Olá, pessoal! Hoje teremos Sandemberg Oliveira, POETA potiguar, declamando sua poesia Submundo no poema de bom dia.

Poema Submundo, de Sandemberg Oliveira – do Poema de bom dia

O projeto Poema de bom dia é uma realização da Produtora Demonstre. Uma homenagem aos poetas locais e nacionais do nosso Brasil. Poemas diários para preencher seu dia de inspiração!

Vídeo do poema de bom dia – Submundo – Sandemberg Oliveira

Abaixo, o vídeo de declamação do poema, por Sandemberg.

A seguir, o poema na íntegra.

Submundo – Sandemberg Oliveira

Esta noite enquanto dormia,

Em sonho vaguei por um lugar jamais visto,

Distante do tempo de meu presente acordado,

Sombrio e escuro, tênue e macabro.

Talvez porque fosse noite,

Ninguém eu via,

Nem sombra, nem luz.

Apenas minha alma vazia.

Andei sem saber pra onde, nem por onde.

Não conseguia me encontrar, nem encontrar…

Quem? O quê?

Sequer sabia se era sonho ou se era real.

Percebi que a escuridão sumia,

Que as trevas sucumbiam, mas continuava a caminhar,

Apenas acordei, porque era o amanhecer,

Não sei de que dia…

Quem é Sandemberg Olivera?

Sandemberg Oliveira de Almeida, quando assina artisticamente Sandemberg Oliveira, é professor de língua portuguesa, especialista em leitura e literatura, ator e diretor teatral com presença cênica e na direção de grandes espetáculos em Natal e pelo interior do Rio Grande do Norte, hoje se apresenta na condição de escritor, mas não de um livro qualquer, de uma escrita comum, mas de uma obra que traz o sentimento de humanismo e de respeito ao próximo acima de tudo. Ás vezes é difícil entendê-lo, impulsivo, intenso, não se importa com o que adjetivação que o implique, ele é momento e pronto, sensível e autêntico. Quem não o conhece pensa que ele é chato, metido, mas eu vos digo, pelos anos de convivência, que o que o denomina é tão somente o fato de ele ser sincero. De tudo sabe fazer um pouco e o faz, posto que de tudo que já fora dito, também é crítico literário, poeta e pesquisador da literatura e cultura potiguar.

Viajou ao Rio de Janeiro para representar o Rio Grande do Norte em seu potencial cultural. É vinculado à SPVA RN – Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte, onde participou com publicação na sétima Antologia Literária da SPVA. Poeta premiado pelo????

A condição de escritor se deu a partir do contato com a Literatura, logo, já apontava para o caminho das letras, tendo, por intermédio de seus estudos na Universidade Potiguar, pesquisa sobre a Biblioterapia e de sua aplicabilidade, enquanto estudante de graduação no curso de Letras. Atualmente é graduando em Gestão em Políticas Públicas pela UFRN, Situação que só aconteceu por não sertir-se confortável diante da falta de uma política cultural que desse ênfase também aos pequenos grupos e que atenta para projetos futuros relacionados à área cultural.

Participou da direção de dois autos, um no bairro das Rocas tendo como colaborador Emerson Medeiros e o Auto do Divino na cidade de Vera Cruz, este um espetáculo que rendeu-lhe um documentário acerca do Boi de Reis da cidade de Lagoa de Pedras. Ativista cultural, Sandemberg não se cansa e não desiste de defender a Cultura do nosso Estado. Vale ressaltar que quando fora candidato a vereador em 2016, conseguiu 206 votos, o que considera uma vitória, logo, superou até mesmo candidatos que tinham o recurso da imagem televisiva. Seu lema era… A MINHA BANDEIRA É DA CULTURA… eu não tenho dúvidas…

Veste a camisa do COLÉGIO ÊXITO, instituição que trabalha desde o ano de 2009 e que, de coração aberto, contempla e ressalta o apoio que sempre teve dessa instituição educacional.

Obrigado por curtir este poema!

O projeto Poema de bom dia é uma iniciativa do blog para engajar escolas e a comunidade no meio literário. Se você gostou, compartilhe. Se é poeta, entre em contato para participar!

 

Facebook: https://bit.ly/2qr1CXu

Instagram @poemadebomdia: https://bit.ly/2qrbzDI

Website: http://demonstre.com/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.