórico, era obrigação do Estado interferir nessas questões e fornecer condições melhores para que as camadas mais baixas pudessem ter melhor acesso à educação, saúde, etc. Embora todas essas questões, Saint-Simon defendia apenas a intervenção do Estado, e não pensava na revolução e no fim da propriedade privada como ferramentas de melhoria social.

Outro teórico que se aprofundou no que chamamos de socialismo utópico foi Charles Fourier. Este possuía um modelo de sociedade onde todos integrariam grupos isolados, estando à mercê do capital privado e não idealizariam uma igualdade entre si. Nesse modelo de sociedade, o crescimento industrial seria motivado como forma de manutenção dos grupos.

É chamado de “socialismo utópico” pois todos os teóricos dessa corrente tomavam o desenvolvimento industrial e o sistema capitalista como fonte de melhoria de condições de vida. O que é contraditório, se observarmos que a fonte da desigualdade social e dos problemas que esta acarreta estão todos atrelados ao surgimento de uma sociedade capitalista industrial. Ou seja, o socialismo utópico consiste basicamente de modelos idealizados de sociedade.

  • Socialismo científico

Emergiu no século XIX com os teóricos Friederich Engels e Karl Marx. Esta corrente socialista é uma crítica ao capitalismo e ao socialismo utópico, pois tomava como base o conceito de luta de classes, onde a sociedade estaria marcada pelo embate entre a classe trabalhadora (proletariado e classe oprimida) e a burguesia (classe opressora). Nesse sentido, a burguesia seria a classe detentora dos meios de produção e o proletariado teria apenas a força de trabalho, sendo caracterizado como assalariados sem posses.

Para os teóricos dessa corrente científica, o único meio de melhorar a sociedade e extinguir a desigualdade, seria a destruição do capitalismo. Este seria possível quando o proletariado chegasse ao poder através de uma revolução. Através dessa revolução, seriam eliminadas as classes sociais, as desigualdades, surgindo uma sociedade igualitária. Nesse ponto, a sociedade deixaria de ser socialista e passaria a ser comunista. O ponto chave que podemos observar como diferenciador da corrente socialista utópica para a científica é que esta última não vê o capitalismo e uma sociedade industrial como ferramentas de melhoria social. Muito pelo contrário, a mudança se daria unicamente através de uma tomada de consciência da classe trabalhadora explorada e oprimida.

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio:

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Segundo anúncio:

O grande sonho da maior parte dos docentes é passar em um concurso, e sem dúvidas a maior dificuldade está em entender a prova e aprender a estudar para o certame. Por isso, sendo eu concursado e tendo passado por isso, quero indicar um curso que realmente faz a diferença:

Centro do ConcurseiroClique aqui para fazer o curso do Pietro Frazon e conquiste sua vaga.

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminha o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

O que é Socialismo e sua Relação com o ambiente escolar

O socialismo é interessante de ser abordado em sala de aula por adentrar em alguns conceitos que ainda são presentes na nossa sociedade, como o capitalismo, a noção de classes sociais, distribuição de renda, a luta por melhores condições de vida, etc. Inclusive, o movimento socialista foi o maior responsável pela instituição de direitos trabalhistas e condições melhores para o exercício de atividades. Compreender minimamente como estes itens se relacionam e funcionam entre si é essencial para estabelecer um olhar crítico acerca da realidade, visto que os pensadores que iniciaram as pesquisas nessa temática se embasaram justamente na realidade que enxergavam além das nuances.

O que é Socialismo: Pontos Positivos e Pontos e Negativos

Pontos Negativos sobre Socialismo:

Sabemos que o professor não tem controle total sobre a maneira que os alunos apreendem o conteúdo que lhes é repassado, entretanto, tendo em vista o atual contexto político de retrocesso, é necessário atentar para a maneira que o conteúdo é repassado em sala de aula, pois infelizmente cada vez mais escolas estão mantendo controle sobre determinados temas, a fim de evitar uma suposta “doutrinação”. Um dos temas que vem sendo observado é justamente a discussão sobre Socialismo, por se tratar de uma temática do campo social e político e sempre ser associada a determinados partidos. Cabe ao professor conversar com a escola para saber a melhor maneira de abordar isso em sala de aula, mas toda discussão é válida desde que sirva para o crescimento pessoal e intelectual dos alunos.

Pontos Positivos sobre Socialismo:

Explicar alguns conceitos principais como classe social, revolução, lutas de classes, burguesia, proletariado e estabelecer uma compreensão mínima acerca de como o sistema capitalista e a revolução industrial está relacionado a todos estes, situando o aluno nessa discussão de maneira didática.

Proposta de aula para trabalhar sobre Socialismo em sala de aula:

Tema:

Socialismo

Objetivos da aula sobre Socialismo

Objetivos gerais da aula sobre Socialismo:

Saber identificar as principais características do Socialismo

Objetivos específicos da aula sobre Socialismo:

Desenvolver o senso crítico com os conhecimentos adquiridos sobre o tema, trazendo para a realidade atual, de modo que o aluno possa melhor identificar e compreender a discussão, construindo seu próprio pensamento acerca do tema.

Conteúdo da aula sobre Socialismo

Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=UBYfW4gkIoY&feature=youtu.be

Texto 1: http://queconceito.com.br/socialismo

Metodologia da aula sobre Socialismo

Começar a aula mostrando o Vídeo 1, com o objetivo de iniciar a discussão acerca dos conceitos básicos de Socialismo, dando espaço para o aluno levantar questionamentos sobre o tema. Dessa maneira, levar o aluno a compreender o que são classes sociais, o que é a desigualdade social, como funciona o capitalismo, qual a diferença entre socialismo utópico e socialismo científico, quem foram os teóricos mais importantes em ambas as vertentes, contextualizando de modo a trazer para o presente. Em seguida, elaborar atividade de pesquisa baseada no texto 1 e/ou no livro didático utilizado pela escola.

Avaliação da aula sobre Socialismo

Atividade de fixação: questionários ou produções textuais voltadas para o tema.

Seminário dividindo a sala em equipes de acordo com os conceitos que englobam a discussão sobre Socialismo, tais como: desigualdade social, capitalismo, classes sociais, etc.

Referências

Filme sobre Socialismo

Adeus, Lênin.

Em 1989, pouco antes da queda do muro de Berlim, a Sra. Kerner (Katrin Sab) passa mal, entra em coma e fica desacordada durante os dias que marcaram o triunfo do regime capitalista. Quando ela desperta, em meados de 1990, sua cidade, Berlim Oriental, está sensivelmente modificada. Seu filho Alexander (Daniel Brühl), temendo que a excitação causada pelas drásticas mudanças possa lhe prejudicar a saúde, decide esconder-lhe os acontecimentos. Enquanto a Sra. Kerner permanece acamada, Alex não tem muitos problemas, mas quando ela deseja assistir à televisão ele precisa contar com a ajuda de um amigo diretor de vídeos.

Texto sobre Socialismo

Origem e Princípio do Socialismo: http://faculdadeatenas.edu.br/arquivos/NucleoIniciacaoCiencia/RevistaCientifica/REVISTA%20CIENTIFICA%202008/8%20ORIGEM%20E%20PRINC%C3%8DPIOS%20DO%20SOCIALISMO%20-%20Bruno.pdf

Questionário:

1 – Como podemos diferenciar o socialismo utópico do socialismo científico?

  1. O socialismo utópico defendida a transformação social através do proletariado, já o socialismo científico defendia a transformação social através da revolução científica.
  2. No socialismo utópico, há uma grande vontade de igualdade social e acredita-se que somente através do sistema capitalista e do desenvolvimento industrial pode-se chegar a esta. Já no socialismo científico, a vontade de igualdade social permanece, mas esta só seria possível através de uma revolução do proletariado.
  3. Não há diferença entre o socialismo utópico e o socialismo científico, pois ambos defendem a mesma causa: o fim das classes sociais.

2 – Quais os teóricos mais conhecidos da vertente socialista científica?

  1. Karl Marx e Friederich Engels
  2. Conde de Saint-Simon e Charles Fourier
  3. Karl Marx e Charles Fourier

3 – O que é capitalismo e qual relação podemos estabelecer com o conceito de consumismo?

  1. O capitalismo é um modo de produção que visa a acumulação de riqueza para os menos favorecidos
  2. A relação entre capitalismo e consumismo não existe pois ambos são coisas diferentes e não estão interligados
  3. O capitalismo pode ser entendido como um sistema de obtenção de lucro através da exploração da força de trabalho, onde há sempre o incentivo ao consumo de tal maneira que movimente a produção de cada vez mais mercadorias, gerando assim, mais lucro para as empresas/indústrias

4 – Por que o socialismo utópico foi criticado pelos teóricos da vertente científica?

  1. Porque os teóricos de ambas as vertentes eram rivais
  2. O socialismo utópico foi criticado pelos teóricos defensores do socialismo científico por se tratar de uma corrente teórica que defendia a mudança social através do capitalismo e da industrialização
  3. Não haviam críticas do socialismo científico para o socialismo utópico pois ambos são a mesma coisa.

Respostas:

1 – b, 2 – a, 3 – c, 4 – b.

Fonte:

Brasil Escola, Link: http://exercicios.brasilescola.uol.com.br/exercicios-historia/exercicios-sobre-socialismo.htm

Sociologia Hoje: volúme único: ensino médio / Igor José de Renó Machado… [et al.] – 1. Ed. – São Paulo, Ática, 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.