O melhor Protetor Solar

Com tantas opções no mercado de protetor solar, torna-se difícil entender o que cada um realmente pode fazer por você.

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), em todo o país, mostrou que as pessoas ainda não estão conscientes dos riscos provocados pela exposição excessiva ao sol.

Protetor Solar

Cerca de 70% da população ainda frequenta a praia sem proteção solar. Por conta disso, doenças como o câncer de pele, que poderiam ser facilmente prevenidas, continuam a ocupar uma posição de destaque entre os males que mais afetam a pele dos brasileiros.

Só em 2006, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), foram diagnosticados mais de 120 mil novos casos da doença.

Apesar de alarmante, tanto o câncer de pele quanto as outras doenças típicas do verão (causadas pela exposição solar) podem ser evitadas.

Com senso e tomando os devidos cuidados de proteção, é possível desfrutar dos benefícios do sol sem que o organismo sofra grandes prejuízos.

O melhor protetor solar

Entre as principais doenças estão: o câncer de pele, as queimaduras, o dano ocular (catarata ou outras doenças da vista), as alergias (ao sol ou a uso de cosméticos, perfumes e medicamentos tópicos), envelhecimento da pele e as alterações imunológicas, que deixam as pessoas mais suscetíveis a infecções, por exemplo.

Proteção para cada pele

Independente da cor da pele, a utilização diária de protetores solares UVA e UVB é indispensável. No entanto, mais do que utilizar o protetor, é preciso saber escolher aquele produto adequado para o seu tipo de pele.

Quem tem pele oleosa deve optar pelo gel. Para as normais, a escolha deve ser pela loção e para aquelas bem secas o ideal mesmo são os cremes.

Com relação à aplicação, ela deve acontecer a cada 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicada a cada duas horas, após o mergulho ou mediante transpiração excessiva.

O melhor protetor solar

Já o fator de proteção pode variar: 30 para o rosto e 20 para o corpo, não esquecendo de proteger os lábios e orelhas, locais comumente afetados pelo câncer de pele. Chapéus e barracas grossas também podem ajudar a evitar a passagem do sol.

Além disso, antes de comprar o produto, a dermatologista recomenda olhar os rótulos dos filtros e entender o que eles dizem. Para isso, montou um pequeno dicionário:

* Anti UVA e UVB: filtros que protegem contra os raios ultravioletas A e B.

* Hipoalergênico:

utiliza substâncias que geralmente não provocam alergias.

* Livre de PABA ou ‘PABA Free’:

O melhor protetor solar

filtros que não contém a substância PABA, que geralmente causa alergias.

* Livre de óleo ou ‘oil free’:

filtros livres de substâncias oleosas. São os mais indicados para pessoas de pele oleosa ou com tendência à formação de cravos e espinhas.

* Não comedogênico:

filtros que não obstruem os poros, o que evita a formação de cravos. Indicados para pessoas de pele oleosa e com tendência à formação de cravos e espinhas.

Outra dica para cuidar da pele no verão é suspender os tratamentos a base de ácido glicólico até dez dias antes da exposição solar, devido o seu efeito de descamação e manchas.

O melhor protetor solar

Por ser foto sensível, se entrar em contato com o sol ele pode provocar vermelhidão, causar manchas e, em casos mais graves, até queimaduras.

Quais os protetores solares aprovados pela Anvisa?

L’Oreal Protetor u003cstrongu003eSolaru003c/strongu003e Expertise Supreme FPS 30.u003cbru003eVichy Protetor u003cstrongu003eSolaru003c/strongu003e Ideal Soleil Hydrasoft FPS 30.u003cbru003eLa Roche-Posay Anthelios XL-Protect FPS 30.u003cbru003eNatura Protetor u003cstrongu003eSolaru003c/strongu003e FPS 30.u003cbru003eNívea Protetor u003cstrongu003eSolaru003c/strongu003e FPS 30.u003cbru003eEpisol Protetor u003cstrongu003eSolaru003c/strongu003e Oil Free FPS 30.

Qual é a função do filtro solar?

Impedir que os raios u003cstrongu003esolaresu003c/strongu003e UVA, que alcançam a derme (camada interna da pele), e UVB, que atingem a epiderme 

Para que serve o uso do protetor solar?

Ele ajuda a proteger a pele da radiação ultravioleta do sol, o que reduz as queimaduras u003cstrongu003esolaresu003c/strongu003e e outros danos à pele, intimamente ligado a um menor risco de câncer de pele.

Veja outras dicas de saúde aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20