in

Vídeo: Paul Verlaine – Arieta

Olá! Eu publiquei o vídeo: Paul Verlaine – Arieta no meu canal do youtube e gostaria muito que você me desse seu feedback!

Vídeo: Paul Verlaine – Arieta

6º Poema da série “Uma poesia por dia”, narrada por Felipo Bellini. Desta vez o poema trabalhado é o poema do Paul Verlaine, Arieta, que foi traduzido pelo Guilherme de Almeida.

Arieta
Chora o meu coração
Como chove na rua;
Que lânguida emoção
Me invade o coração?

Ó frio murmúrio
Nas telhas e no chão!
Para um coração vazio,
Ó aquele murmúrio

Chora não sei que mal
Meu coração cansado.
Um desengano? — Qual!
É sem causa este mal

É a maior dor — dói tanto –
Não se saber por que,
Sem ódio ou amor, no entando,
O coração dói tanto.

Paul Verlaine
(tradução de Guilherme de Almeida)

Link do canal

No meu canal do youtube eu publico vídeos diários sobre educação:

Os assuntos que tratei neste vídeo são: Sem ódio ou amor,no entando,Paul Verlaine,Arieta,Paul,Verlaine,Poemas Falado,Poema Declamado,Poesia,Coração,Dor,Guilherme de Almeida

O que me fez desenvolver o canal com vídeos de educação?

Criei o meu canal em 2011, mas somente em 2018 passei a publicar com determinada seriedade. Posto vídeos diários, centrados principalmente na vivência educacional e na relação professor-aluno, pois acredito que este tipo de diálogo é o que faz a diferença no a dia a dia do educador, da família, da escola e do desenvolvimento cognitivo e afetivo dos alunos, sejam eles adultos ou crianças.

Vídeo: Cecília Meireles - Motivo

Vídeo: Cecília Meireles – Motivo

Vídeo: Paulo Bonfim - Soneto I -- de Transfiguração

Vídeo: Paulo Bonfim – Soneto I — de Transfiguração