O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 6

O rato do campo e o rato da cidade, é outra das fantásticas fábulas de Esopo. Ela demostra duas formas diferentes de viver, mostrando que tanto quem mora no campo, quanto quem mora na cidade, possui vantagens e desvantagens em diversos aspectos.

Portanto, é melhor reconhecer, que comer verdura é melhor que morrer atropelado, por um pedaço de queijo. Entretanto, não se pode negar, que as delicias da cidade também trazem felicidade, e com muita adrenalina!

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 1

O rato do Campo e o rato da cidade – Fábula de Esopo

Dois ratos, um do campo e outro da cidade, eram muito amigos. Para relembrarem os velhos tempos de amizade, o rato que morava no campo, convidou o amigo para comer em sua humilde residência. No entanto, como só podia oferecer-lhe trigo e ervas, o rato da cidade lhe disse:

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 2

– Meu amigo, você leva uma vida muito miserável! Por minha vez, possuo bens em abundância. Venha comigo e te mostrarei o que é ter fartura!

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 3

Partiram os dois para a cidade. O rato da cidade, apresentou ao seu amigo figos, queijo, frutas e mel. Impressionado, o rato do campo, se convencia de que seu amigo estava certo! Viver uma vida assim, não havia nada melhor!

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 4

Enquanto  se divertiam, um homem  abriu a porta. Ao ouvirem o ruído os dois ratos se lançaram no buraco. Já pretendiam  voltar para buscar figos secos, porém outra pessoa entrou na cozinha. Os dois se esconderam atrás de um toco para se protegerem. O rato do campo, deixando de lado sua fome, suspirou e disse ao rato da cidade:

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 5

– Amigo, não vale a pena o que vives nesse lugar! Ainda que comes até fartar e que estás  satisfeito. No entanto, os perigos são constantes, e os temores não tem fim.

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 6

Eu, por minha vez, tenho uma vida muito humilde, e não posso me deliciar de tais banquetes, porém com minha cevada e trigo, estarei distante do perigo. Adeus querido amigo! Quando quiser me visitar, fique a vontade para descansar!

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 7

 

E lá foi o rato do campo, de volta ao seu doce lar, enquanto o rato da cidade, se arrisacava ao transitar!

Moral da história: ” Quem não arrisca, não petisca!” –

Autor da Fábula: Esopo – Adaptação: Eline Costa

Sobre o autor da Fábula – O rato do campo e o rato da cidade

Trata-se de uma  fabula de Esopo,  contador de história que viveu na Grécia, no sexto século antes de Cristo.  Tamanha era a sabedoria e envolvimento que seus contos causava, que chegou a levantar adversários.

O rato do campo e o rato da cidade - História Infantil 8

Exercícios de leitura para fundamental I

  1. A fábula contada te fez lembrar de alguma coisa?
  2. O que o rato da cidade possuía de bom
  3. O que o rato do campo tinha de melhor na cidade
  4. Em sua opinião, dá para viver desfrutando apenas com todas as coisas boas, sem ter nenhum problema?
  5. Se você acha que sim, responda, de que forma se poderá conseguir isso.
  6. Você conhece o seguinte verso: “O rato roel a roupa do rei de Roma. A roupa da rainha ele não roeu. Roeu a rede de Rita e o rádio do Romeu” .
  7. Baseado nesse verso, tente escrever em seu caderno, 10 palavras com a Letra “R”
  8. Depois se aventure tentando construir frases com elas. Veja como exemplo:

“Rita ria, Rodrigo raivoso roía!”  Viu só que legal!  Agora tente!

Proposta de atividade/dinâmica

  1. Separe dois grupos. Um grupo representará o rato da cidade, o outro grupo, representará o rato do campo.
  2. Peça que peguem lápis ou caneta e papel.
  3. O grupo que representa o rato da cidade, deverá escrever todas as coisas boas que existem na cidade e não existem no campo. Por exemplo: Internet, parque de diversão… Tudo o que eles lembrarem.
  4. Da mesma forma, o grupo do rato do campo, deverá escrever tudo o que existe de bom no campo, e não existe na cidade. Como fontes de água cristalina, o ar puro, etc.
  5. Depois cada grupo, deverá enumerar o que existe de ruim, em cada lugar. Por exemplo: Na cidade tem poluição e violência… No campo pode não ter luz elétrica, internet…    Após as listas, discutam, se existe possibilidade de se possuir tudo na vida.
  6. Após a conversa, tirem conclusões, sobre o que vem a ser adaptação, e como podemos aproveitar o melhor que temos onde moramos, e não ficarmos frustrados por aquilo que não possuímos..

Essa é uma dinâmica para fazer a turminha pensar, portanto, é bom refletir, que coisas boas e ruins, existem em todo o lugar. Depende nos adaptarmos a elas e tirar proveito, do que é bom.

Uma versão diferente da história

Abaixo, você poderá conferir uma outra versão em vídeo da fábula contada, por isso aproveitem!

Fim

Então, gostaram de mais essa fantástica fábula: O rato do campo e o rato da cidade? Temos muito mais para vocês, portanto, nos ajude, curtindo e compartilhando. Vistem o blog e leiam outras fabulas. Desta forma, a continuaremos postando. Continue nos seguindo, e traremos com muito carinho, muito mais para você!

Um enorme abraço e até breve!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.