Problemas Financeiros

Você está com dificuldade para quitar suas dívidas? Não sabe como planejar para alcançar suas metas? Não tem metas definidas apesar de ter sonhos? Isso é mais comum do que se pode imaginar. Leia até o final para saber como se livrar das dívidas e ter reserva financeira.

Problemas financeiros

De acordo com os dados da pesquisa de endividamento e inadimplência do Consumidor, mais de 60% das famílias no Brasil estão inadimplência, mais de 25% estão com contas atrasadas e outras 10% dizem não ter condições de quitar as dívidas.

Infelizmente esse problema é comum porque não temos o hábito de poupar para emergências e compramos a prazo em momentos de incerteza financeira. A consequência é que qualquer imprevisto que apareça, nos obriga a buscar crédito, logo a forma mais fácil e rápida de conseguir esse crédito é através do cartão de crédito estourando o seu limite e do cheque especial.

Dessa forma, contrai-se ainda mais dívidas e com os altíssimos juros do cartão de crédito, isso vira uma bola de neve tornando impossível sair dessas dívidas.

O outro problema é a utilização do cartão de crédito de forma indevida, afinal ele te possibilita parcelar as dívidas sem juros ou pagar com até 40 dias as compras do dia a dia, além das vantagens em Pontos que o cartão oferece, o que vem a ser um estímulo.

Vale ressaltar que o grande problema do cartão de crédito é exatamente esse falso poder de compra somado ao descontrole emocional que está muito presente nesse século. Essa falta de controle pode causar um endividamento grave, visto que os juros do cartão de crédito são os mais altos do país.

Não podemos deixar de mencionar o consumo em excesso, salientado que as pessoas que sofrem desse mal recebem x e gastam xx, ou seja, não importa o quanto elas ganham mensalmente sempre vão gastar mais do que têm. Nesses casos, a única solução é uma reeducação financeira, ensinando todos os passos e cortando o mal pela raiz, portanto é o momento de elaborar um bom planejamento financeiro, que se enquadra nas suas perspectivas de vida.

Esses são só alguns dos problemas financeiros mais comuns em nosso país, pois existem diversos e se você não quer continuar fazendo parte dessa estatística e quer fazer parte da pequena parcela da população brasileira que tem reserva financeira, clique aqui e veja como se livrar dos seus problemas financeiros e como conquistar os seus objetivos.

Planejamento financeiro

A educação financeira do Brasil está em baixa. Em diversas pesquisas mundiais sobre o planejamento financeiro o Brasil sempre se situa nas últimas colocações, isso porque em nosso país a educação financeira não é incentivada desde a infância como deveria ser e como é, na maioria dos países desenvolvidos.

Recentemente, uma pesquisa mostrou que mais de 65% dos brasileiros não têm reservas financeiras e os que têm alguma reserva, não evolui com os investimentos mais vantajosos e continuam presos em investimentos tradicionais, pois sabemos que hoje o percentual de pessoas que investem fora da poupança não chega a 1%.

No emagrecimento a proporção é gastar mais do que se ingere, já na área financeira e econômica se deve gastar menos e fazer o possível para ganhar mais, aumentando a renda mensal e investindo nos locais certos, assim ganhando em rentabilidade.

E como já mencionamos a cultura financeira da maioria dos cidadãos do país é de gastar hoje e pagar amanhã, consequentemente são poucos os que fazem o controle rígido da despesas, o que resulta em acúmulo de dívidas quando foge orçamento mensal.

Como pode ver o planejamento financeiro é deveras importante, eu particularmente diria, imprescindível.

Ter o devido controle sobre o orçamento é um desafio imenso, não porque a renda é insuficiente e sim porque não sabem como começar a fazer um bom planejamento.

O planejamento financeiro precede todos os passos na busca pelo seu sucesso. Além disso, todas as pessoas bem-sucedidas do mundo tiveram e têm planejamento financeiro.

Primeiramente, é preciso explicar que planejar é antever situações futuras condicionando seu comportamento a possíveis mudanças em seu caminho e principalmente buscar meios que garantem que suas metas não serão afetados por imprevistos. Em resumo, planejar exige disciplina foco estudo e adaptabilidade às ações diversas.

Quer sair na contramão da crise? Saiba como se livrar dos problemas financeiros.

Planejamento financeiro pessoal

As finanças pessoais é a gestão financeira que um indivíduo ou uma família realiza para orçar, economizar e gastar recursos monetários ao longo do tempo, levando em conta vários riscos financeiros e eventos futuros da vida. Ao planejar finanças pessoais, o indivíduo consideraria a adequação às suas necessidades de uma gama de produtos bancários (cheques, contas de poupança, cartões de crédito e empréstimos ao consumidor) ou investimento em corretoras privadas (mercado de ações, títulos, fundos mútuos) e seguros. (seguro de vida, seguro de saúde, seguro de invalidez), produtos ou participação e monitoramento de planos de aposentadoria patrocinados pelo empregador e / ou patrocinados, benefícios de seguridade social e gerenciamento do imposto de renda.

O principal componente das finanças pessoais é o planejamento financeiro, que é um processo dinâmico que requer monitoramento e reavaliação regulares.

Em geral, envolve cinco etapas:

Avaliação – vencendo os problemas financeiros

A situação financeira de uma pessoa é avaliada através da compilação de versões simplificadas das demonstrações financeiras, incluindo balanços e demonstrações de resultados. Um balanço pessoal lista os valores de bens pessoais (por exemplo, carro, casa, roupas, ações, conta bancária), juntamente com responsabilidades pessoais (por exemplo, dívida de cartão de crédito, empréstimo bancário, hipoteca). Uma declaração de renda pessoal lista renda e despesas pessoais.

Definição de metas – vencendo os problemas financeiros

É comum ter várias metas, incluindo uma combinação de metas de curto e longo prazo. Por exemplo, uma meta de longo prazo seria “aposentar-se aos 65 anos com um patrimônio pessoal de R$ 1.000.000”, enquanto uma meta de curto prazo seria “economizar para um novo computador no próximo mês”. Definir metas financeiras ajuda a direcionar o planejamento financeiro. A definição de metas é feita com o objetivo de atender a necessidades financeiras específicas.

Criação de planos – vencendo os problemas financeiros

O plano financeiro detalha como realizar as metas. Pode incluir, por exemplo, reduzir despesas desnecessárias, aumentar a renda do emprego ou investir no mercado de ações.

Execução – vencendo os problemas financeiros

A execução de um plano financeiro geralmente requer disciplina e perseverança. Muitas pessoas obtêm assistência de profissionais como contadores, planejadores financeiros, consultores de investimentos e advogados.

Monitoramento e reavaliação – vencendo os problemas financeiros

Conforme o tempo passa, o plano financeiro é monitorado para possíveis ajustes ou reavaliações.

Existem outras formas de fazer um planejamento pessoal eficaz, que vai viabilizar suas metas e objetivos, e principalmente te tirar das dívidas, veja como.

Planner financeiro

Planner financeiro nada mais é do que um planejador financeira, um profissional de investimento qualificado que ajuda indivíduos e empresas a atingir seus objetivos financeiros de longo prazo, analisando o status do cliente e estabelecendo um programa para ajudar o cliente a atingir essas metas. Os planejadores financeiros se especializam em planejamento tributário, alocação de ativos, gerenciamento de risco, planejamento de aposentadoria e / ou imobiliário.

Você precisa dos serviços de um planejador financeiro?

Você pode não ter o conhecimento, o tempo ou o desejo de planejar e gerenciar ativamente certos aspectos financeiros de sua vida. Você pode querer ajuda para começar e pode se beneficiar de uma perspectiva objetiva e terceirizada sobre o que geralmente são decisões difíceis e emocionais. E no mundo agitado de hoje, pode ser benéfico ter um especialista financeiro olhando por cima do ombro para verificar novamente seus esforços de planejamento e garantir que você mantenha o foco e siga em frente com seus planos financeiros.

Eventos que podem levar você a procurar os serviços de um planejador.

Muitas vezes, um evento específico ou necessidade irá desencadear o desejo de orientação profissional de planejamento financeiro. Estes podem incluir:

  • Economizando o suficiente para a aposentadoria.
  • Manipulando a herança de uma grande soma de dinheiro ou outro recurso inesperado financeiro;
  • Preparando-se para um casamento ou divórcio;
  • Planejando o nascimento ou adoção de uma criança;
  • Enfrentando uma crise financeira, como uma doença grave, demissão ou desastre natural;
  • Cuidar de pais idosos ou de uma criança deficiente;
  • Lidar financeiramente com a morte de um cônjuge ou familiar próximo;
  • Educação de financiamento;
  • Compra, venda ou passagem de uma empresa familiar;

Nem todos tem a facilidade de contratar um planejador financeiro então estudo e descubra aqui, como se livrar das dívidas.

Como vencer as contas e se livrar dos problemas financeiros

Acredito que após essa crise intensa que perpassa pelo Brasil, a maioria das pessoas estejam buscando quitar suas dívidas, quase como se estivesse travando uma batalha e buscasse a resposta sobre como vencer as contas.

A premissa é organizar e esquematizar seu orçamento pessoal, colocando tudo na ponta do lápis, incluindo todos os gastos até mesmo os mínimos, como por exemplo os gastos fluidos como transporte e lazer devem ser contabilizados encaixado dentro do orçamento.

Feito isso, observe tudo aquilo que seja supérfluo e retire. Gastos com internet, conta de telefone, com televisão, entre outros, em alguns casos são supérfluos e podem ser retirados do orçamento. Dessa forma o ideal é que você analise todos os seus gastos e descubra quais você pode cortar, caso não tenha mais como cortar nada e ainda assim você não tem os meios necessários para quitar suas dívidas, será fundamental buscar meios de ganhar uma renda extra mensal.

Hoje a internet oferece várias formas de ganhar dinheiro de maneira lícita, mas também há a possibilidade de fazer isso na comunidade em que vive, fazendo reparos, faxinas, manutenção, oferecendo serviços que talvez para as outras pessoas seja melhor delegar do que fazê-las, por questão até mesmo de tempo.

Além disso, você pode fazer algo que não tenha no seu bairro para vender, como também vender coisas que você não utiliza e só ocupam espaço.

Em resumo, sair das dividas é possível, só será necessário força de vontade, foco e organização. Busque estudar as suas finanças e se livre de uma vez dos problemas financeiros.

Indico o livro Como se livrar de problemas financeiros. Vai nortear seu planejamento financeiro e essa dor de cabeça não fará mais parte do seu dia-a-dia.

Despedida!

Obrigado por ter lido até aqui, espero ter ajudado e até a próxima!

“A maneira mais fácil para se livrar das dividas é aprender com quem já saiu delas”

Add Comment