Resenha | Batman : A Piada mortal

Uma obra do Grande Alan Moore, Batman a Piada Mortal, lançada em 2011 aqui no Brasil.
Uma historia do Morcego de Gotham, ou para outros Cavaleiro das Trevas, porém tem seu foco no temido arqui-inimigo, o Coringa, palhaço do crime.

A historia começa com o Homem-morcego indo ao Asilo Arkham (‘’Lar’’ dos Super-Vilões de Gotham), Batman tem uma breve conversa com o Coringa em sua cela, cujo qual estava escondido entre as sombras, o herói percebe que aquele não é o verdadeiro palhaço do crime e então começa a sua busca pelo maníaco nas ruas de Gotham.

Na visão do Coringa, ele começa aos poucos seu plano mais diabólico já feito, primeiramente pegando um antigo parque de diversões para si mesmo, envenenando o vendedor com o ‘’Soro do riso’’ que deixa o individuo com o veneno totalmente louco e com um riso estampado na face, a historia retrata também o passado do Coringa que muitas pessoas aceitam dizer que é o verdadeiro, estes Flashbacks são colocados como estilo ‘’Noir’’ preto e branco com determinados objetos coloridos.

Obviamente que além do passado do Coringa ser um ponto interessante da historia, temos a busca do Batman pelo seu maior inimigo, além de que o palhaço do crime passa realmente dos limites com seus atos inimagináveis desde Tortura básica ate Estupro, e o final é algo que te deixa muito pensativo do porque o subconsciente do palhaço do crime ser tão perturbador e da relação ‘’intima’’ do Coringa e do Batman.

Visualmente os traços do desenho do artista Brian Rolland são muito bem trabalhados, traz a essência de um ambiente sombrio e bem mórbido, e o modo que é desenrolado a historia te prende, fazendo assim ler com muita vontade para saber o que vai acontecer na próxima pagina, particularmente é uma das minhas historias do Cavaleiro das trevas preferidas.

Alan Moore é conhecido por fazer obras incríveis como V de Vingança e Watchmen e é o Criado do John Constantine. de fato é um Roteirista de quadrinho magnifico, concordo que muitas pessoas não gostam do modo que Moore cria as historias e seus conceitos, para quem é apaixonado por Batman eu recomendo com muita satisfação essa Graphic Novel, já para quem é neutro neste aspectos ainda vale a pena pois realmente te prende a atenção, principalmente pela capa do Coringa tirando uma foto, já como eu disse agora pouco para quem não gosta do Moore ou não curte um gênero de historia em quadrinhos pesado deve passar bem longe desta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20