Salmo 55 foi composto quando Davi, se encontrava em seus próprios limites. A angústia do salmista era extrema. Expressões que manifestam desespero, podem levar as pessoas a cometerem loucuras, portanto, o socorro de Deus é necessário nesse momento.

Salmo 55:

A essência desse salmo, está no valor que Davi demostra ao apontar o caminho que leva o homem a retornar à esperança e à confiança no Senhor,não permitindo que ele faça coisas terríveis.

Leia o Salmo 55

Inclina, ó Deus, os teus ouvidos à minha oração, e não te escondas da minha súplica.
Atende-me, e ouve-me; lamento na minha queixa, e faço ruído,

Pelo clamor do inimigo e por causa da opressão do ímpio; pois lançam sobre mim a iniquidade, e com furor me odeiam.

O meu coração está dolorido dentro de mim, e terrores da morte caíram sobre mim.
Temor e tremor vieram sobre mim; e o horror me cobriu.
Assim eu disse: Oh! quem me dera asas como de pomba! Então voaria, e estaria em descanso.

Eis que fugiria para longe, e pernoitaria no deserto. (Selá.)
Apressar-me-ia a escapar da fúria do vento e da tempestade.
Despedaça, Senhor, e divide as suas línguas, pois tenho visto violência e contenda na cidade.

De dia e de noite a cercam sobre os seus muros; iniquidade e malícia estão no meio dela.
Maldade há dentro dela; astúcia e engano não se apartam das suas ruas.
Pois não era um inimigo que me afrontava; então eu o teria suportado; nem era o que me odiava que se engrandecia contra mim, porque dele me teria escondido.

Mas eras tu, homem meu igual, meu guia e meu íntimo amigo.
Consultávamos juntos suavemente, e andávamos em companhia na casa de Deus.
A morte os assalte, e vivos desçam ao inferno; porque há maldade nas suas habitações e no meio deles.

O salmista decide  buscar ao Senhor

Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará.
De tarde e de manhã e ao meio-dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz.
Livrou em paz a minha alma da peleja que havia contra mim; pois havia muitos comigo.

Deus ouvirá, e os afligirá. Aquele que preside desde a antiguidade (Selá), porque não há neles nenhuma mudança, e portanto não temem a Deus.

Tal homem pôs as suas mãos naqueles que têm paz com ele; quebrou a sua aliança.
As palavras da sua boca eram mais macias do que a manteiga, mas havia guerra no seu coração: as suas palavras eram mais brandas do que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.

Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.

Mas tu, ó Deus, os farás descer ao poço da perdição; homens de sangue e de fraude não viverão metade dos seus dias; mas eu em ti confiarei.

Salmos 55:1-23

Por quem o Salmo 55 era cantado

Provavelmente, esse salmo foi cantado por Davi, pelos levitas, e hoje, ele é entoado por judeus e Cristãos em todo o mundo. Veja abaixo uma linda versão cantada desse salmo.

Vede o Salmo 55 em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

Breve estudo sobre o Salmo 55

Analise e mensagem do Salmo 55

Os ingleses, certa vez, ficaram perplexos com a notícia de que um senhor de 65 anos havia tirado sua própria vida em circunstâncias inusitadas. Ele, que perdera a mulher, tinha uma vida solitária desde então.

Essa é, contudo, a história de muita gente que, nem por isso, dá cabo da sua vida. Porém, um agente agravante pesou a balança para o lado de uma tristeza incontida.

O casal tinha um papagaio que aprendeu muitas frases ensinadas pela mulher. Depois que ela morreu, o papagaio continuou a repetir diariamente aqueles dizeres que relembravam o viúvo da sua falecida esposa, fazendo-o sofrer constantemente.

Isso prosseguiu até ao ponto de ele não suportar mais a falta da mulher e o sofrimento por causa da saudade. Uma overdose voluntária levou-o à morte.

Histórias como essa servem para nos lembrar que mesmo as pessoas mais fortes e decididas têm seus limites ao suportar a angústia e o sofrimento.

Enquanto os incrédulos chamam a esperança em Deus de “ópio da alma”, tal efeito placebo advém das falsas esperanças quem não têm base em Deus, nem nas suas promessas.

Ou nos lembramos que Deus é não somente o nosso futuro, mas também o nosso presente, ou os problemas dessa vida ficarão nos atormentando o tempo todo, como um papagaio que repete sempre a mesma coisa até que nos faça desejar o nosso fim.

Pr. Thomas Tronco

Como trabalhar o Salmo 55 na escola com Crianças e adolescentes

“Mas tu, ó Deus, os farás descer ao poço da perdição; homens de sangue e de fraude não viverão metade dos seus dias; mas eu em ti confiarei.”

O salmista aqui mostra o poço, como lugar de castigo para os maus, mas, na realidade o poço poderá ser uma fonte de bençãos sem fim.

Você conhece algum tipo de poço? Ele é um recurso usado ainda hoje em regiões onde a população não possui acesso à água encanada, ou mesmo em lugares nos quais se deseja economizá-la.

Na antiguidade, principalmente em tempos e locais bíblicos, esse recurso era tão precioso que, quem conseguisse cavar poços ou mantê-los, eram considerados tão ricos quanto os petroleiros de hoje em dia.

Vamos saber um pouco mais sobre poços? Após assistirem o vídeo, façam anotações que julgarem interessantes sobre o assunto para discutirem em sala de aula.

Fim

Como foi para você conhecer o Salmo 55?  O Senhor é bom, um refúgio na angústia. Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você!

Um abraço e até breve!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.