Medicina Ayurveda

Ayurveda significa conhecimento da vida (ayur=vida, veda=ciência ou conhecimento). É a ciência da saúde mais antiga da humanidade, tendo mais de 5 mil anos de existência.

A medicina ayurvédica é parte da ciência védica e utiliza na sua abordagem terapêutica plantas medicinais, dieta, exercícios físicos, meditação, ioga, astrologia hindu, massagem, aromaterapia, gemoterapia tratamento com metais e gemas), cirurgia e psicologia.

Medicina ayurveda

O ayurveda afirma que existem três humores biológicos no nosso corpo, chamados de doshas: vata, que tem como elemento predominante o ar; pitta, em que o elemento fogo é o principal; e kapha caracterizado pelo elemento água. Vata é como o vento ou o ar em movimento; é seco, leve, sutil e agitado. Pitta é semelhante ao fogo, caracteriza-se por ser quente, oleoso e leve. Kapha é como a água: úmido, frio, pesado e frio.

Na visão ayurvédica o excesso ou a deficiência das características descritas acima indica um desequilíbrio no dosha (humor biológico) correspondente, o que gera alterações patológicas no corpo físico.

Assim, vata em desequilíbrio leva ao emagrecimento, debilidade, aversão ao frio, tremores, constipação, alterações no sistema nervoso, tonteira, colite, formação de gases e reumatismo. Pitta em desarmonia produz olhos e pele amarelados, fome em excesso, sede aumentada, febre, sensação de calor corporal, inflamações, infecções, azia e queimações. Kapha alterado gera fraqueza do sistema digestivo, palidez, calafrios, tosse com formação de mucosidades nos pulmões, sonolência, obesidade, hipoatividade das funções orgânicas e preguiça.

Medicina ayurveda

Ayurveda utiliza a energia dos alimentos e sabores para constituir uma dieta saudável de acordo com a nossa constituição psicofísica ou doshas. Nessa perspectiva aprendemos quais sabores são bons pra nós.

Assim poderemos comer alimentos que estejam em harmonia com nossa constituição e o corpo responderá com saúde. Alguns se beneficiam do alimento quente e condimentado, enquanto outros se sentem melhor com alimentação mas leve e fria. Há pessoas que se beneficiam da carne, enquanto outras produzem melhor sendo vegetarianas.

Medicina ayurveda

O mais importante de tudo é saber identificar, de acordo com nossa natureza básica, que tipo de alimento devemos comer e quais devemos evitar, para manter o equilíbrio em nossa saúde.

Para fazer a seleção dos alimentos favoráveis a esta ou àquela constituição, alguns aspectos devem ser considerados: suas características naturais, o modo de preparo e a quantidade a ser ingerida, como combinar estes alimentos, o clima e, obviamente, a própria constituição da pessoa que come.

Os ramos da medicina Ayurvédica

A tradição ayurvédica diz que só é possível construir tecidos saudáveis a partir de alimentos saudáveis. Para isso teríamos que ter nosso próprio cultivo de alimentos, o que é quase impossível hoje em dia!

Assim, o papel de quem cozinha ganha uma poética importância: como um alquimista, o cozinheiro deve extrair a essência dos alimentos, transmitindo a eles o seu amor, que será absorvido energeticamente por quem come.

Medicina ayurveda

Segundo a literatura hindu a medicina ayurvédica possui oito ramos principais: Medicina interna ou clinica geral, Pediatria, Psiquiatria, Doenças da cabeça e pescoço (neste ramo estão incluídos otorrinolaringologia, oftalmologia e odontologia) Cirurgia Toxicologia, Rejuvenescimento e geriatria Afrodisíaca (neste capitulo estão incluídas a impotência e a infertilidade).

As ciências dos afrodisíacos e do rejuvenescimento lidam com a prevenção das doenças e a promoção da saúde dos indivíduos sadios. A cosmetologia ayurvédica, capítulo da ciência do rejuvenescimento, faz uso de produtos naturais à base de plantas medicinais com o objetivo de melhorar o brilho da pele e suavizar as rugas para isto a massagem ayurvédica é largamente empregada na Índia.

O Brasil tem uma flora riquíssima com cerca de cem mil espécies vegetais, destas em torno de 2 mil são usadas para fins medicinais. Cerca de 80% das plantas medicinais utilizadas no sul da Índia existem no nosso país e podem ser empregadas na visão dessa tradição ayurvédica.

Ayurveda é medicina preventiva

Basicamente, o ayurveda é uma medicina preventiva, embora seja também curativa. Ensina, através de sua sabedoria simples, como aperfeiçoar nossa natureza original, sendo possível para qualquer pessoa adquirir o conhecimento prático para se manter saudável.

Medicina ayurveda

O ser humano deve seguir estilo de vida saudável que, de acordo com a medicina ayurvédica, leva a uma mente tranqüila e um espírito harmonioso. É muito importante que a pessoa tenha uma vida guiada pela sabedoria, pois irá proporcionar bem-estar em todos os níveis do individuo, físico, psicoemocional, social e espiritual, que é o objetivo final do ayurveda.

A importância da digestão na Medicina Ayurveda

Os textos clássicos do Ayurveda apresentam uma teoria que é fundamental para uma boa saúde: Agni ou fogo digestivo.

O Agni, representado pelas enzimas e pelo metabolismo, é o responsável pela digestão e absorção dos nutrientes para a formação de tecidos íntegros.

A Medicina Ayurvédica afirma que o distúrbio de Agni é importante causa do adoecimento devido à formação de toxinas denominadas Ama. Um Agni alterado gera a formação de Ama, o que prejudica a construção de tecidos saudáveis.

Na índia, frequentemente ouve-se a afirmação: “Digestão é mais importante que nutrição”. Isto significa que não adianta buscarmos alimentos saudáveis se o nosso processo digestivo ou Agni está prejudicado. Primeiro temos que tornar a nossa digestão saudável e depois procuramos escolher os alimentos mais equilibrados de acordo com a nossa condição psicofísica.

Medicina ayurveda
Turmeric powder in bowl and fresh curcuma root

O Ayurveda ensina que cada ser humano tem a capacidade de curar a si mesmo e manter a sua saúde através de uma alimentação equilibrada e de uma rotina diária com hábitos saudáveis. Um antigo ditado diz que nós somos o que comemos.

O Ayurveda poderia ir um pouco mais além dizendo: “somos o que conseguimos digerir“, já que nem tudo o que comemos consegue ser metabolizado de maneira adequada para ser posteriormente incorporado às nossas células corporais.

Daí a importância de sermos seletivos, de estarmos atentos ao que comemos, como, quanto e porque comemos: o simples ato de controlar nossa alimentação nos proporciona a disciplina necessária para controlar muitos outros aspectos de nosso comportamento.

Chá de gengibre auxilia a digestão

O Ayurveda recomenda que 30 minutos antes da refeição tomemos uma xícara de chá de gengibre, com três gotas de sumo de limão e uma pitada de sal marinho para aumentar o fogo digestivo e promover a formação das enzimas necessárias a uma digestão saudável.

Além disso, os condimentos como coentro, cominho, hortelã, canela, pimenta do reino, cravo, açafrão, noz moscada e cardamomo devem ser utilizados, com moderação, pois auxiliam a função do Agni.

Na busca de uma alimentação equilibrada não apenas a qualidade, mas também a quantidade dos alimentos é importante: “Quantidade modifica a qualidade”.

Medicina ayurveda

O Ayurveda recomenda dividir o estômago em quatro partes: metade ou dois quartos deve ser preenchida por alimentos, um quarto com um pouco de água (nunca gelada) ou chá de ervas e o último quarto deve permanecer vazio. A mensagem é: coma menos e procure mais qualidade que quantidade na sua dieta.

Refeições devem ser feitas em intervalos regulares

Outro importante ensinamento dos professores na Índia é a regularidade, procurar fazer as refeições dentro do mesmo horário, diariamente. Além disso, a refeição deve ser feita com o estômago vazio, ou seja, se a refeição anterior não foi digerida não devemos comer.

Por último, os mestres de Ayurveda enfatizam a importância da dieta vegetariana: comer mais cereais integrais, legumes, verduras, raízes, frutas, castanhas, leite orgânico (sem a química dos produtos industrializados), ghee (manteiga clarificada) e o mel, menos carnes e derivados promove saúde física, psicoemocional, social e espiritual.

O sabor é uma qualidade de toda substância. Cada substância pode ter um ou mais sabores, que se tornam conhecidos quando a substância é colocada na língua. O primeiro sabor claramente identificado é conhecido como sabor primário e os sabores restantes, reconhecidos mais tarde, são secundários, em geral mais suaves.

Existem seis sabores: doce, ácido, amargo, salgado, picante e adstringente. O sabor doce contém os elementos Terra e Água; o ácido, Terra e Fogo; o salgado, Água e Fogo. O sabor picante contém Fogo e Ar; o amargo, Ar e Éter; e o adstringente, Ar e Terra.

Medicina ayurveda

Com o sentido do gosto, nós interagimos com os alimentos que comemos. Cada gosto ou sabor afeta o corpo e a mente de formas diferentes. Cada um deles tem seus benefícios e até malefícios, se utilizados em excesso.

Em uma perspectiva ayurvédica aprendemos quais sabores são bons pra nós, assim poderemos comer alimentos que estejam em harmonia com nossa constituição e o corpo responderá com saúde. Alguns se beneficiam do alimento quente e condimentado, enquanto outros se sentem melhor com uma alimentação mais leve e fria.

Há pessoas que se beneficiam da carne, enquanto outras produzem melhor sendo vegetarianas.

Ayurveda

O mais importante de tudo é saber identificar, de acordo com nossa natureza básica, que tipo de alimento devemos comer e quais devemos evitar, para manter o equilíbrio em nossa saúde. Namastê!

O que é a dieta ayurvédica?

Chamada por muitos de u003cstrongu003edietau003c/strongu003e indiana, engloba uma série de práticas para a boa saúde.

O que faz uma terapia ayurvédico?

A medicina u003cstrongu003eAyurveda fazu003c/strongu003e parte do grupo de terapias bioenergéticas, que utiliza técnicas como respiração, auto-conhecimento, alimentação e cura através das plantas e objetos da natureza, como pedras, para renovar a energia vital da pessoa.

O que é o dosha?

u003cstrongu003eDoshau003c/strongu003e é a caracterização do perfil biológico do indivíduo, de acordo com o ayurveda. Existem três u003cstrongu003edoshasu003c/strongu003e: u003cstrongu003eVatau003c/strongu003e, u003cstrongu003ePittau003c/strongu003e e Kapha, sendo que cada um apresenta suas determinadas características.

Saiba mais sobre sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20