Pressione ESC para fechar

fábula de Esopo

O rato e a rã

O rato e a rã, representa de maneira simbólica, as grandes tragédias que ocorrem ainda em nossos tempos! Quantas crianças e pessoas inocentes, confiam sua segurança a sujeitos maus, que com suas artimanhas se aproximam com a falsa oferta de ajuda

A formiga e a Pomba

A formiga e a pomba fala como usar de bondade para com as aqueles que estão em apuros, pode ter seu momento de recompensa. Jamais devemos olhar o sofrimento alheio e se fazer de desapercebido.Portanto, fica a dica: ‘Tudo o o que se plantar será colhido”

O galo e a pérola

O galo e a pérola é uma riquíssima lição, a qual mostra que, pelo menos três coisas podem nos acontecer na vida:Ao depararmos com valiosas oportunidades, podemos não ter consciência do valor da joia encontrada,portanto,a deixamos no mesmo lugar.

O camponês e a serpente

O camponês e a serpente, é uma lição para que as pessoas  muito bondosas, as quais usam sempre de compaixão, aprendam um pouco da prudência, e no momento certo, saibam dizer não! no entanto, se esquecem de também utilizar a sabedoria! Precisamos entender que usar de prudência não é ser maldoso, trata-se de ser cauteloso

O Rato e a Doninha

O Rato e a Doninha é uma fábula que aponta sobre a experiencia adquirida com o passar dos anos. Mostra que  a experiencia pose livrar do perigo. As aparências podem enganar e  pegar de surpresa aos inocentes, portanto, nunca chegue perto de algo que não tenha certeza do que se trata, pode ser perigoso!

O gato, o galo e o ratinho

O gato, o galo e o ratinho, é uma preciosa lição para nos ensinar que as aparências podem nos enganar! O perigo pode surgir com sutileza e acabar convencendo pela beleza, no entanto, o final é só tristeza! Essa fábula de Esopo é muito interessante para mostrar o quanto a inocência não deixa que o mal seja percebido

os viajantes e a árvore

Os viajantes e a árvore, quando contada, ilustra muito bem a realidade que muitos enfrentam. Eles oferecem tudo o que possuem para ajudar alguém, no final, o desprezo é tudo o que lhes resta.Saber reconhecer os mínimos favores é uma virtude, assim como, ser ingrato após desfrutar dos benefícios é um ridículo defeito!

o faisão vaidoso

O faisão vaidoso é um exemplo de que a vaidade pode até tentar esconder as perfeições, mas nunca de fato mudará o que está escondido. Portanto, a lição é de que, usar o engano para obter  vantagens, não permitira o mentiroso ir muito longe.

o avarento

O avarento é uma fábula de Esopo que nos ensina, o quanto é imprudente colocar o nosso amor nas incertezas das riquezas. Possuir dinheiro é muito bom, mas para desfrutarmos do que ele pode comprar e ainda ajudar a quem precisa. Mas, guardá-lo apenas para apreciação, poderá ser um ato de tolice, e nos levar a decepção.

O lobo e a cegonha – História Infantil

O lobo e a cegonha é uma fábula de Esopo, portanto, como todas elas,  traz um ensinamento: não esperar recompensa de alguém que por natureza é ingrato! Embora seja nosso dever ajudar a qualquer pessoa que necessite, contudo, todo cuidado é pouco para não ficar sem a cabeça, enquanto faz uma boa ação!

O pai e seus filhos brigões

O pai e seus filhos brigões, mostra muito bem como é importante a união para se tornar invencível. Quanto mais sozinhos ficamos, os riscos são maiores de sermos vencidos pelas circunstancias. Afinal, como diz o velho ditado popular ” A união faz a força”!

O galo e a raposa

O galo e a raposa mostra como todo cuidado é pouco, quando alguém que te odiou a vida toda, aprece repentinamente se fazendo de bonzinho! Para se livrar da lábia mentirosa é preciso bastante esperteza e agilidade. Ao primeiro sinal da raposa, corra! Salve-se quem puder!

O lobo e a cabra

O lobo e a cabra, mostram que nem sempre uma fala mansa e agradável, é sinal de boas intensões. É preciso estar alerta, e saber discernir o perigo na hora certa. O lobo, tentava convencer a cabra, de que perto dele, o pasto era melhor. Porém, sua intenção era dar um golpe e come-la.