O que fazer em Lima – Peru

0

Como sabemos o mundo é um lugar cheio de diversidades, com lugares exuberantes, com diversas culturas, e modo de ser viver. Em meio a lugares remotos sempre á pontos turísticos que encanta e fascina facilmente, com suas belezas.

Lima

Lima é a capital e a maior cidade do Peru. Localiza-se nos vales dos rios Chillón, Rímac e Lurín, na parte central do litoral peruano, com vista para o Oceano Pacífico. Juntamente com o porto marítimo de El Callao, forma uma área urbana contígua conhecida como Região Metropolitana de Lima. Com uma população de quase 12 milhões aproximadamente. (2017), Lima é a região metropolitana mais populosa do Peru e a terceira maior cidade da América Latina (atrás de São Paulo e Cidade do México).

O que fazer em Lima - Peru
O que fazer em Lima – Peru

Lima foi fundada pelo conquistador espanhol Francisco Pizarro em 18 de janeiro de 1535, como Ciudad de los Reyes. Tornou-se a capital e mais importante cidade do Vice-Reino do Peru. Após a Guerra da Independência Peruana, tornou-se a capital da República do Peru. Cerca de um terço da população nacional vive na área metropolitana.

10 Pontos Turísticos de Lima – Peru:

Igreja e Convento de São Francisco de Assis

O conjunto monumental da Basílica e Convento de São Francisco de Lima (em espanhol, Basílica y Convento de San Francisco de Lima), também conhecido como São Francisco o Grande ou ainda São Francisco de Jesus, é um complexo arquitetônico religioso localizado em Lima, no Peru, na área do Centro Histórico da cidade, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Logo na fundação de Lima, em 1535, Pizarro traçou o plano geral da cidade e delimitou uma área para a Ordem Franciscana dos Doze Apóstolos, onde o Frei Francisco de la Cruz ergueu uma capelinha. Depois de certo tempo o frei teve de partir, e não havendo substituto, a capela foi entregue aos Dominicanos, e foi destinado outro local para os Franciscanos, aquele onde hoje está a Capela do Milagre. Chegando em Lima Francisco de Santa Ana em 1564, tratou logo de erguer uma pequena igreja que posteriormente foi ampliada junto com o convento pelo Vice-Rei do Peru Andrés Hurtado de Mendoza, protetor da Ordem

O que Fazer na Igreja e Convento de São Francisco de Assis:

Comece seu passeio pela igreja, com pé direito altíssimo, e confira os detalhes de seu altar e das capelas, além da fachada em estilo barroco. Depois visite as catacumbas, antigamente usadas como cemitério – hoje em dia tem milhares de ossos em exposição. O passeio pelas catacumbas é um tanto mórbido; o ambiente é escuro e pequeno, mas é tão singular e diferente que vale a pena conhecer.

Curiosidades da Igreja e Convento de São Francisco de Assis:

O Complexo de San Francisco de Assis é um dos pontos turísticos obrigatórios para quem visita Lima. Independentemente da religião, conhecer o lugar é se deparar com um conjunto arquitetônico inigualável, que guarda obras de arte e uma fonte de história incrível.

Como Chegar na Igreja e Convento de São Francisco de Assis:

Além da basílica, o convento também possui diversos ambientes com rica decoração, com tantas obras de arte que pode ser considerado um verdadeiro museu. É um complexo arquitetônico religioso localizado em Lima, no Peru, na área do Centro Histórico da cidade, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Pachacámac

Pachacámac foi o principal santuário da costa central por mais de mil anos e seus templos foram visitados por multidões de peregrinos por ocasião dos grandes rituais andinos, pois Pachacámac era um oráculo de sucesso capaz de prever o futuro e controlar os movimentos da Terra. No santuário de Pachacámac, pessoas de todos os lugares procuravam soluções para seus problemas ou respostas para suas dúvidas.

A palavra Pachacámac significa alma da terra, aquele que anima o mundo. Os antigos peruanos acreditavam que um único movimento de sua cabeça causaria terremotos. Ele não podia ser olhado diretamente nos olhos, e até mesmo seus sacerdotes entravam na sala de costas. O culto de Pachacámac era o centro de toda a religião costeira .

O que Fazer em Pachacámac:

As ruínas de Pachacámac, a 40km do centro de Lima, são como uma grande cidade, com diversas pirâmides, templos e praças construídas em adobe. As antigas construções sofreram com terremotos e hoje em dia não estão na sua melhor forma, mas em algumas é possível visitar e ter uma ideia mais precisa da grandiosidade desse sítio arqueológico. Como o ponto turístico fica fora do centro da cidade, você pode contratar um táxi para levá-lo ou ir em um passeio turístico, que normalmente inclui não apenas o transporte, mas também um guia.

Curiosidades de Pachacámac:

A partir dos dados arqueológicos fornecidos pelas investigações, sabe-se que a ocupação do Santuário Arqueológico de Pachacámac começou no Formativo Superior, porque nos pampas localizados em frente à zona monumental existe um cemitério correspondente a pessoas que provavelmente viveram dedicadas à pesca, a agricultura e a exploração das colinas. Sua cerâmica, chamada El Panel, inclui garrafas esculturais em forma de pássaros e felinos. Esses antigos colonos também se destacaram na fabricação de artefatos de cobre.

Como Chegar em Pachacámac:

Pachacámac é um sítio arqueológico localizado na margem direita do rio Lurín, proximo ao Oceano Pacífico e em frente a um grupo de ilhas homônimas. Está localizado no distrito de Lurín, na província de Lima, no Peru.

Parque da Reserva

O Parque da Reserva ou Parque de la Reserva é um dos principais parques da capital do Peru, Lima. O Parque da Reserva é uma das atrações turísticas mais bacanas da cidade e foi inaugurado em 1929.

O Parque de la Reserva é um parque localizado no centro de Lima, no Peru. Construído de forma irregular, está localizado entre duas das principais ruas da cidade, a via expressa Paseo de la Republica e a Avenida Arequipa.

O que Fazer no Parque da Reserva:

O Parque da Reserva é um dos lugares mais surpreendentes de Lima. Não importa a idade ou a companhia, caminhar pelo lugar é como retornar à infância e sentir-se criança outra vez. O parque possui diversas fontes aquáticas, cada uma com uma iluminação especial, provocando um belo espetáculo aos olhos como resultado final. Há fontes de diversas cores e de diferentes formas ao longo da noite, sempre com o poder de encantar os visitantes.

Curiosidades do Parque da Reserva:

A melhor hora para ir ao parque é durante a noite, quando a iluminação das fontes é mais bem visualizada e em um dos três shows noturnos. Nos shows as fontes dançam conforme o ritmo da música e os hologramas feitos na água animam o público.

Como Chegar no Parque da Reserva:

Ele conta com 8 hectares de pura beleza e o Parque da Reserva em Lima está localizado próximo ao Museu de Histórica Natural e do famoso Estádio Nacional do Peru no bairro de Santa Beatriz, perto do Centro Histórico de Lima.

Palácio do Governo

Desde 1938 o palácio é residência oficial do Presidente do Peru e de sua família. O atual edifício foi iniciado em 1926, quando o presidente Legui’a encomendou o desenho de uma nova sede do governo, como o antigo edifício tinha vários problemas. Em 1929, após o colapso da Bolsa de Nova York e da crise econômica global, a Companhia Fundação parou suas atividades no Peru saindo do prédio inacabado. O presidente foi deposto Legui’a 22 de agosto de 1930 e a construção do palácio do governo foi paralisado por uma década.

Em 1937, o país a sair da crise econômica que começou em 1930, o Presidente Oscar Benavides encomendou arquiteto Ricardo Malachowski conclusão da construção, o interior foi decorado com pinturas e esculturas de Simón Bolívar e José de San Martín. Na entrada principal há uma enorme figura de Francisco Pizarro, feita por Daniel Hernández.

O que Fazer no Palácio do Governo:

O Palácio do Governo, também conhecido como Casa de Pizarro, fica em frente à Praça Maior e é a residência oficial do presidente peruano. O edifício foi inaugurado em 1938 e tem uma fachada colonial, perfeita pra tirar algumas fotos.

Curiosidades do Palácio do Governo:

Durante os primeiros anos da conquista, o local escolhido para a fundação da cidade de Lima era um vale fértil irrigado pelo rio Rimac e perto do mar. Este vale fazia parte das posses do curaca Taulichusco e da cultura Lima. A Casa do Governador Pizarro foi construída de forma simples, com um pátio ao centro, em cujo jardim foi plantada uma figueira que existe até hoje.

Como Chegar no Palácio do Governo:

Está situado em Lima, capital do país, e foi construído em 1937 pelo arquiteto Ricardo de Jaxa Malachowski. O palácio, localizado na Plaza Mayor, permanece como local de imensurável valor histórico para o povo peruano.

Parque Kennedy

Kennedy Park é um dos parques mais emblemáticos do distrito de Miraflores, na cidade de Lima. O parque existia antes do século 20, no entanto, não foi até meados dos anos 40 do século que seu território foi ampliado e fragmentado em dois parques, um dos quais seria chamado oficialmente: Kennedy Park.

O Parque Kennedy, também conhecido como Parque Central de Miraflores, é um local muito interessante para os turistas. Além de ser uma ótima região para hospedagem, nos arredores da praça há muitos restaurantes, lojas e bares para se divertir.

O que Fazer no Parque Kennedy:

O Parque Central de Miraflores ou o Parque Kennedy articulam diferentes propostas de lazer. Por um lado, há sanduíches e sobremesas. Neles, você pode saborear salsichas, até mesmo a famosa combinação de arroz con leche e mazamorra morada. Há também o Passeio de los Pintores, onde artistas locais mostram seus trabalhos.

Curiosidades do Parque Kennedy:

O parque funciona como um ponto de referência, sempre está florido e possui até feirinhas temáticas. É um bom local para ir tanto durante o dia quanto à noite, quando as redondezas estão cheias de jovens querendo se divertir.

Como Chegar no Parque Kennedy:

O parque também é um ótimo lugar para visitar em Lima, especialmente para quem gosta de comprar artesanato, já que existem diferentes barracas que vendem esse tema. Outro recurso interessante do parque é a forma dos famosos carrinhos de comida, onde o viajante pode desfrutar de uma requintada sobremesa de Lima ou talvez uma daquelas deliciosas salsichas preparadas. Sendo um espaço público, o parque pode ser visitado em qualquer dia da semana, embora apenas das 9 da manhã até as 7 da noite.

Praça de Armas

A popular Plaza de Armas foi o centro da antiga Lima colonial e abriga ícones arquitetônicos da cidade como o Palacio de Gobierno, antiga residência de Francisco Pizarro e atual centro do poder político; a Catedral de Lima, templo religioso em estilo barroco com interior simples e que abriga um museu de arte sacra; e a Iglesia e Convento de San Francisco, construções do século 17 cujas galerias subterrâneas serviram como cemitério colonial e podem ser visitadas.

A Praça de Armas de Lima, ou Praça Maior, é um dos pontos mais tradicionais para conhecer na cidade. Nela Francisco Pizarro fundou Lima e lá aconteceu uma das primeiras touradas. A partir dela você pode visitar os pontos turísticos do centro, como a Catedral, o Palácio do Governo e a Igreja de São Francisco.

O que Fazer na Praça de Armas:

Tirar algumas fotos nessa praça, curtir o visual para os edifícios históricos ao seu redor e observar o movimento são de praxe. Esse é um lugar importante para a cidade e não pode ficar fora do seu roteiro. Escolha um dia mais tranquilo, como sábado ou domingo, para ir ao centro e não gastar muito tempo no trânsito.

Curiosidades da Praça de Armas:

Tirar algumas fotos nessa praça, curtir o visual para os edifícios históricos ao seu redor e observar o movimento são de praxe. Esse é um lugar importante para a cidade e não pode ficar fora do seu roteiro. Escolha um dia mais tranquilo, como sábado ou domingo, para ir ao centro e não gastar muito tempo no trânsito.

Como Chegar na Praça de Armas:

A Praça Maior ou Praça de Armas de Lima, sítio de fundação da cidade de Lima, capital do Peru, é o principal espaço público da cidade. Localizada no centro histórico de Lima, ao seu redor se encontram os edifícios do Palácio de Governo, a Catedral de Lima, o Palácio Arquiepiscopal de Lima, o Palácio Municipal de Lima e do Clube da União.

Parque do Amor

O Parque do Amor em Lima no Peru teve sua fundação no ano de 1993 e desde lá, tornou-se um espaço para casais apaixonados apreciarem o pôr-do-Sol e a bela vista que se tem do Oceano Pacífico. O parque conta com diversas obras de arte, entre elas a com maior destaque é a gigantesca escultura, O Beijo, do artista peruano Victor Delfin que possui 12 metros de comprimento e 3 metros de altura.

Existem jardins repletos de flores e mosaicos que enfeitam muros e bancos voltados para o Oceano que retratam momentos românticos e poesias. O Parque del Amor foi construído com inspiração ao Parque Güell de Barcelona.

O que Fazer no Parque do Amor:

Um dos melhores lugares em Lima para apreciar um lindo entardecer é o Parque do Amor, no distrito de Miraflores. Situado sobre um penhasco com vista para o Oceano Pacífico, o Parque do Amor é o local preferido pelos casais de Lima para fazerem promessas eternas enquanto desfrutam de um belo por de sol.

Curiosidades do Parque do Amor:

No centro do parque, uma grande escultura de Victor Delfín chamada “El Beso”, representa um jovem casal envolvido em um beijo apaixonado. O parque está rodeado por um muro em mosaico, onde se encontram gravados nomes de vários casais, assim como frases de famosos poetas e escritores, com o amor como tema central.

Como Chegar no Parque do Amor:

Localizado no maravilhoso e turístico bairro de Miraflores, o Parque del Amor está próximo a diversos pontos de interesse dos turistas de todas as partes do mundo que visitam Lima, como a Playa Miraflores (que fica em frente ao parque), o Parque Antonio Raimondi, o Farol de la Marina, hotéis e restaurantes.

Huaca Pucllana

O sítio arqueológico de Huaca Pucllana está situado no coração do bairro turístico de Miraflore, um dos mais visitados por turistas de todas as partes do mundo, em meio a prédios comerciais e residenciais em Lima. O sítio foi construído entre os anos de 400 e 700 d.C. e é parada obrigatória não somente para quem gosta de história, mas para todos os públicos.

O lugar era um centro cerimonial e administrativo e foi todo construído com adobe, um tijolo feito a mão. O sítio possui uma grande pirâmide, que não tem muito a ver com as pirâmides egípcias – trata-se de uma pirâmide sólida, mas que possui muita imponência.

O que Fazer no Huaca Pucllana:

O sítio arqueológico de Huaca Pucllana em Lima é considerado um dos mais importantes centros cerimoniais de povos pré-colonização espanhola no Peru. No centro de Huaca Pucllana em Lima encontra-se uma pirâmide de 25 metros de altura, que, de acordo com os pesquisadores, servia como um centro de rituais como, por exemplo, sacrifícios humanos aos deuses. A melhor maneira de conhecer Huaca Pucllana é através de uma visita guiada com duração de 1 hora (em espanhol, inglês, português, francês ou japonês – sendo estes três últimos com agendamento).

Curiosidades do Huaca Pucllana:

Huaca Pucllana é uma das atrações mais incríveis de Lima. Já pensou visitar um sítio arqueológico com pirâmide e tudo num dos bairros mais nobres da capital, em meio a edifícios residenciais? Em Lima isso é possível. O lugar vem sendo restaurado há mais de 30 anos e perdeu muito de seu espaço original, mas a parte que está conservada atualmente é suficiente para se ter ideia da grandiosidade e da inteligência que tinha o povo que lá vivia (os chamados limas).

Como Chegar no Huaca Pucllana:

Huaca Pucllana ou Huaca Juliana é uma grande pirâmide de barro e adobe localizada no distrito de Miraflores, no centro de Lima, Peru, construída a partir de sete plataformas escalonadas.

Museu do Ouro

O museu traz peças de todos os tamanhos: vasos, brincos, adornos, roupas, narigueiras, armas etc. Não deixe de observar as múmias, os detalhes dos tecidos e a principal peça, uma faca cerimonial feita em ouro e turquesa.

Em cima do Museu do Ouro está uma exposição de armas com mais de 6 mil peças. A coleção foi feita por Miguel Mujica, que as reuniu desde criança. Você poderá observar todo tipo de armamento, desde armas pré-colombinas até as mais atuais.

O que Fazer no Museu do Ouro:

É um lugar que faz jus ao nome que tem e expõe diversas peças em ouro, dos mais diferentes tamanhos e utilidades. Há muitos objetos em ouro e, por haver tanto a observar, indicamos que a visita seja feita com um guia, a fim de selecionar as partes mais interessantes para ver do museu.

Curiosidades do Museu do Ouro:

O Museu do Ouro se dedica a exibir peças arqueológicas representativas das culturas ancestrais do Peru. As semelhanças, porém, acabam aí: a museologia do Museu Ouro do Peru é bem convencional, com identificação meio burocrática dos objetos nas vitrines — datação, origem geográfica e civilização

Como Chegar no Museu do Ouro:

O Bairro de Surco parece ser fora de mão, mas está a apenas 10 km do coração de Miraflores. Pertinho do museu tem uma das sucursais do ótimo restaurante Pescados Capitales (Av. Primavera 1067), onde dá para emendar o almoço.

Catedral de Lima

A Catedral se encontra incluída como Patrimônio da Humanidade no Centro histórico de Lima e é imprescindível sua visita ao momento de fazer turismo no Peru.

Catedral de Lima durante a noite Com um design quadrangular, lembra o modelo da Catedral de Sevilha. O estilo é neoclássico, embora tenha elementos construtivos e decorativos que vão desde o estilo gótico tardio, para o estilo chamado “plateresco”. As duas torres altas, com telhados de ardósia, são neoclássicas, com influências estilísticas da escola de “El Escorial” e Norte da Europa.

O que Fazer na Catedral de Lima:

A visita ao lugar dá aos turistas o direito de conhecer o museu de arte religioso, que fica dentro da própria igreja. Fazendo o passeio completo você poderá conhecer partes da igreja que raramente estão abertas ao público, como a sacristia e a sala capitular. Há um acervo grande de objetos, livros e pinturas, todos relacionados a pessoas que participaram da igreja.

Curiosidades da Catedral de Lima:

A Catedral de Lima que se vê atualmente é a terceira igreja construída no mesmo terreno. Nela está o corpo de Pizarro, conquistador espanhol e importante figura para o povo peruano. Essa catedral possui diversas capelas, cada uma com uma decoração especial, e um altar singular, muito bem trabalhado, riquíssimo em detalhes.

Como Chegar na Catedral de Lima:

A Basílica Catedral de Lima y Primada del Perú ou simplesmente Catedral de Lima é a maior igreja do Peru. Localiza-se no centro histórico de Lima.

FIM

Hoje o demonstre vai trazer para você, os melhores pontos turísticos de “Lima – Peru” com costumes e convivência do povo local. Portanto esperamos que você acompanhe e curta bastante o conteúdo, aproveite e compartilhe com seus amigos para tornar nossa página ainda melhor.

Veja: https://demonstre.com/o-que-fazer-em-monte-verde-minas-gerais/

(Visited 3 times, 1 visits today)