Celulite: conheça os 4 graus

Como o próprio nome sugere, a celulite é uma inflamação das células gordurosas (adipócitos), que vão ficando inchadas devido ao acúmulo do excesso de gordura no organismo.

Aumentado, o tecido gorduroso comprime as veias e vasos linfáticos, gerando um edema que avoluma ainda mais esse tecido, prejudicando a circulação. Assim, os diferentes estágios de celulite vão aparecendo.

Os 4 graus da celulite

São quatro graus: grau 0 (sem irregularidades na pele tanto em pé como deitada. Ao pinçar a região, surgem apenas ondulações), grau 1 (sem irregularidades na pele tanto em pé como deitada, mas ao pinçar a região surgem as ondulações e também covinhas e depressões), grau 2 (ondulações, rugosidades, depressões e covas aparecem se a pessoa fica de pé) e grau 3 (ondulações, rugosidades e covinhas estão presentes mesmo quando se está deitada). Em casos graves e avançados, podem aparecer nódulos e haver endurecimento da pele.

celulite

Cerca de 90% das mulheres convive com esse tormento chamado celulite. Ela é agravada pela má alimentação, pela ingestão insuficiente de líquidos, pelo intestino preso, pelo sedentarismo, pelo fumo e também está ligada diretamente à hereditariedade.

Como se não bastasse, as mulheres contam, ainda, com outro facilitador: os hormônios femininos, principalmente o estrogênio. Eles dirigem a gordura para regiões como o quadril e alteram as paredes das micro veias, afetando a circulação.

Como vemos, a celulite é um ciclo vicioso que, se não interrompido, tende a piorar. Portanto, mais importante do que tratar é prevenir. É assim com tudo na vida, não é mesmo? E é muito mais simples do que parece. Basta um pouco de disciplina e, bom, chega de conversa. Mãos à obra!

Dieta anticelulite

O consumo exagerado de doces, refrigerantes e gorduras (frituras, salgadinhos industrializados, óleos poliinsaturados, como os de soja, girassol, milho e arroz, margarina, manteiga, creme de leite, maionese, etc) favorece o acúmulo de gordura subcutânea e, assim, o aparecimento da celulite. Mas não é apenas isso que a gente deve fazer para se livrar, de vez, desse mal!

Exercícios anticelulite

Pessoas sedentárias acabam ficando com as áreas que deveriam ter um bom aporte sanguíneo comprimidas, como é o caso dos membros inferiores, favorecendo o aparecimento da celulite. Portanto, se movimentar é fundamental para evitar o problema, até mesmo porque a celulite é gordura e, dessa forma, a manutenção da boa forma, através da alimentação e da atividade física, é essencial para que ela não se alastre.

Opte pelos exercícios de musculação para os membros inferiores e pelas atividades aeróbias, como caminhada, corrida, bicicleta e natação, que aceleram o metabolismo, ajudando a queimar a gordura corporal.

É válido ressaltar que os exercícios aeróbios devem ser praticados diariamente durante pelo menos meia hora. Aproveite, também, para trocar o elevador pelas escadas.

celulite

Já os exercícios localizados são igualmente uma excelente pedida. Devem ser feitos pelo menos três vezes por semana e estar associados aos aeróbios. Para os membros inferiores, pratique o agachamento, glúteo quatro apoios e abdominais. Já para os membros superiores, trabalhe a remada e o tríceps. O ideal é fazer três séries de 15 repetições em cada exercício, com intervalo de 40 segundos entre elas.

Terapia de choque

Agora que você já prometeu a si mesma evitar o surgimento de mais furinhos com uma boa alimentação e exercícios físicos regulares, veja como tratar os já existentes e, de quebra, ajudar, também, a prevenir a celulite.

Inclusive é nessa fase – a prevenção – que os tratamentos apresentam os melhores resultados, uma vez que eles conseguem agir apenas nos planos mais superficiais da pele, não alcançando a celulite de grau mais elevado. Confira as últimas novidades da Clínica Pazos, no Rio, e lembre-se: os tratamentos duram, em média, entre 10 e 15 semanas.

Thermoredução

Trata-se da associação de três protocolos que atuam na redução de medidas e das fibroses da celulite.

(1) ultrassom de alta potência com Manthus, (2) gel magnetizado e infravermelho longo, (3) massagem local com cosméticos lipolíticos. Esse tratamento pode diminuir até 10 centímetros de circunferência abdominal se associado à reeducação alimentar.

Intradermoterapia

Específico para celulite e gordura localizada. É utilizado ultrassom de alta potência, associado ao tratamento intradérmico com carnitina, desoxicolato e tiratricol.

Celuliderme

Tratamento específico para os membros inferiores. Une cosméticos a microcorrentes geradas pelo Globus, aparelho italiano que associa mais de 20 tipos de corrente com o intuito de acabar com a flacidez da pele e da musculatura. O tratamento pode ser associado, ainda, ao Manthus ou à carboxiterapia (injeções de gás carbônico), dependendo de uma avaliação prévia.

Eletrocupuntura

Agulhas de acupuntura são penetradas na camada adiposa, ligadas a um aparelho com correntes que passam de uma agulha para a outra e desmancham a gordura.

Mesoterapia sem agulha

Produtos que são para celulite e flacidez, como Rosa Mosqueta, Cafeína, Alcachofra, Crisântemo, entre outros, sendo associados ao Manthus. Esse tratamento diminui a fibrose da celulite, o aspecto casca de laranja e melhora a elasticidade da pele.

Perguntas frequentes sobre a celulite

Por que surge a celulite?

Ela é causada pelo acúmulo de gordura nas células, contribuindo para que essas células fiquem endurecidas e, assim, criando ondulações no local.

Como posso acabar com a celulite?

Seguir algumas recomendações pode te ajudar a melhorar o aspecto dessas ondulações no corpo, caso te incomode. Beber bastante água, não consumir alimentos gordurosos, praticar exercícios físicos, entre outros.

O que faz aumentar a celulite?

Frituras e alimentos gordurosos podem contribuir para esse aumento, visto que podem desenvolver inflamações na pele, provocando assim um acúmulo de gordura localizada.

O que pode ajudar a desinflamar a celulite?

Como dito anteriormente, a prática de exercícios físicos pode ajudar na desinflamação, seja uma caminhada, corrida, esteira, entre outros.

Veja mais informações aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20