Religião Candomblé é oriunda da africa, onde se cultuam os orixás, voduns ou outras entidades. Porém, suas práticas e adorações, dependem da cultura  do país onde a prática e propagada. Trata-se de uma das religiões de matriz africana, tendo muitos seguidores em todo o mundo, principalmente no Brasil.

Dentre os povos africanos praticantes do animismo, cada uma tinha, como base, o culto a um único orixá. A junção dos cultos é um fenômeno brasileiro, o qual se deu, em decorrência da vinda de escravos. Portanto, enquanto estavam agrupados nas senzalas, nomeavam um pai ou mãe de santo.

Religião candomblé quem adota?

Pessoas em todo mundo aderem a prática, mas principalmente descendentes de africanos, devido a preservação da crença e cultura recebida de seus antepassados.  Foram os africanos que implantaram suas religiões no Brasil, se juntando em uma casa só, para sua sobrevivência. Portanto,foram eles os autores.

Essa religião, possui seguidores de várias classes sociais, e milhares pontos. Na cidade de Salvador, existem 2.230 terreiros registrados, na Federação Baiana de Cultos Afro-brasileiros. Os mesmos, estão catalogados pelo Centro de Estudos Afro-Orientais, da UFBA, (Universidade Federal da Bahia). 

Entretanto, na cultura brasileira, as religiões não são vistas como mutuamente exclusivas. Muitas pessoas, de outras crenças religiosas, participam em rituais do candomblé, regularmente ou ocasionalmente. Por isso Os rituais, e as festas, são agora uma parte integrante da cultura e uma parte do folclore brasileiro.

Religião candomblé no Brasil

Prado Valadares em “A Iconologia Africana no Brasil, na Revista Brasileira de Cultura (MEC e Conselho Federal de Cultura), ano I, Julho-Setembro 1999, contou que o surgimento dos candomblés, com posse de terra na periferia das cidades, está registrado em documentos, a partir do século XVIII.

O documento mais remoto, segundo ele, seria de autoria de dom Frei Antônio de Guadalupe, bispo visitador de Minas Gerais em 1726, divulgado nos “Mandamentos ou Capítulos da visita”.

De acordo com a história, os escravos quando chegaram ao Brasil, não possuíam liberdade para exercitarem sua crença, devido os colonizadores serem católicos. Portanto, para continuarem suas praticas, eles se valiam dos santos da igreja católica para representar suas entidades.

Rituais e crenças

Entretanto, na cultura brasileira as religiões não são vistas como mutuamente exclusivas, e muitas pessoas de outras crenças religiosas participam em rituais do candomblé, regularmente ou ocasionalmente. Os rituais, e as festas são agora uma parte integrante da cultura e uma parte do folclore brasileiro.

  • São politeístas, adorando diversas divindades
  • Acreditam em vida após a morte e reencarnação
  • Recebem a manifestação dos espíritos
  • Acreditam, que algumas crianças nascem predestinadas a morrer cedo.

As crianças que morrem pequenas, segundo a crença,podem ser de dois tipos, os que morrem logo ao nascer ou ainda criança e os que morrem antes dos pais em datas comemorativas, como aniversário, casamento, e outras ( Fonte)

Fim

Aí está  a religião Candomblé, mostrando sua origem, crença e forma de haver se espalhado pelo Brasil. Temos uma série de artigos sobre deuses e panteões, lendas e mitos. Conhecimentos que elucidam bem, explicando a origem das diversas crenças praticadas ao redor do mundo. Confiram!

Um abraço e até breve!

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.