Salmo 31, revela uma pessoa cansada, em profundo esgotamento e estresse, procurando no Senhor descanso e ajuda que lhe baste, diante de aflições.

Salmo 31

A confiança centrada em Deus, fez com que o salmista considerasse o Senhor, como uma rocha. Portanto, um alto socorro, onde seus pés se firmavam.

Leia o salmo 31

Em ti, SENHOR, confio; nunca me deixes confundido. Livra-me pela tua justiça.
Inclina para mim os teus ouvidos, livra-me depressa; sê a minha firme rocha, uma casa fortíssima que me salve.

Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; assim, por amor do teu nome, guia-me e encaminha-me.

Tira-me da rede que para mim esconderam, pois tu és a minha força.
Nas tuas mãos encomendo o meu espírito; tu me redimiste, Senhor Deus da verdade.

Odeio aqueles que se entregam a vaidades enganosas; eu, porém, confio no Senhor.
Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois consideraste a minha aflição;

conheceste a minha alma nas angústias.
E não me entregaste nas mãos do inimigo; puseste os meus pés num lugar espaçoso.

Tem misericórdia de mim, ó Senhor, porque estou angustiado. Consumidos estão de tristeza os meus olhos, a minha alma e o meu ventre.

Porque a minha vida está gasta de tristeza, e os meus anos de suspiros; a minha força descai por causa da minha iniquidade, e os meus ossos se consomem.

Fui opróbrio entre todos os meus inimigos, até entre os meus vizinhos, e horror para os meus conhecidos; os que me viam na rua fugiam de mim.

Estou esquecido no coração deles, como um morto; sou como um vaso quebrado.
Pois ouvi a murmuração de muitos, temor havia ao redor; enquanto juntamente consultavam contra mim, intentaram tirar-me a vida.

Mas eu confiei em ti, Senhor; e disse: Tu és o meu Deus.
Os meus tempos estão nas tuas mãos; livra-me das mãos dos meus inimigos e dos que me perseguem.

Pedido de socorro pelo salmista

Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo; salva-me por tuas misericórdias.
Não me deixes confundido, Senhor, porque te tenho invocado. Deixa confundidos os ímpios, e emudeçam na sepultura.

Emudeçam os lábios mentirosos que falam coisas más com soberba e desprezo contra o justo.

Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual operaste para aqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens!

Tu os esconderás, no secreto da tua presença, dos desaforos dos homens; encobri-los-ás em um pavilhão, da contenda das línguas.

Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua misericórdia para comigo em cidade segura.

Pois eu dizia na minha pressa: Estou cortado de diante dos teus olhos; não obstante, tu ouviste a voz das minhas súplicas, quando eu a ti clamei.
Amai ao Senhor, vós todos que sois seus santos; porque o Senhor guarda os fiéis e retribui com abundância ao que usa de soberba.

Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor.

Salmos 31:1-24

Por quem o Salmo 31  era cantado

Vede o Salmo 31  em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

Breve estudo sobre o Salmo 31

Analise e mensagem do Salmo 31

O Salmo 31 faz parte dos Salmos de lamentação. Entretanto, ele tem um teor ligado à exaltação da fé tão grande que pode também ser classificado como um salmo de fé. Estes trechos das escrituras sagradas podem ser divididos entre a apresentação de lamento no contexto da fé e a apresentação de louvor no contexto do lamento.

Os primeiros três versículos deste salmo, Davi mostra toda a sua confiança e louvor por Deus. Ele sabe que Deus é a sua fortaleza, e têm certeza de que com sua fé Deus irá livrá-lo das injustiças e guia-lo por toda a vida.

No 4 e 5, mais uma vez o salmista ancora-se em Deus e entrega a ele o seu espírito, pois o Seu Senhor o redimiu. Davi exprime completa dependência de Deus — sua vida está nas mãos de Deus para que faça o que desejar dela. Ele sabe que foi Deus que o protegeu de toda a maldade armada pelos seus inimigos e por isso entrega sua vida.

Do 6 ao 8, nestes versículos do Salmo 31, Davi reforça sua confiança no Senhor, mostra a sua admiração pela benignidade já que sabe que Deus vê em sua alma as angústias que passou. Ele sabe que Deus o protegeu quando ele mais precisava, não entregou ele a seus inimigos. Pelo contrário, acolheu-o e o colocou em um lugar seguro junto de si.

Do 9 ao 10 ,  nestes trechos, percebemos a volta do teor de lamentação deste Salmo 31. Ele retoma os seus duros sofrimentos, com dores físicas e espirituais. A tristeza e as dificuldades que ele viveu desgastaram o seu corpo por completo, e por isso ele pede a Deus por misericórdia.( Fonte )

Como trabalhar o Salmo 31  na escola com Crianças e adolescentes

Dinâmica “Fala que eu te escuto”, nos levará a uma experiencia de compartilhamento sobrenatural. Nesse mundo conturbado, é difícil que as pessoas parem para ouvir as outras. E as vezes é o contrário!  Queremos que as pessoas digam o que está ocorrendo com elas, no entanto,  se fecham. Então, que tal uma dinâmica eficiente?

  1. sorteie ou permita que se formem pares entre os colegas
  2. cada dupla, deverá ir para um local que achar mais adequado.
  3. divida os minutos entre a dupla, de forma que em cada momento, um fale e o outro escute
  4. Se permita conhecer as dores alheia. Diga-lhe também sobre a sua.
  5. Essa dinâmica poderá aliviar bastante, em situações de angústia extrema.

Fim

Como foi para você conhecer o Salmo 31 ?  Devemos confiar no Senhor e andar em retidão, adorando ao DEUS poderoso e único. Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você!

                                         Um abraço e até breve!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.