Salmo 13 3

Salmo 13 é um cântico de louvor que surge de uma oração pessoal. Portanto, a única explicação para o contraste entre os versos, são as lembranças  de um sofrimento, seguida de socorro e confiança, de que o salmista seria livre de seus inimigos.

Salmo 13

O salmista, embora estivesse sentindo o desamparo, contudo, não deixou de acreditar no socorro de Deus. Ele pedia que Deus viesse rapidamente em seu socorro,por isso, já começava a agradecer, pois sabia que o Senhor não falharia!

Leia o Salmo 13

Até quando te esquecerás de mim, SENHOR? Para sempre? Até quando esconderás de mim o teu rosto?

Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando se exaltará sobre mim o meu inimigo?

Atende-me, ouve-me, ó Senhor meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não adormeça na morte;

Para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem, vindo eu a vacilar.

Mas eu confio na tua benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração.
Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem.

Salmos 13:1-6

Por quem o Salmo 13 era cantado

O salmo 13 era e é cantado por Davi e pelos levitas na antiguidade, hoje, contudo, é cantado por judeus e Cristãos em todo mundo.

Nos momentos de dores as vezes questionamos a Deus, por qual motivo a dor nos alcança!

Veja o salmo 13 narrado na voz de Cid Moreira

Breve estudo sobre o salmo 13

Analise do salmo 13

Neste Salmo, não sabemos contra quem Davi lutava. Se era o rei Saul ou Absalão pois estes, muito perseguiram a Davi e o teriam eliminado, caso tivessem oportunidade.

Sempre existirá uma doença ou sofrimento na vida de uma pessoa, e a mesma deseja saber até quando vai continuar. Ansiosamente buscamos resposta para entender, quando o alívio virá a nós. Este Salmo tem sido identificado como o salmo “Até quando?” por causa deste grito por alívio.  A frase “Até quando?” é usada quatro vezes no início da primeira estrofe.

O Salmo 13 é dividido em três estrofes de três versos cada.  Cada estrofe revela um estágio de experiência diferente.  

Como trabalhar o Salmo 13 na escola com Crianças e adolescentes

Deus não havia esquecido de Davi, pois Deus não esquece nos socorrer ou fazer o bem. No entanto, nós esquecemos da coisas, e por qual motivo será? Na verdade, nosso cérebro precisa dessa válvula de escape, para dar conta de preservar as informações mais importantes, portanto, ele recicla as mensagens.

Contudo, se você fizer uma forcinha, encontrará escondido em seu cérebro lembranças de coisas que já passou e você havia esquecido. No entanto, ao ter contado com algum objeto, cheiro ou som, as lembranças voltam. Vamos fazer um teste?

  1. Peça que os alunos se assentem e fiquem em silêncio, mas antes, deverão deixar sobre a carteira lápis e papel.
  2.  Coloque um som de uma música de preferência infantil, que foi popular a pelo menos 10 anos atras, quando os alunos ainda eram pequenos. Deixe que eles ouçam a música por alguns instantes.
  3. Após desligar, observe que alguns estarão com rosto alegre e outros com rostros tristes.
  4. Peça para que eles escrevam tudo o que a musica os fez lembrar, e se surpreenda!
  5. Se alguns deles desejarem ler para a turma, permita, mas não quiserem , não obrigue.

A intenção dessa dinâmica é mostrar como sons, cheiro ou circunstancias, parecidas com nossas experiencias passadas, podem despertar nossa memória adormecida. Ou melhor, acessar nosso subconsciente. Nosso cérebro é uma maravilhosa criação de Deus, ele é fantástico!

Fim

Como foi para você conhecer o Salmo 13?  O amparo da parte do Senhor é a garantia de sucesso e felicidade. Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você!

Um abraço e até breve!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.