Diabetes Gestacional: sintomas

Olá! No texto de hoje iremos falar sobre o diabetes gestacional. Boa leitura!

O que é a diabetes gestacional?

Durante o processo gestacional ocorrem transformações no corpo, bem como adaptações hormonais. No entanto, algumas mulheres não passam por esse processo, desenvolvendo assim o diabetes gestacional devido ao aumento de glicose no sangue.

Caso o bebê seja exposto a um alto nível de glicose, pode haver riscos para o seu desenvolvimento, além de problemas durante o parto, diabetes e obesidade em sua vida adulta.

diabetes gestacional

Para identificar o diabetes gestacional, é necessário que a mulher realize o acompanhamento do nível de glicose no organismo a partir do sexto mês de gestação. É importante lembrar também que nem sempre haverá presença de sintomas.

Alguns fatores podem facilitar o surgimento do diabetes gestacional, sendo eles idade avançada; síndrome dos ovários policísticos; histórico de diabetes gestacional; alto ganho de peso durante a gestação e gestação múltipla.

Principais sintomas

Apesar de algumas mulheres não apresentarem nenhum sintoma, existem alguns sinais que podem indicar o diabetes gestacional, como por exemplo:

  • Vontade frequente de urinar;
  • Cansaço constante;
  • Sede em excesso;
  • Inchaço em regiões como pernas ou pés;
  • Fome excessiva;
  • Alto ganho de peso na mulher ou no bebê.

Considerando que algumas mulheres não apresentem os sintomas, é de extrema importância realizar o acompanhamento médico para avaliar o nível de glicose no organismo a partir do sexto mês de gravidez.

Fatores de risco

Alguns fatores de risco podem estar relacionados como surgimento do diabetes gestacional, sendo eles:

  • Histórico de diabetes;
  • Pressão alta;
  • Obesidade;
  • Síndrome dos ovários policísticos;
  • Gravidez múltipla (gêmeos);
  • Colesterol alto;
  • Alto ganho de peso durante a gravidez;
  • Triglicerídeos alto.

Prevenção

A prevenção do distúrbio pode ser realizada por meio de uma dieta equilibrada e a prática de exercícios físicos.

diabetes gestacional

Além disso, pode contribuir também para evitar o aparecimento do diabetes tipo 2.

Diagnóstico

O médico obstetra, responsável pelo acompanhamento da gravidez, faz o levantamento do histórico da mulher, bem como seu peso e rotina.

diabetes gestacional

Durante o processo gestacional são realizados exames para fazer a checagem das taxas de colesterol, glicose e triglicerídeos no organismo, contribuindo assim para um acompanhamento efetivo da gestação e na prevenção ou tratamento de qualquer alteração inesperada.

Tratamento

O tratamento para o diabetes gestacional exige uma atenção rigorosa para as dietas, contribuindo assim para o controle das taxas. Além disso, é necessário também realizar avaliações da curva glicêmica.

diabetes gestacional

De acordo com a necessidade apresentada em decorrência do aumento continuado do nível de glicose, o médico pode sugerir injeções de insulina para que o controle dos hormônios seja alcançado.

Perguntas frequentes sobre diabetes gestacional

Veja a seguir perguntas frequentes sobre o tema apresentado nesse texto.

Quais os riscos do diabetes gestacional?

Os riscos podem afetar tanto a mulher, quanto o bebê. Entre os riscos causados podemos destacar: parto traumático devido a um crescimento excessivo do bebê; hipoglicemia e obesidade na vida adulta.

Por que ocorre o diabetes gestacional?

Sua origem se dá através de diversas causas, podendo ter como principais causas o aumento de peso e a ação hormonal na placenta, visto que essas duas causas podem favorecer a resistência à insulina, aumentando assim o nível de glicose no organismo.

O que acontece com o bebê caso a mãe tenha o diabetes?

O distúrbio pode fazer com que o bebê nasça com o peso acima do esperado devido ao alto recebimento de glicose, gerando mais probabilidade de complicações durante o parto.

Como evitar o diabetes gestacional?

A prevenção pode ser realizada por meio de uma alimentação balanceada, que inclui vitaminas, proteínas e minerais. Além disso, a prática de exercícios físicos pode auxiliar na prevenção ou no controle do diabetes.

Como desenvolve o diabetes gestacional?

Qualquer mulher está sujeita ao desenvolvimento do diabetes, entretanto, alguns fatores de risco podem estar ligados ao surgimento do distúrbio, como por exemplo: obesidade; síndrome dos ovários policísticos; histórico familiar de diabetes; gravidez múltipla (gêmeos); entre outros.

Obrigada por ter acompanhado o post até aqui!

Espero ter esclarecido suas dúvidas. Fique de olho em outros textos do Blog Demonstre, separei um especialmente par você: Caminhada: 4 dicas para caminhar bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20