Bracketing e HDR – Capítulo 19

Nesse capítulo vamos mostrar o que significa os termos “Bracketing e HDR” de uma forma bem direta e simples de entender.

Se você gosta de fotografar por hobby ou é um profissional, com certeza já ouviu falar ou já usou algum deles. O Bracketing e HDR são técnicas antigas mas que funcionam muito bem até hoje.

 O que significa Bracketing e HDR ?

 O Bracketing vem da língua inglesa que significa variação. Esta é uma técnica em que para cada foto tirada, mesmo sendo do mesmo objeto, lugar ou pessoa usa configurações diferentes.

O bracketing é muito usado em momentos em que é difícil obter o efeito pretendido em uma única foto. São vários os modelos de bracketing, sendo o mais conhecido e usado, o bracketing de exposição, que cria fotos HDR.

Bracketing e HDR
Bracketing e HDR

HDR é a abreviatura de High Dynamic Range, do Inglês, significa Alta Gama Dinâmica. Resumindo, a gama dinâmica é a capacidade da câmera de distinguir detalhes na cena entre áreas claras e escuras.

HDR também vem do inglês “High Dynamic Range” e significa Alta Gama Dinâmica. Essa gama dinâmica é habilidade da câmera de conseguir diferenciar particularidades na cena entre as regiões mais claras e as mais escuras.

Se você já fotografou o céu com arvores próximas, percebeu que quando você fotometrou no céu, ele ficou ótimo e bem nítido mas as árvores ficaram escuras, já se fotometrou nas árvores, o céu acabou ficando com cores distorcidas e sem mostrar muitos detalhes.

É completamente impossível preencher as áreas mais escuras com flash. Mesmo que seja um flash externo muito poderoso em potência total, a luz que ele emite não alcançará a distância das árvores.

Como ter melhores fotos usando Bracketing e HDR

Para tirar fotos de paisagens,geralmente usa-se uma lente grande angular e fica longe do ponto focal, ou seja, no exemplo citado, podemos dizer que as árvores poderiam estar a pelo menos 100 metros de distância da máquina fotográfica.

A esta distância, mesmo o flash mais potente não poderia fazer a menor diferença na iluminação da cena, especialmente em grandes lugares durante o dia.

Mas não se preocupe! existe solução para isso e o melhor é que da para resolver isso sem precisar comprar uma câmera mais avançada. Depois que te ensinarmos, você não terá mais desculpas para desistir da foto ou continuar tirando fotos sem qualidade.

Uma foto em HDR geralmente é composta por 3 fotos da mesma cena: uma normalmente exposta, a outra subexposta e a outra superexposta.

Ao usar essas três fotos da mesma cena com exposições diferentes, a câmera pode capturar a luz ideal, portanto, após a fusão em uma, todos os detalhes podem ser vistos.

crepusculo ferris noite ceu beira mar 1232 4013
Bracketing e HDR

Ao realizar HDR combinando 3 fotos, os valores de subexposição e superexposição estão geralmente na faixa de 0,3 EV a 2 EV.

Usar apenas 3 fotos por exposição e usar uma diferença de mais de 2 EV significa que os detalhes são perdidos no resultado final.

Mesmo que nenhuma das fotos esteja bem exposta, e você nem consiga ver os detalhes em toda a cena, se combiná-las em uma só, o resultado final fica harmônico.

Para gerar fotos HDR, precisamos do programa Photomatix. Ele é quem vai conduzir toda essa transformação.

Algumas câmeras têm uma função de bracketing de exposição embutida, geralmente abreviada com as letras BKT. Se sua câmera não tiver esta função, use a compensação de exposição no modo manual (M) para alterar a exposição para cada fotografia.

Você também pode alterar manualmente a exposição de acordo com suas preferências, mas certifique-se de alterar apenas a velocidade do obturador para cada foto.

Mudar a exposição através da abertura ou ISO mudará a profundidade de campo e a taxa de ruído, respectivamente.

Essas alterações podem distorcer o resultado final, por isso não é recomendado. Para evitar a mudança do quadro toda vez que você fotografar, é altamente recomendável usar um tripé muito estável.

smartphone no tripe capturando seascape nascer do sol conceito de fotografia ou videografia movel 134216 99
Bracketing e HDR

Evite objetos que podem se mover entre as fotos. Por exemplo, as folhas tendem a balançar muito com ventos fortes. Se as folhas estiverem em um lugar em uma foto e em outro lugar na próxima foto, o desempenho final pode ter um efeito anormal.

Photomatix tem uma função que pode corrigir parcialmente este efeito, mas não pode resolver exatamente tudo. Movimentos muito repentinos não conseguem ser revisados.

Como usar o Autobrackentig de forma manual na câmera?

Basta ajustar o fotômetro para fotos subexpostas e superexpostas. No modo de velocidade ou prioridade de abertura, o controle de compensação de exposição (ícone +/-) fará as alterações necessárias. No entanto, algumas câmeras DSLR fornecem autobracketing de forma automática, em vez de fotografar imagem por imagem como antes era feito.

O bracketing possui ajustes?

Sim, ele possui. Os dois principais ajustes são a abertura do diafragma e a velocidade do obturador. Ambos afetam a quantidade de luz que entra na lente e atinge o sensor da câmera. A abertura do diafragma é uma característica da lente, mas é ajustada no corpo da câmera DSLR mais recente.

O que é o HDR na televisão?

É um recurso que melhora a imagem da televisão

Espero que tenha gostado de entender mais sobre Bracketing e HDR. Para ver mais assuntos relacionados, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

A Arte da Fotografia
Um site voltado para área de fotografia.
Este é um site do grupo B20