Conteúdo ocultar
1 20 Plantas Ornamentais – Etapa 4

20 Plantas Ornamentais – Etapa 4

Como sabemos as plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças.

Sendo um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas Ornamentais”, que podem ajudar as pessoas em seus problemas de saúde chegando até a curar algumas doenças que as pessoas enfrentam.

Essa é a lista 4 de plantas ornamentais que mostra diversas especies que estão presentes em nosso dia a dia e as pessoas simplesmente não percebem, essas plantas decoram jardins, calçadas e outros mais.

Plantas Ornamentais – Etapa 4

Planta ornamental são plantas cultivada por sua beleza. São muito usadas na arquitetura de interiores e no paisagismo de espaços externos.

Projeto sem título 10

As pessoas comentam indícios de que, desde os primórdios da humanidade, algumas espécies, como o lírio-branco, eram cultivadas para esse fim, também os ipes que são muito tradicionais no Brasil..

Farinha-seca – Plantas Ornamentais

A farinha-seca é uma árvore semidecídua, monóica, florífera, que apresenta tronco e copa ornamentais. Nativa da América do Sul, ela é encontrada em diversos estados brasileiros, desde o Rio Grande do Sul até o Pará, com menor incidência no nordeste do país. Seu tronco é cilíndrico, com cerca de 40 a 80 cm de diâmetro, e com fuste relativamente alto, que alcança 12 metros de altura. Atinge de 10 a 20 metros altura, contudo alguns indíviduos podem alcançar até 35 metros. A casca é espessa, pulvurulenta e amarelada, o que lhe é bastante característico e provavelmente lhe rendeu o curioso nome de farinha-seca. Suas folhas são bipinadas, alternas, com numerosos folíolos elípticos, brilhantes e de cor verde-escura.

A copa é esparsa, aplanada e tem o formato de “V”. Floresce na primavera e verão, despontando inflorescências do tipo panícula terminal, com numerosos capítulos densamente recobertos pelos estames, de cor branca. O fruto que se segue é uma vagem achatada, deiscente e pardacenta. Elas contém sementes ovaladas, duras, pequenas e castanhas. O conjunto elegante formado pela copa, ramagem e tronco da farinha-seca a tornam uma árvore bastante decorativa, ideal para grandes espaços, como parques e jardins amplos. Quando florida é um espetáculo à parte e torna-se muito atrativa para abelhas e outros insetos polinizadores. Ameaçada de extinção, esta árvore nativa também é considerada pioneira e de sucessão primária, sendo importante incluí-la em programas de reflorestamento e recuperação ambiental.

Farinha-seca – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Albizia niopoides
  • Sinonímia: Albizia hasslerii, Pithecellobium hassleri, Pithecolobium niopoides, Pithecolobium caribaeum, Albizia richardiana, Senegalia liebmannii, Senegalia guacamayo
  • Nomes Populares:Farinha-seca, Frando-assado, Angico-branco, Mulateira, Angico-pururuca, Canela-de-corvo, Coxa-de-frango, Farinha-seca-de-mico, Manga-do-mato, Pé-de-frango, Gurujuba
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Trindade e Tobago, Venezuela
  • Altura: 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros
  • Luminosidade:
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Farinha-seca

Apesar de suas qualidades ornamentais e ecológicas, ainda é pouco utilizada em projetos paisagísticos.

Vídeo sobre Farinha-seca:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=clYSJMKAk6M

Eritrina-verde-amarela – Plantas Ornamentais

A eritrina-verde-amarela é uma árvore espetacular, devido principalmente ao colorido de suas folhas. Seu porte não é muito grande, atingindo de 8 a 12 metros de altura. As folhas têm a forma de losango, um tanto ovaladas, e a coloração verde, com manchas amarelas recobrindo as nervuras. As inflorescências, contém numerosas flores vermelhas, como as flores das outras espécies do gênero Erythrina, e são ricas em néctar, muito visitadas por beija-flores. Sua madeira é leve e de baixa durabilidade.

Esta eritrina é caducifolia e também é excelente fixadora de nitrogênio, tornando-se assim uma leguminosa importante nos locais onde é inserida. Sua utilização paisagística é ampla e em franca expansão. Pode ser utilizada em grupos, mas sua beleza destaca-se mesmo quando plantada isolada em gramados bem cuidados, onde sua bela copa centraliza as atenções no jardim. Além disso é uma planta muito rústica, de baixa manutenção, o que a torna adequada para a arborização urbana, como parques e jardins públicos.

Eritrina-verde-amarela – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Erythrina variegata
  • Nomes Populares: Eritrina-verde-amarela, Brasileirinho, Eritrina, Eritrina-bicolor, Eritrina-variegada
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Austrália, Filipinas, Índia, Malásia, Oceania
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Eritrina-verde-amarela

É indicada apenas para regiões tropicais e subtropicais. Multiplica-se principalmente por estaquia.

Vídeo sobre Eritrina-verde-amarela:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=eNMbiCtoqvQ

Ipê-roxo – Plantas Ornamentais

É comum a confusão entre as diversas espécies de ipê-roxo ou ipê-rosa, por este motivo e por razões práticas reuniremos informações comuns às espécies mais utilizadas na arborização urbana. O ipê-roxo é uma árvore decídua, característica das florestas semidecídua e pluvial.

Ocorre tanto no interior da floresta primária densa, como nas formações abertas e secundárias. Ele apresenta folhas compostas e palmadas, com 5 folíolos que caem no inverno dando lugar a floração. As flores em forma de trombeta são numerosas, de coloração rósea ou arroxeada, de acordo com a espécie e despontam em volumosas inflorescências. A floração inicia-se no fim do inverno e no início da primavera. A frutificação posterior produz vagens de 25 cm verdes e lisas, que se abrem liberando as sementes aladas.

Ipê-roxo – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Tabebuia impetiginosa
  • Nomes Populares: Ipê-roxo, Cabroe, Casquinho, Ipê, Ipê-de-flor-roxa, Ipê-mirim, Ipê-preto, Ipê-rosa, Ipê-roxo-da-mata, Ipê-tabaco, Ipê-una, Ipê-uva-roxa, Ipeúva-roxa, Pau-d’arco, Pau-d’arco-roxo, Peúva, Peúva-roxa
  • Família: Bignoniaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Ipê-roxo

O ipê-roxo é uma ótima árvore ornamental para arborização urbana.

Vídeo sobre Ipê-roxo:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=yUmz48bzAbk

Lilás – Plantas Ornamentais

O lilás é um arbusto lenhoso e decíduo, cultivado no mundo todo por suas flores bonitas e muito perfumadas. Seu porte é grande, alcançando de 3 a 7 metros de altura, sendo considerado por vezes uma arvoreta. O caule é ramificado, com casca marrom-acinzentada e lisa nos exemplares jovens ou sulcada e descamante nos mais velhos. Das raízes de exemplares adultos podem surgir brotações à distância, formando pequenos bosques ao longo de muitos anos.

As folhas são simples, opostas, ovais a cordiformes e de cor verde. As inflorescências surgem na primavera e são do tipo panícula, muito vistosas, com numerosas flores de fragrância única, de cor lilás ou branca, de acordo com a variedade. O fruto é seco e do tipo cápsula, com duas sementes aladas.

Lilás – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Syringa vulgaris
  • Nomes Populares: Lilás, Lilás-comum
  • Família: Oleaceae
  • Categoria: Arbustos, Árvores, Árvores Ornamentais, Cercas Vivas
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, Europa
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Lilás

É usada apenas para ornamentar parques ou fazendas.

Vídeo sobre Lilás:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=LkoCyZGFMAY

Mulungu – Plantas Ornamentais

O mulungu é uma árvore largamente utilizada no paisagismo urbano. Suas folhas são compostas, trifolioladas com folíolos glabros, de coloração verde levemente acinzentado. As flores são vermelhas na superfície e rosadas na face inferior. É considerada uma florífera decídua, isto é, perde as folhas durante a floração.

Os frutos são do tipo legume (vagem). Não é uma árvore muito alta atingindo de 6 a 10 metros de altura. Com espessura de cerca de 50 cm, seu tronco é tortuoso e bonito, além de útil: sua madeira tem muitas aplicações. A floração ocorre de setembro a dezembro. É a árvore símbolo da Argentina.

Mulungu – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Erythrina crista-galli
  • Nomes Populares: Mulungu, Corticeira, Corticeira-do-banhado, Crista-de-galo, Flor-de-coral, Samauveiro, sananduva, Seibo, Suinã
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais, Plantas Aquáticas, Plantas Palustres
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Mulungu

Uma ótima árvore ornamental para arborização urbana.

Vídeo sobre Mulungu:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=znhPhTGVWDw

Jasmim-manga – Plantas Ornamentais

O jasmim-manga é uma árvore encantadora, seu aspecto exótico e suas flores perfumadas envolvem a todos. Seus caule e ramos são bastante robustos e apresentam uma seiva leitosa e tóxica se ingerida. As folhas são grandes, largas e brilhantes e caem no outono-inverno.

A floração inicia-se no fim do inverno e permanece pela primavera, com a sucessiva formação de flores de diversas cores e nuances entre o branco, o amarelo, o rosa, o salmão e o vinho. Está disponível no mercado uma forma variegada da planta. Devem ser cultivadas à pleno sol, em solo fértil, leve e bem drenado. Não é tolerante ao frio e às geadas. Pode ser cultivada isolada ou em grupos, em amplos espaços, preferencialmente longe de dormitórios devido ao forte perfume. Multiplica-se por estaquia.

Jasmim-manga – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Plumeria rubra
  • Nomes Populares: Jasmim-manga, Árvore-pagode, Frangipane, Jasmim-de-caiena, Jasmim-de-são-josé, Jasmim-do-pará, Plumélia
  • Família: Apocynaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais, Plantas Tóxicas
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Jasmim-manga

É uma planta que serve para vários remédios.

Vídeo sobre Jasmim-manga:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=oUCBX9tBdFM

Murta-de-cheiro – Plantas Ornamentais

A murta-de-cheiro é um arbusto grande ou arvoreta, que pode alcançar até 7 metros de altura. Muito utilizada para a formação de cercas-vivas, a murta-de-cheiro apresenta ramagem lenhosa e bastante ramificada. Suas folhas são pinadas, com 3 a 7 folíolos pequenos, elípticos, glabros, perenes, brilhantes e de coloração verde-escura. Durante todo o ano produz inflorescências terminais, com flores de coloração branca ou branca-creme, com perfume que lembra jasmim e flor-de-laranjeira.

Os frutos são do tipo baga, oblongos, carnosos, pequenos, de coloração vermelha a alaranjada e são muito atrativos para os pássaros. Adequada para cercas vivas formais ou informais, ela apresenta rápido crescimento quando jovem, que vai decrescendo com a idade, reduzindo sua manutenção. Para a formação de cercas vivas, plante as mudas distanciadas em um metro umas das outras. Também é adequada para a arte do bonsai, devido às folhas pequenas e floração decorativa.

Murta-de-cheiro – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Murraya paniculata
  • Nomes Populares: Murta-de-cheiro, Dama-da-noite, Jasmim-laranja, Murta, Murta-da-índia, Murta-dos-jardins
  • Família: Rutaceae
  • Categoria: Arbustos, Árvores, Árvores Ornamentais, Cercas Vivas
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia, Malásia
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Murta-de-cheiro

Na antiguidade, os ramos floridos de murta-de-cheiro eram usados para confeccionar arranjos que adornavam os cabelos das noivas.

Vídeo sobre Murta-de-cheiro:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=YEPjRtZDkUs

Mamona – Plantas Ornamentais

A mamona é um arbusto ou arvoreta de textura semi-lenhosa, tropical, perene, conhecida por suas qualidades de aplicações na indústria química e na de biodiesel, mas que também apresenta folhagem, flores e frutos bastante ornamentais. O caule é único, ereto e lenhoso em sua base, ramificando antes do final do primeiro ano de crescimento. Suas folhas são brilhantes, alternas, palmadas, profundamente lobadas, com margens dentadas e sustentadas por longos e fortes pecíolos.

Na forma típica da espécie, elas surgem com tonalidades avermelhadas que gradualmente vão atingido a cor verde clara ou verde-escura. As flores surgem em inflorescências terminais do tipo panícula. As flores femininas são geralmente na cor verde, ou de tonalidades avermelhadas, sem pétalas. As flores masculinas são amarelo esverdeadas, com estames na cor creme. Os frutos que se formam são cápsulas globosas, com três sementes cada, recobertas de espinhos e podem ser verdes ou avermelhadas, de acordo com a cultivar. As cápsulas secas se dividem em três partes, expondo e liberando as sementes.

Mamona – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Ricinus communis
  • Sinonímia: Ricinus digitatus, Ricinus hybridus, Ricinus leucocarpus
  • Nomes Populares:Mamona, Carrapateiro, Carrapato, Castor, Palma-de-cristo, Rícino, Mamoneira, Tortago
  • Família: Euphorbiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Árvores, Árvores Ornamentais, Plantas Daninhas, Plantas Hortícolas, Plantas Tóxicas
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: África, Ásia, Europa, Índia
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Mamona

As sementes da mamona encerram um óleo bastante viscoso e fácil de solubilizar em álcool, de forma que ele é um ingrediente ideal para a produção de biodiesel. Este óleo, tem também diversas e valiosas aplicações na indústria química. Elas contém ainda uma poderosa toxina, a ricina, que é mortal mesmo em pequenas doses.

Vídeo sobre Mamona:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=If2wYfyOd-Y

Dedaleiro – Plantas Ornamentais

O dedaleiro é uma árvore decídua, de pequeno a médio porte, originária do cerrado brasileiro e do Paraguai, sendo encontrada espontaneamente nos estados da Bahia, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Mato Grosso e Distrito Federal. Seu tronco alcança de 30 a 60 cm de diâmetro, é ramificado e possui casca acinzentada. Sua madeira é de excelente qualidade, muito durável, comumente utilizada na fabricação de cabos para ferramentas, moirões e na construção civil.

As folhas são simples, glabras, coriáceas, oblongas, com nervuras bem definidas e podem ser sésseis ou pecioladas. As inflorescências, em rácemos terminais, surgem da primavera e verão, despontando flores vistosas, grandes, com pétalas brancas e franjadas, longos estames e cálice verde, com margens pregueadas. Os frutos são cápsulas lenhosas, deiscentes, bronzeadas, e seu formato lembra um dedal. As sementes são membranáceas e numerosas.

Dedaleiro – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico:Lafoensia pacari
  • Sinonímia: Lafoensia sessilifolia
  • Nomes Populares:Dedaleiro, Mangava-brava, Louro-da-serra, Mangaba-brava, Copinho, Dedal, Pacuri , Copinho-dedal , Bicho-de-pau , Pacari, Candeia-de-caju, Mangabeira-brava
  • Família: Lythraceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil, Paraguai
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Dedaleiro

É bastante utilizado na arborização urbana de diversos municípios do Paraná. Seu plantio também é recomendado na recuperação de áreas degradadas e na recomposição de mata ciliar.

Vídeo sobre Dedaleiro:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=5FFwQqbuLo4

Jacarandá-mimoso – Plantas Ornamentais

É uma árvore maravilhosa para a arborização urbana, caracterizada pela rusticidade, floração decorativa e crescimento rápido. Pode ser utilizada na ornamentação de ruas, calçadas, praças e parques, pois suas raízes não são agressivas.

É largamente utilizada no paisagismo, adornando pátios e jardins residenciais ou públicos, filtrando moderadamente a luz do sol. Muitos países utilizam o jacarandá-mimoso na arborização de grandes cidades, entre estes podemos citar a Argentina, Brasil, África do Sul, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Itália, Espanha e México, entre outros.

Jacarandá-mimoso – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Jacaranda mimosifolia
  • Nomes Populares: Jacarandá-mimoso, Carobaguaçu, Jacarandá
  • Família: Bignoniaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Argentina
  • Altura: acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Jacarandá-mimoso

Sua madeira é de excelente qualidade e apresenta cor rosada muito apreciada. Ela é empregada, por exemplo, na indústria moveleira, pisos laminados e em aplicações no interior de automóveis de luxo.

Vídeo sobre Jacarandá-mimoso:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=fx5Md6yX6Ag

Flamboyant – Plantas Ornamentais

O flamboyant é considerado uma das árvores mais belas do mundo, devido ao colorido intenso de suas flores. Frondosa, ela possui tronco forte e um pouco retorcido, podendo alcançar cerca de 12 metros de altura. Sua copa é muito ampla, em forma de guarda-chuva, e pode ser mais larga do que a própria altura da árvore. As folhas são bipinadas (recompostas) formadas por 10 a 15 pares de folíolos, cada um dos quais contém 12-20 pares de folíolos oblongos e sésseis.

As inflorescências, em rácemos, surgem quando a árvore perde as folhas e são compostas por flores grandes, vermelhas ou alaranjadas. Cada flor apresenta cálice com 5 sépalas e corola de 5 pétalas, com longos estames. Os frutos são do tipo vagem, planos, lenhosos e grandes, com cerca de 45 cm de comprimento, e ficam marrons quando maduros. A floração ocorre na primavera e verão. Ocorre ainda uma variedade de flamboyant chamada “Flavida”, que possui as flores completamente amarelas.

Flamboyant – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Delonix regia
  • Nomes Populares: Flamboyant, Acácia-rubra, Árvore-flamejante, Flamboiant, Flor-do-paraíso, Pau-rosa
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Madagascar
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Flamboyant

Sua beleza se destaca quando plantada isolada ou em pequenos grupos em áreas extensas, como parques, praças e jardins extensos de residências, indústrias e sítios.

Vídeo sobre Flamboyant:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=D6cVUtRFK4U

Tulipeira – Plantas Ornamentais

A tulipeira é uma árvore de crescimento rápido e efeito muito ornamental. Seu porte é médio, podendo atingir 24 metros. Na África, seu local de origem, pode-se observar exemplares com até 30 metros de altura. O tronco apresenta um diâmetro de 30 a 50 cm, a madeira é clara e mole e a casca fina e suberosa. As folhas são grandes, opostas e são compostas por numerosos folíolos (4 a 19) alongados e oval-lanceolados.

A primeira floração ocorre quando a árvore apresenta apenas 3 a 4 anos. As flores são vermelho-alaranjadas ou amarelas, de acordo com a variedade e surgem de inflorescências terminais, com botões numerosos que abrem-se sucessivamente, garantindo uma longa floração. O período de floração varia com a localidade onde a planta se encontra. Os frutos se assemelham a vagens e contém numerosas sementes aladas, que se dispersam com o vento.

Tulipeira – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Spathodea campanulata
  • Nomes Populares: Tulipeira, Árvore-de-bisnagas, Árvore-de-tulipas, Bisnagueira, Espatódea, Tulipeira-africana, Tulipeiro-africano
  • Família: Bignoniaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África
  • Altura: 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Tulipeira

Sua beleza é evidenciada quando plantada isolada em extensos gramados bem cuidados.

Vídeo sobre Tulipeira:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=IibXOCC8zp4

Cássia-rosa – Plantas Ornamentais

A cássia-rosa é uma árvore decídua e florífera, bastante utilizada na arborização urbana pela sua beleza, rápido crescimento e rusticidade. O porte é considerado médio a grande, sendo que os maiores indivíduos alcançam 30 metros de altura, porém na média não passam dos 20 metros. O tronco pode ser único ou múltiplo, é tortuoso, curto (cerca de 8 metros de altura), cilíndrico e pode chegar a um diâmetro de 100 cm. A casca é de cor marrom, fissurada e com textura áspera, apresentando pouca descamação.

A copa é ampla, com cerca de 8 metros de diâmetro e uma distribuição irregular dos ramos. As folhas são compostas, paripinadas, com 8 a 20 pares de folíolos oblongos e pilosos, que caem em sua maioria no período seco ou inverno. A floração ocorre entre Agosto e Novembro, com a árvore ainda quase que totalmente despida de folhas. As inflorescências são axilares, do tipo rácemo, com flores róseas-amareladas, hermafroditas e muito vistosas.

Cássia-rosa – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Cassia grandis
  • Sinonímia: Bactyrilobium grande, Bactyrilobium molle, Cassia brasiliana, Cassia brasiliensis, Cassia mollis, Cassia pachycarpa, Cathartocarpus brasilianus, Cathartocarpus erubescens, Cathartocarpus grandis
  • Nomes Populares: Cássia-rosa, Marimari, Cássia-grande, Acácia, Canafístula, Cana-fístula, Fedegoso, Marizeiro, Mata-pasto, Cássia, Canafístula-grande, Jeneúna, Marimari-grande, Marimari-preto, Marimari-sarro, Marimarirana
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Semi-árido, Tropical
  • Origem: América Central, América do Sul, Antilhas, Brasil
  • Altura: 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Cássia-rosa

No paisagismo, a cássia-rosa é ideal para grandes espaços, como parques, praças, sítios, etc.

Vídeo sobre Cássia-rosa:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=f1T2_2Ti6KE

Avelós – Plantas Ornamentais

O avelós é um arbusto ou arvoreta, lenhoso, de seiva tóxica e aspecto único e decorativo. Seu caule é ereto e ramificado, de textura suculenta quando jovem, mas que vai lignificando aos poucos. Os ramos são cilíndricos e verdes, verticilados e desempenham o papel da fotossíntese da planta. Eles são geralmente verdes, mas sob sol forte adquirem belas tonalidades alaranjadas e avermelhadas.

As folhas são esparsas e até mesmo ausentes, diminutas, alternas, fugazes e surgem nas extremidades dos ramos jovens. Inflorescências em cimas terminais, formando rácemos apertados de ciátios subsésseis. As flores ou ciátios são terminais, pequenos e de pouca importância ornamental. No paisagismo o avelós é uma escolha excelente para jardins de inspiração desértica ou rochosos. Ele serve como “pano-de-fundo” para outras espécies de suculentas e cactáceas, de formas e cores mais chamativas.

Avelós – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Euphorbia tirucalli
  • Sinonímia: Euphorbia rhipsaloides, Euphorbia viminalis, Arthrothamus tirucalli
  • Nomes Populares: Avelós, Pau-pelado, Coroa-de-cristo, Cachorro-pelado, Árvore-lápis, Graveto-do-diabo, Aveloz, Árvore-de-são-sebastião, Almeidinha, Árvore-do-coral-de-são-sebastião, Árvore-do-lápis, Cassoneira, Cega-olho, Coral-de-são-sebastião, Coral-verde, Dedinho, Dedo-de-diabo, Dente-de-cão, Espinho-de-Cristo, Espinho-de-judeu, Espinho-italiano, Labirinto, Mata-verrugas, Pinheirinho, Pau-liso, Pau-sobre-pau
  • Família: Euphorbiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Árvores, Árvores Ornamentais, Cactos e Suculentas, Cercas Vivas, Folhagens, Medicinal, Plantas Daninhas, Plantas Tóxicas
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Semi-árido, Subtropical, Tropical
  • Origem: África
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Avelós

Ele serve como “pano-de-fundo” para outras espécies de suculentas e cactáceas, de formas e cores mais chamativas.

Vídeo sobre Avelós:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=VoQIQaMBd_c

Sapucaia – Plantas Ornamentais

A Sapucaia é uma árvore decídua, muito ornamental e frutífera, caracterizada pela copa densa que muda de cor e pelos frutos curiosos repletos de saborosas castanhas. Sua altura geralmente é de 5 a 15 metros, mas pode atingir 50 metros na floresta. Suas folhas são elípticas, verdes, glabras, acuminadas, alternas, com margens onduladas e serrilhadas. No inverno perde as folhas, que rebrotam na primavera, concomitante à floração, formando um belo espetáculo com sua cor rosa chocolate.

As flores são delicadas, belas, de cor branco-violáceas e com numerosos estames. O fruto é do tipo pixídio, duro, pesado, seco e deiscente, de forma esférica a alongada, com textura lenhosa e uma tampa que se abre quando maduro, liberando as sementes grandes e comestíveis. A maturação do fruto leva de 10 a 12 meses e atrai a fauna silvestre, principalmente ávidos macacos e morcegos, seus principais dispersores.

Sapucaia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Lecythis pisonis
  • Nomes Populares: Sapucaia, Cabeça-de-macaco, Caçamba-do-mato, Castanha-de-sapucaia, Castanha-sapucaia, Cumbuca-de-macaco, Fruta-sapucaia, Jacapucaia, Marmita-de-macaco, Sapucaia-vermelha
  • Família: Lecythidaceae
  • Categoria: Árvores Frutíferas, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Sapucaia

Suas doces e deliciosas castanhas são mais um motivo para plantá-la em jardins residenciais, corporativos, sítios e parques. Elas substituem com vantagens a castanha-do-pará in natura ou em receitas.

Vídeo sobre Sapucaia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=R4h0KKqRmZE

Aroeira-mansa – Plantas Ornamentais

A aroeira-mansa é uma árvore de pequeno a médio porte, capaz de alcançar de 5 a 9 metros de altura. Seu caule é um pouco tortuoso e a casca escura e fissurada. As folhas são imparipinadas, com 8 a 12 centímetros de comprimento e 7 a 13 folíolos verdes, elípticos a obovados, com nervuras claras. A aroeira-mansa é dióica, isto é, há árvores fêmeas e árvores machos. As flores são pequenas, branco-esverdeadas, dispostas em inflorescências axilares e terminais do tipo rácemo, e são muito atrativas para abelhas.

A aroeira-mansa é uma árvore bastante interessante para arborização urbana. Seu porte médio e a frutificação ornamental, aliados à rusticidade da planta, fazem com que ela seja uma excelente escolha para o paisagismo, prestando-se como arvoreta e cerca-viva.

Aroeira-mansa – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Schinus terebinthifolius
  • Nomes Populares: Aroeira-mansa, Aguaraíba, Aroeira do-sertão, Aroeira-brasileira, Aroeira-da-praia, Aroeira-do-brejo, Aroeira-do-paraná, Aroeira-pimenteira, Aroeira-vermelha, Bálsamo, Cabuí, Cambuí, Corneíba, Fruto-de-sabiá, Pimenta-rosa
  • Família: Anacardiaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais, Ervas Condimentares, Medicinal
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Argentina, Brasil, Paraguai
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Aroeira-mansa

A aroeira-mansa é uma árvore bastante interessante para arborização urbana. Seu porte médio e a frutificação ornamental, aliados à rusticidade da planta, fazem com que ela seja uma excelente escolha para o paisagismo, prestando-se como arvoreta e cerca-viva.

Vídeo sobre Aroeira-mansa:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=4M5pE0lV6e0

Albizia – Plantas Ornamentais

A albizia é um arbusto ou arvoreta de rápido crescimento, florífera e de fragrância muito delicada. As flores apresentam uma textura de seda, parecendo um monte de pelinhos róseos e brancos, com formato de pompom. Sua floração ocorre na primavera e verão. Quando envelhecem se tornam suscetíveis a algumas doenças, sendo que a duração útil da albizia é de 10 a 20 anos.

Mas felizmente elas podem crescem até 0,9 metros por ano ou mais, recompensando o replantio. Por ter uma copa arejada, não prejudica o gramado, deixando passar a luz do sol. É necessário sol pleno para seu pleno desenvolvimento e regas regulares para um melhor crescimento e florescimento. Tolerante ao sombreamento parcial e a estiagem não muito prolongada. Multiplica-se por sementes que devem ser escarificadas para uma germinação satisfatória.

Albizia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Albizia julibrissin
  • Nomes Populares: Albizia, Albízia, Mimosa
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Arbustos, Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Continental, Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Ásia, Austrália, Oceania
  • Altura: 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Albizia

Não se conhece benefício da planta.

Vídeo sobre Albizia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=XO0Pt_i1AaY

Coreutéria – Plantas Ornamentais

A coreutéria é uma árvore decídua e ornamental, originária da China, Japão e Coréia. Seu porte é considerado pequeno a média, atingindo de 6 a 17 metros de altura e cerca de 6 metros de diâmetro de copa. A copa é ampla, com forma de cúpula ou arredondada, de acordo com a variedade. A casca do tronco é marrom-acinzentada, e torna-se enrugado e sulcado com a idade. As folhas são pinadas ou binipinadas, com folíolos elípticos, acuminados, de margens serrilhadas. Elas inicialmente são verdes, mas adquirem a cor amarela, no outono, antes de cair.

A floração ocorre no verão e outono, despontando longas inflorescências do tipo panícula, carregadas de pequenas flores hermafroditas, tetrâmeras e amarelas. Os frutos que se seguem são cápsulas papiráceas, alongadas, infladas e verdes, que gradativamente adquirem uma cor rosada a marrom, de acordo com a maturação, e contém numerosas sementes esféricas, pequenas e negras. Os frutos persistem por longo período na árvore, e são muito ornamentais.

Coreutéria – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Koelreuteria paniculata
  • Sinonímia: Sapindus chinensis, Koelreuteria elegans
  • Nomes Populares: Coreutéria, Coelreutéria, Árvore-da-chuva-dourada, Quereutéria, Saboeiro
  • Família: Sapindaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Japão
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Coreutéria

A coreutéria é uma excelente escolha para o uso paisagístico, principalmente na arborização urbana.

Vídeo sobre Coreutéria:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=0b_GMSRFeuk

Fim do poste sobre as plantas Ornamentais

Então estamos chegando ao film de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com “plantas ornamentais – etapa 4”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20