Arritmia cardíaca e seus sintomas

Olá! No texto de hoje iremos falar sobre arritmia cardíaca, uma alteração dos batimentos cardíacos. Boa leitura!

O que é arritmia cardíaca?

A arritmia, também conhecida por “palpitação”, nada mais é do que uma alteração dos batimentos cardíacos, dividindo-se entre taquicardia ou bradicardia, quando o coração bate de forma rápida ou lenta, respectivamente.

“o coração funciona como uma bomba, sendo capaz de bombear o sangue por meio de pulsações, que seguem um ritmo pré-determinado. Na parte superior do coração estão localizados os átrios que são os responsáveis por manter essa pulsação.”

Dr. José Carlos Pachón, cardiologista do Serviço de Arritmias cardíacas do HCor

Essa condição pode ser percebida através da alteração dos batimentos cardíacos, mas pode ser de forma benigna ou maligna.

arritmia cardíaca
Arritmia cardíaca

Ao perceber essa alteração, é recomendado ajuda médica, para que seja feita uma avaliação a fim de identificar o quadro da sua arritmia, além de possibilitar um tratamento efetivo.

Principais sintomas da arritmia cardíaca

Dentre os principais sintomas da arritmia cardíaca encontram-se:

  • Palpitações no coração;
  • Falta de ar;
  • Episódios de desmaio;
  • Enjoos.

Prevenção

A prevenção da arritmia cardíaca exige alguns cuidados necessários, como por exemplo evitar fatores de risco, como cigarro e/ou álcool em excesso. Manter uma alimentação equilibrada também ajudar na prevenção, pois o nosso organismo necessita de alguns minerais para funcionar de forma correta.

arritmia cardíaca

Além disso, fatores genéticos também podem influenciar o surgimento da arritmia.

Fatores de risco

Diante dessa condição, é necessário se atentar para alguns fatores que podem acabar agravando o quadro da arritmia, como por exemplo cafeína, cigarro, álcool e outras drogas.

arritmia cardíaca
Arritmia cardíaca e seus sintomas

É válido ressaltar que essa mudança dos batimentos do coração pode vir acompanhada de outros sintomas como falta de ar e tontura. Para esses casos é necessário que haja uma atenção redobrada para evitar ou tratar doenças cardíacas.

Diagnóstico

O primeiro passo para obter o diagnóstico é através de um cardiologista, que irá fazer uma anamnese a fim de colher informações sobre o paciente e, posteriormente, solicitar exames que identifiquem a arritmia.

Tratamento

O tratamento para a arritmia vai variar de acordo com o tipo e gravidade dos sintomas, podendo ser de forma medicamentosa, mudanças de hábito, cardioversão elétrica e, dependendo do caso, cirurgia.

Perguntas frequentes sobre arritmia cardíaca

Quais os sintomas de arritmia?

Entre os principais sintomas encontram-se: fadiga, palpitações no coração, episódios de desmaios, enjoos, falta de ar, entre outros.

O que piora a arritmia?

Deficiência de nutrientes, sedentarismo, cigarro e/ou álcool em excesso e uma alimentação desequilibrada são fatores que podem piorar o quadro de arritmia.

Quem tem arritmia pode infartar?

A arritmia, quando não diagnosticada e tratada, pode provocar outras doenças no coração, parada cardíaca e, dependendo do caso, também pode provocar a morte.

Quais são as restrições para quem tem arritmia?

É indicado que portadores de arritmia cardíaca evitem o uso de álcool, cigarro e outras drogas, bem como substâncias ricas em cafeínas e bebidas à base de cola.

Arritmia cardíaca e seus sintomas e muito mais!

Obrigada por acompanhar o post até aqui! Fique de olho em mais textos do Blog Demonstre, separei um especialmente para você: 10 Doenças Ocupacionais.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20