Teoria do Gênero

0
Teoria do Gênero 1

Olá pessoal, o post de teorias de hoje é sobre “Teoria do Gênero”. Espero que gostem de mais esse post sobre Teoria. Vamos começar:

Teoria do Gênero

É uma teoria sobre o gênero que afirma que a orientação sexual e a identidade sexual ou de género dos indivíduos são o resultado de um constructo social e que, portanto, não existem papéis sexuais essencial ou biologicamente inscritos na natureza humana, antes formas socialmente variáveis de desempenhar um ou vários papéis sexuais.

Entendendo a Teoria do Gênero

Os estudos queer constituem um corpus grande e variado de empreendimentos dispersos por áreas como os estudos culturais, a sociologia da sexualidade humana, antropologia social, psicologia, educação, filosofia, artes, entre outras.

História da Teoria do Gênero

A teoria queer teve origem nos Estados Unidos em meados da década de 1980 a partir das áreas de estudos gay, lésbicos e feministas, tendo alcançado notoriedade a partir de fins do século passado. Fortemente influenciada pela obra de Michel Foucault, a teoria queer aprofunda as críticas feministas à ideia de que o gênero é parte essencial do ser individual e as investigações de estudos gays/lésbicos sobre o constructo social relativo à natureza dos actos sexuais e das identidades de gênero. Enquanto os estudos gays/lésbicos se centravam na análise das classificações de “natural” ou “contra-natural” em relação aos comportamentos homossexuais, a teoria queer expande o âmbito da análise para abranger todos os tipos de actividade sexual e de identidade classificados como “normativos” ou “desviantes”.

Criador da Teoria do Gênero – Michel Foucault

Foi um filósofo, historiador das ideias, teórico social, filólogo, crítico literário e professor da cátedra História dos Sistemas do Pensamento, no célebre Collège de France, de 1970 até 1984 (ano da sua morte). Suas teorias abordam a relação entre poder e conhecimento e como eles são usados ​​como uma forma de controle social por meio de instituições sociais.

Vídeo sobre o criador da teoria:

Consequências – Teoria do Gênero

Normalmente, os críticos da teoria estão preocupados com o fato de que a abordagem obscurece ou destaca completamente as condições materiais que sustentam o discurso. Tim Edwards argumenta que a teoria queer extrapola muito amplamente da análise textual ao realizar um exame do social.

Regra – Teoria do Gênero

A teoria diz que constituem um corpus grande e variado de empreendimentos dispersos por áreas como os estudos culturais, a sociologia da sexualidade humana, antropologia social, psicologia, educação, filosofia, artes, entre outras.

Teoria do Gênero no Cotidiano

A teoria do Gênero é usada em nosso dia a dia, ainda mais hoje que em nosso cotidiano que a grande quantidade de paradigmas em relação ao preconceito de gênero, podendo mudar esse contexto.

2 Filmes sobre a Teoria do Gênero

Billy Elliot (2000)

Sinopse do filme – Billy Elliot (2000)

O pai de Billy o envia para a academia para aprender boxe, mas Billy não gosta do esporte. Certo dia, vê por acidente uma aula de balé que estava acontecendo no ginásio, enquanto seu estúdio estava temporariamente sendo usado como uma cozinha de sopa para os mineiros em greve . Sem o conhecimento de Jackie , Billy inicia a aula de balé . Quando Jackie descobre isso, ele proíbe Billy de retornar para o ballet. Mas , apaixonado pela dança, Billy continua secretamente a participar das aulas, contando com a ajuda de sua professora de dança Sandra Wilkinson (Julie Walters).

O Sorriso de Monalisa (2003)

Sinopse do filme – O Sorriso de Monalisa (2003)

Recria a atmosfera e os costumes do início da década de 1950. Conta a história de Katherine Watson, uma professora de história da arte que, educada na liberal Universidade de Berkeley, na Califórnia, enfrenta uma escola feminina, tradicionalista – Wellesley College, onde as melhores e mais brilhantes jovens mulheres dos Estados Unidos recebem uma dispendiosa educação para se transformarem em cultas esposas e responsáveis mães. No filme, a professora irá tentar abrir a mente de suas alunas para um pensamento liberal, enfrentando a administração da escola e as próprias garotas. O maior desafio para essa professora será fazer com que suas alunas assumam sua identidade cultural como ser social e histórico. Esse filme nos traz a visão mais ampla de novos conhecimentos.

Teoria do Gênero em sala de aula

A teoria pode usada em sala de aula de diversas maneiras para fazer com que alunos sejam o mais correto possível em relação ao assunto. Como tentar eliminar o preconceito em relação a escolha sexual, para que os alunos tenham mais amor ao próximo, para que possam entender a teoria na prática. Com algumas atividades, dinâmicas, brincadeiras na sala de aula, pesquisas em livros antigos.

2 Vídeos no youtube falando sobre a Teoria do Gênero

Vídeo 1 sobre a Teoria do Gênero

Vídeo 2 sobre a Teoria do Gênero

FIM

Bom pessoal, aqui foi mais um post sobre teoria, hoje falamos sobre Teoria do Gênero, mostrando seus princípios. Obrigado por pesquisar sobre Teoria do Gênero, se você gostou compartilhe.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.