O Rato e a Doninha é uma fábula que aponta sobre a experiencia adquirida com o passar dos anos, portanto, ficar velho só faz bem! Ela mostra que  a experiencia, poderá ser uma arma para livrar do perigo, por isso os experientes são mais hábeis.

   

O Rato e a Doninha- História Infantil

As aparências podem enganar e  pegar de surpresa aos inocentes, mas, não conseguirá dobrar aqueles que já viveram de tudo na vida. Contudo, nunca chegue perto de algo que não tenha certeza do que se trata, pode ser perigoso, portanto, cuidado!

O Rato e a Doninha – Fábula de Esopo

Uma Doninha, muito esperta, por já estar bem velha e cansada, sem ter quaisquer condições de caçar, se enfarinhava toda para disfarçar-se e ficava quieta em um canto da casa, mas sua estultícia não era sem razão.

Alguns ratinhos inocentes, pensando que a Doninha era algum tipo de alimento, se aproximavam dela, quando sorrateiramente ela os atacava e comia, porquanto não a reconheciam e não se defendiam

Contudo, um Rato já velho, e experiente, que havia escapado de muitas armadilhas, colocando-se de longe disse:

– A mim você não engana doninha! Mesmo que seja muito esperta, engane os ratinhos, mas, comigo não tem festa! Dizendo isso voltou ao seu buraco ileso. A doninha, muito esfomeada , diante do rato velho  e espertinho, não pôde fazer nada!

Moral da história

“A curiosidade pode levar a fatalidade,contudo, os experientes conseguem ver  o perigo”!        Fabula de  Esopo – Adaptação Elaine Costa

Esopo, Autor da fábula: O Rato e a Doninha

Essa fábula é atribuída à Esopo, um sábio e velho escravo da Grécia antiga, que educava o povo por meio de suas histórias e fabulas. Ele viveu no 6º século antes de Cristo. Ele ensinava verdades do mundo real se valendo das fábulas para ilustrar.

Exercício de leitura para o fundamental I- O Rato e a Doninha

Você já conhecia a Doninha?    Pois se não conhecia, aí vai:

A Doninha é o mais pequeno dos carnívoros da nossa fauna. Muito adaptável e ativa, é capaz de perseguir os roedores de que se alimenta nas suas próprias tocas. Embora difícil de ver, distribui-se por todo o País.

pertence à família dos mustelídeos e é o mais pequeno carnívoro existente em Portugal. Tem um corpo delgado e alongado, as patas curtas com garras não retráteis, uma cabeça pequena com um focinho proeminente e orelhas também pequenas e redondas.

A cauda, curta e pouco espessa, não ultrapassa 2/3 do comprimento cabeça-corpo. A pelagem curta é castanha arruivada no dorso, patas e cauda, sendo o ventre completamente branco.

A linha de demarcação entre o dorso e o ventre é geralmente irregular embora possam aparecer indivíduos com uma linha direita.

Em termos de medidas há um claro dimorfismo sexual sendo as fêmeas mais pequenas do que os machos, pesando aproximadamente metade destes.

O comprimento total dos machos varia entre 18-27 cm, a cauda entre 5-6.5 cm e pesam cerca de 70-170 gramas. As fêmeas medem entre 16-19 cm, têm 4-5.5 cm de cauda e 40-90 gramas de peso. (Fonte)

Agora, temos uma atividade para você! Vamos fazer? Pesquise sobre a família dos mustelídeos! Traga imagens e os nomes dos irmãos, primos e parentes próximos da Doninha. Busque informações também sobre o local onde elas vivem e o clima da preferência desses animaizinhos. Faça uma exposição com a fotos que encontrou.

 

Proposta de atividade/dinâmica- O rato e a doninha

  1. As crianças  deverão formam uma roda.
  2. Uma delas, o Rato, fica dentro da roda.
  3. Outra, a Doninha, fica fora da roda.
  4. A Doninha  pergunta: “Seu Ratinho está?”
  5. As crianças da roda respondem : “Não”
  6. A doninha pergunta: “A que horas ele chega?”
  7. As crianças respondem um horário a escolha.
  8. As crianças começam a rodar e  a Doninha vai perguntando: “Que horas são?” e as crianças respondem: “Uma hora” – “Que horas são?” – “Duas Horas” e assim até chegar ao horário combinado.
  9. As crianças na roda devem parar com os braços estendidos; A doninha passa a perseguir o Rato.
  10. A brincadeira acaba quando a doninha  pega o Rato.
  11. Para as crianças mais pequenas é preferível que os que estão na roda fiquem parados até que a doninha pegue o rato.
  12. Para crianças maiores as que estão na roda podem ajudar o rato a fugir ou atrapalhar a doninha, sem desfazer o círculo. ( fonte)

Os ratos e as doninhas, contado pelo teatro momento fabuloso!

Despedida

Gostou da fábula: O Rato e a Doninha?  Se desejar ler mais fábulas de Esopo, temos diversas outras no blog, portanto, não perca tempo! Mergulhe no mundo de sabedoria, o qual pode ser encontrado, nas lições de moral, que embora sejam histórias infantis, carregam um mundo verdades, das quais todos nós precisamos conhecer!

Um grande abraço, e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.