Soneto do amigo – Vinicius de Moraes

0

0i pessoal, o post de hoje traz o poema Soneto do amigo de Vinicius de Moraes. Espero que vocês curtam mais esse poema do projeto Poema de bom dia!

Soneto do amigo – Vinicius de Moraes

Soneto do amigo de Vinicius de Moraes fala sobre os conflitos e os bons momentos que uma amizade passa. Uma velha amizade não tem igual, é um lugar de conforto e segurança. Com quem mais podemos ser nós mesmos e confiar nossos segredos? Vamos ao poema Soneto do amigo?

Soneto do amigo – Vinicius de Moraes

 

Enfim, depois de tanto erro passado

Tantas retaliações, tanto perigo

Eis que ressurge noutro o velho amigo

Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado

Com olhos que contêm o olhar antigo

Sempre comigo um pouco atribulado

E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano

Sabendo se mover e comover

E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica

Que só se vai ao ver outro nascer

E o espelho de minha alma multiplica.

 

FIM do poema Soneto do amigo de Vinicius de Moraes

Muito obrigada por ter nos acompanhado até aqui em mais esse poema do Projeto de Poema de bom dia. Espero que tenhas gostado do poema Soneto de amigo do Vinícius de Morais!

Comente e deixe as suas sugestões de novos poemas e poetas para adicionarmos no projeto Poema de bom dia. Siga o nosso canal de youtube e a nossa página do facebook!

Até o próximo poema do projeto Poema de bom dia!

Você pode gostar de:

Tenho tanto sentimento – Poema de Fernando Pessoa