Planta Manacá-da-serra

A planta manacá-da-serra é conhecida também por “árvore que dá flor de três cores”, isso porque ela tem flores de três cores: As flores nascem brancas, depois ficam num tom rosado e morrem roxas, essa variação de cores é em somente um galho, por isso chama tanto a atenção.

É uma planta de pequeno a médio porte e por ser tão bonita é muito difícil alguém passar por ela sem notar. Quando são colocadas em jardins, dão um enorme destaque e deixam-o com um ar mais bonito e agradável, todos quando a notam, se encantam.

Manacá-da-serra
Manacá-da-serra

Como cultivar a manacá-da-serra?

É uma planta que gosta de sol pleno e também de uma parte de terra vegetal, uma parte de composto orgânico e uma partes de areia, de preferência ligeiramente ácido, para ficar mais próximo do solo das encostas e restingas de onde ela é nativa. Outro cuidado muito essencial para que ela cresça e se mantenha bem bonita é regar com frequência, principalmente nas épocas do ano em que as temperaturas são mais altas.

No caso de ser plantada em vaso, o cuidado deve ser maior. A frequência de rega deve ser aumentada, principalmente quando a planta estiver mais desenvolvida. A adubação segue o mesmo princípio da rega, quanto maior a planta, maior a freqüência. O recomendado é que a adubação aconteça a cada 15 dias conforme a dosagem do fabricante. Um fator que nem todo mundo sabe, é que é importante escolher o adubo com N-P-K, pois possui muito mais micronutrientes.

Como a manacá-da-serra floresce?

Ela floresce entre os meses de novembro a fevereiro, no mês de março surgem pequenos frutos duros, parecidos com coquinhos, que portam sementes finas como grãos de areia. A germinação através de sementes é mais complicada, então para ter mais praticidade prefira a propagação por estacas ou compre logo uma muda, que é muito fácil de ser encontrada em casas de jardinagem.

Curiosidades sobre a manacá-da-serra:

 Manacá da Serra é uma das plantas mais comercializadas no Brasil, isso porque além de ser linda e ser a única de sua espécie a ter flores de três cores (branca, azul e roxa), ela tem um tamanho ótimo para ser colocada em vários lugares e é muito fácil de ser encontrada. Ela também é  fácil de cuidar, por isso ninguém tem medo de levá-la para casa e ela morrer depois, que nem acontece com outras plantinhas que exigem um cuidado mais dedicado.

Planta manacá-da-serra
Manacá-da-serra

O Manacá da Serra é muito usado em projetos paisagísticos residenciais e urbanos, isso porque suas raízes não são agressivas, o que permite o seu plantio em jardins, vasos, praças e calçadas. Ou seja, ela fica bonita e se adapta em todos os cantos.

O Manacá-da-serra (Tibouchina mutabilis) é uma árvore originária do Brasil, é uma Angiosperma e pertence à família Melastomataceae, ao gênero da quaresmeira (Tibouchina granulosa) e da orelha-de-onça (Tibouchina holosericea).

Essa árvore muito presente na vida dos brasileiros é pioneira da Mata Atlântica brasileira, muito característica da encosta úmida da Serra do Mar e da floresta atlântica dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Ocorre muito dela está presente em matas secundárias, onde chega a ser a espécie dominante. Outro lugar que é possível encontrá-la são em restingas em todo o litoral de São Paulo, e na floresta ombrófila de sudeste do mesmo estado.

Planta manacá-da-serra
Manacá-da-serra

Por que ter um manacá-da-serra em sua vida?

. Na calçada, o manacá-da-serra deixa a rua mais colorida de uma forma especial e traz um visual único para a sua fachada. Se forem plantadas várias delas juntas, o rosa intenso vai iluminar a paisagem, deixando um ambiente bem alegre ou embelezando mais ainda seu quintal. Mesmo estando perto de outras espécies de flores, isso não a “apaga”, pelo contrário, deixa tudo ainda mais bonito.

Os brotinhos também tem seu charme particular, tudo nessa planta é de se apreciar. Se o seu jardim for pequeno ainda não é desculpa para não tê-la em sua casa, pois existe o manacá-da-serra anão.

Por quais outros nomes o manacá-da-serra é conhecido?

O Manacá da Serra também é conhecido pelos nomes de Cuiperúna, Jacatirão e Manacá-da-Serra-Anão. 

Por que algumas vezes as folhas das plantas ficam amareladas ?

Isso significa que elas estão doentes e pode ser por vários fatores, entre eles: deficiência de nutrientes, ataques de pragas, rega em excesso, falta de água, problemas de insolação…

Como podar a manacá-da-serra da melhor maneira?

A manacá-da-serra pode ser podada para deixar na altura que a pessoa preferir. O recomendado é fazer a poda sempre após a floração e deixar sempre algumas folhas para a árvore continuar sobrevivendo, para ter uma melhor experiência use uma tesoura bem afiada e em seguida utilize calda bordalesa para a cicatrização e para evitar a propagação de fungos.

Qual o maior tamanho que a manacá-da-serra pode atingir?

Apesar de ser uma árvore de pequeno e médio porte, ela consegue atingir até 12 metros de altura e o diâmetro de seu tronco, 30 centímetros.

Se gostou de nosso conteúdo sobre os cuidados e curiosidades dessa bela planta ornamental, continue em nosso site e veja mais posts para te ajudar a manter seu jardim cada vez mais bonito. Clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20