Dungeons and Dragons

Nesse artigo, iremos conhecer o primeiro e mais famoso jogo de RPG: o Dungeons and Dragons. Falaremos de sua história, dos livros, e como ele é referência na cultura popular mundial.

Dungeons and Dragons

O Dungeons and Dragons é um RPG de fantasia inspirado nas obras de literatura fantástica de autores como J. R. R. Tolkien e Jack Vance. Criado como uma evolução de jogos de miniatura de guerra (conhecidos como wargames), o Dungeons and Dragons foi publicado pela primeira vez em 1974.

dungeons-and-dragons-1024x1024-3167828-8458393

História do Dungeons and Dragons

Gary Gygax e Dave Anerson eram grandes amigos que nutriam uma paixão em comum: jogos de miniaturas de guerra e jogos de tabuleiro. Ao querer dar vida a personagens de um jogo chamado Chainmail (criado por Gary Gygax e Jeff Perren), Gygax e Anerson não sabia que criariam um jogo que inspiraria centenas de outros jogos, pela cativante ideia de contar histórias focadas em personagens que desafiavam perigos em calabouços (dungeons em inglês) e enfrentando dragões (dragons em inglês). A partir daí, estava criado o Dungeons and Dragons.

dd_box1st-5146678-2294875
Primeiro box de Dungeons and Dragons de 1974 (Foto da TSR Inc., 1974 – All Rights Reserved)

Depois dessa primeira edição de 1974, o Dungeons and Dragons não deixou de ser produzido, e vários suplementos em sequencia foram lançados, todos pela Tactical Studies Rules Inc (TSR), que foi fundada logo depois do lançamento do primeiro D&D (apelidado pelos fãs de Old D&D ou OD&D). Em 1977, o RPG se partia em dois jogos, o Dungeons and Dragons (DnD ou D&D) que eram caixas com o sistema mais simples, voltado para novatos ou curiosos, e uma versão mais pesada, com mais regras e livros mais completos, no qual foram chamados de Advanced Dungeons and Dragons (ADnD ou AD&D).

O AD&D teve ainda uma segunda edição lançada em 1989, enquanto em 1991, o D&D sofreu uma revisão, e foi lançado em um livro completo, chamado Rules Cyclopedia.

A TSR foi comprada pela Wizards of The Coast em 1997, que continua lançando livros e dando suporte para o AD&D, e o D&D foi sendo deixado de lado. Finalmente, em 2000, A linha D&D e AD&D chega ao fim, e é lançado a 3ª Edição do Dungeons and Dragon, com um modelo de sistema revolucionário, e um plano de negócio fantástico: liberando as regras em em um documento que editoras poderiam produzir conteúdo para os livros básicos. Esse documento seria chamado de SRD, ou System Reference Document, e seria a base para o OGL, ou Open Game License.

Em 2008, logo depois que a Hasbro adquire a Wizards, é reformulada uma nova edição, com base em um sistema que integrava também futuros jogos de boardgames, computador, e RPG, com uma linguagem para a nova geração de jogadores que estavam migrando dos jogos virtuais para os de mesa. Essa edição não agradou os velhos fãs, e a recepção da 4ª edição do Dungeons and Dragons não foi bem sucedida, mesmo assim, muitos livros ainda foram lançados.

Dungeons and Dragons hoje

Em 2014, a Hasbro via sua subsidiária Wizards, depois de alguns anos testando um novo sistema que agradasse os fãs, com muitos playtests e ajustes, lança a nova edição de Dungeons and Dragons. A quinta edição conquistou novos fãs e trouxe de volta os fãs antigos, pela simplicidade das regras e a pegada das velhas edições. Logo, Dungeons and Dragons estava novamente presente na maioria das mesas de RPG do mundo.

Como jogar Dungeons and Dragons

Antes de começar, pedimos para ver nosso artigo de Como jogar RPG de Mesa, para se preparar para jogar este famoso RPG.

A edição atual de Dungeons and Dragons é bem simples de jogar, não possui regras complicadas, e em poucos minutos jogadores poderão preparar suas fichas de personagem e podem começar a jogar. Para o mestre, cabe ler os livros básicos, que sempre compreendem em 3 livros:

Player’s Handbook – Livro do Jogador

O Livro do Jogador possui as principais regras para se jogar, desde a criação de personagens a resolução de ações. É o livro mais consultado pelos jogadores e mestres, pois possui todas as resolutivas de ações.

Dungeon Master’s Guide – Livro do Mestre

O Livro do Mestre é focado em regras de criação de cenários e resolução de ações mais complexas que são abordadas brevemente no Livro do Jogador. Sempre traz dicas de como narrar cenas, resolver dilemas dentro do jogo, e é um livro de inspiração para o jogador que assume o papel de mestre (dungeon master como é conhecido no jogo).

Monster Manual – Livro dos Monstros

Um livro proibido para jogadores, e de acesso exclusivo para mestres. Nele possui as fichas dos antagonistas e monstros que o mestre usará para desafiar os personagens dos jogadores.

dungeons-and-dragons-galapagos-9293749-2977104

Jogabilidade do Dungeons and Dragons

Todos as edições de Dungeons and Dragons consistem em jogar um dado para alcançar um número de desafio, e batendo ou passando esse número, é considerado sucesso. Se a jogada do dado for inferior ao número proposto, é considerado uma falha.

Este RPG usa um conjunto de dados especiais (chamado kit de dados). Se quiser saber sobre diferentes kit de dados, acesse esse artigo aqui. Para jogar você precisará de um conjunto com dados de diferentes faces, onde o número corresponde a face e o “d” corresponde a dado: d4, d6, d8, d10, d12, d20.

O principal dado é o dado de 20 faces, ou d20, que é lançado para resolver conflitos dentro do jogo. O mestre é responsável por elaborar cenas e conflitos, e ele que julga se ao lançar dados e somar modificadores (presentes nas fichas dos jogadores) se a ação foi um sucesso ou falha.

Dungeons and Dragons no Brasil

Este RPG já passou por diversas editora que traduzem em vendem aqui no Brasil. Atualmente, a marca no Brasil pertencem Galápagos Jogos, que está lançando não só os livros básicos, como aventuras e suplementos tão esperados ainda em 2019. A Galápagos finalmente foi escolhida pela Wizards após uma polêmica que envolveu outras duas editoras que estavam a frente do projeto, e tiveram problemas contratuais e jurídicos. Depois de quase dois anos de expectativas, tardiamente o D&D volta para o Brasil.

Fim do texto – Dungeons and Dragons

Obrigado por ter lido até aqui. Espero ter gostado do nosso artigo sobre Dungeons and Dragons. Salve o maisrpg.com em seus favoritos, assine nossas redes sociais e não deixe de compartilhar esse artigo com seus amigos.

Comments (16)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20