Tipos de Discurso: direto ou indireto?

0
267
Tipos de Discurso: direto ou indireto? 5

Em todos os textos encontramos os vários tipos de discurso. Os discursos ajudam a transmitir uma mensagem aquele que lê.

Tipos de Discurso

Nos textos narrativos,conhecemos a história por meio do  narrador e  a partir dele: ações das personagens, ideias, opiniões e sentimentos.

A forma como a voz das personagens é introduzida na voz do narrador é chamada de discurso.

A narrativa vai assumir um carácter dinâmico ou não, dependendo do discurso deixando-o mais ou menos interessante, natural.

Na língua portuguesa já três tipos de discurso e de introdução das falas na narrativa: o discurso direto, o discurso indireto e o discurso indireto livre.

Tipos de Discurso: Discurso direto

O discurso direto é  o mais comum dos tipos de discurso. O narrador faz uso do discurso direto para que as personagens se exprimam livremente.

É característico do discurso direto transcrever de forma exata as falas das personagens, sem a participação do narrador.

Exemplos de discurso direto:

Mariana perguntou:

– O que posso fazer para ajudar?

Descartes afirmou: “Penso, logo existo.”

Verificamos no exemplo que o discurso direto é, geralmente, introduzido por verbos de elocução para anunciar o discurso.

Os verbos de elocução podem ser: dizer, perguntar, responder, comentar, falar, observar, retrucar, replicar, exclamar, aconselhar, gritar, murmurar, entre outros.

A seguir a estes verbos aparecem os dois pontos, havendo mudança de linha para o início da voz da personagem.

Inicia-se a frase geralmente com travessão, para indicar o começo da frase do personagem.

 Além do travessão, o discurso direto pode ser também colocado entre aspas, indicando assim uma citação ou transcrição.

Tipos de Discurso: Discurso indireto

As falas, no discurso indireto, são apresentadas pelo narrador, pois ele é o responsável por transcrever a fala.

No entanto, o discurso indireto, o narrador consegue utilizando suas próprias palavras para reproduzir a essência das falas das personagens, bem como suas reações e personalidade.

Assim, o discurso indireto é sempre feito na 3.ª pessoa, nunca na 1.ª pessoa.

Exemplos de discurso indireto:

Mariana perguntou o que podia fazer para ajudar.

Descartes afirmou que pensava, logo existia.

O discurso indireto é, também, introduzido por verbos de elocução que anunciam o discurso.

Depois dos verbos aparecem conjunções que marcam a separação da fala do narrador da fala da personagem, como as conjunções que e se.

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio:

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Segundo anúncio:

O grande sonho da maior parte dos docentes é passar em um concurso, e sem dúvidas a maior dificuldade está em entender a prova e aprender a estudar para o certame. Por isso, sendo eu concursado e tendo passado por isso, quero indicar um curso que realmente faz a diferença:

Centro do ConcurseiroClique aqui para fazer o curso do Pietro Frazon e conquiste sua vaga.

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminha o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

Tipos de Discurso: Discurso indireto livre

 

O discurso indireto livre é dinâmico, visto as falas das personagens se encontrarem inseridas dentro do discurso do narrador.

Exemplo de discurso indireto livre:

Então Paula corria, corria o mais que podia para tentar resolver a situação. Logo a mim, logo a mim isso tinha que acontecer! Ela não sabia se conseguiria chegar a tempo e resolver aquela confusão. Tomara que eu consiga!

O discurso indireto livre não é introduzido por verbos de elocução, nem sinais de pontuação ou conjunções, sendo assim difícil delimitar o início e o fim do discurso.

Confunde-se, por vezes, com o discurso do narrador, que é onisciente de todas as falas e sentimentos das personagens.

Podemos também verificar que as falas das personagens são narradas na 1.ª pessoa enquanto o discurso do narrador se encontra na 3.ª pessoa narrativa.

Tipos de Discurso: do discurso direto para discurso indireto

Para acontecer a mudança do discurso direto para o discurso indireto, muda-se as pessoas do discurso, os tempos verbais, a pontuação das frases os advérbios e adjuntos adverbiais.

  1. Mudança das pessoas do discurso: Toda a narrativa que se encontre na 1.ª pessoa no discurso direto passa para a 3.ª pessoa no discurso indireto, incluindo nessa mudança não só o verbo, mas também todos os pronomes que aparecem na frase, como os pronomes eu, nós e meu, que passam para ele/ela, eles/elas e seu no discurso indireto.
  2. Mudança de tempos verbais nos tempos do indicativo: O presente no discurso direto passa para pretérito imperfeito no discurso indireto, o pretérito perfeito no discurso direto passa para pretérito mais-que-perfeito no discurso indireto e o futuro do presente no discurso direto passa para futuro do pretérito no discurso indireto.
  3. Mudança de tempos verbais nos tempos do subjuntivo: O presente e o futuro no discurso direto passam para pretérito imperfeito no discurso indireto.
  4. Mudança de tempos verbais no imperativo: O imperativo no discurso direto passa para pretérito imperfeito do subjuntivo no discurso indireto.
  5. Mudança na pontuação das frases: Frases interrogativas, exclamativas e imperativas no discurso direto passam para frases declarativas no discurso indireto.
  6. Mudança nas noções temporais: As noções temporais como ontem, hojee amanhã no discurso direto passam para no dia anterior, naquele dia e no dia seguinte no discurso indireto.

Mudança nas noções espaciais: As noções espaciais como aqui, aí, este e isto no discurso direto passam para ali, lá, aquele e aquilo no discurso indireto.

Tipos de Discurso: Atividade

  1. Transforme o texto abaixo em um discurso indireto.

Esta casa é a única coisa que eu tenho, respondeu o pobre homem.

  1. Passe para o discurso indireto:

a)  “Os alunos estão interessados na competição doMangahigh”, disse a professora ao coordenador.

b)  “Como você conseguiu ficar assim?” – perguntou Claudinei.

  1. “A fúria de Alexandre chegara ao auge, e ele disse que arrombaria a porta, que jamais o prenderiam ali.” (A ARMADILHA, Murilo Rubião).

4. Assinalar a opção que indica a melhor alteração do discurso indireto do texto em direto:

  1. a) – Arrombarei a porta, jamais me prenderão aqui.
  2. b) – Arrombaria a porta, jamais me prenderiam aqui.
  3. c) – Arrombarei a porta se me prenderem aqui.

Respostas: 

  1. O pobre respondeu que aquela casa era a única coisa que ele tinha.
  2. a) A professora disse ao coordenador que os alunos estavam interessados na competição do Mangahigh.
  3. b) Claudinei perguntou como ele tinha conseguido (ou como ele conseguira)  ficar daquele jeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.