Tag: RPG

Banjo kazooie como rpg de turnos bits

Banjo-Kazooie como RPG de turnos 16 bits

Embora não tenhamos trabalhos inéditos com Banjo-Kazooie, a rede está cada vez mais provando que eles não foram esquecidos. Além dos movimentos realizados pela própria Rare usando seu personagem para aumentar a conscientização sobre o coronavírus, um fã também decidiu mostrar como os dois se apresentavam em um RPG baseado em turnos.

Banjo-kazooie como rpg de turnos 16 bits
Banjo-Kazooie

O vídeo que você pode ver acima é fornecido pelo artista Jon Davies, que compartilhou o desempenho de ursos e pássaros no jogo de RPG baseado em turnos de Super Mario RPG em seu perfil do Twitter: Legend of the Seven Stars Para um estilo gráfico ligeiramente pixelado.

O Banjo-Kazooie

Banjo-Kazooie foi originalmente lançado no Nintendo 64 em 1998.

banjo-kazooie-1024x511-4333647-8751130
Banjo-Kazooie

Nele, seguimos os papéis Banjo e Kazooie que enfrentam a bruxa Gruntilda. Gruntilda fez o possível para roubar a beleza da irmã de Banjo, Tooty.

Este jogo foi bem recebido e alcançou grande sucesso, e ainda hoje seus fãs estão ansiosos por outros trabalhos. Mas quanto tempo temos que esperar? A propósito, o último lançamento da franquia foi em 2015 para o Xbox One. De qualquer forma, para saber mais sobre as novidades sobre jogos antigos e novos e sobre os rumores e criações de artistas estrangeiros, veja mais notícias em Combo infinito Falando no jogo que estamos esperando, você acha que vai demorar https://masterra.com/ mais tempo? Os rumores sempre nos fazem esperar, mas nunca aparecem. Afinal, mesmo sabendo que seu sucesso está chegando, por que alguns títulos nunca são lançados?

Qual as plataformas que o game esta disponível ?

 Nintendo e xbox

Quando foi seu lançamento ?

Pro nintendo 64 foi 29 de junho de 1998, já pro xbox foi 3 de Dezembro de 2008.u003cbru003e

Quem são seus escritores ?

u003cbru003eSteve Mayles e Ed Bryan

Gostou da matéria?

Se curtiu compartilhe nas redes sociais e visite nosso site para mais post como esse.

Conheca o mod pixelmon que tranforma o minecraft no rpg pokemon

Conheça o mod Pixelmon, que tranforma o Minecraft no RPG Pókemon

Esta é uma modificação não oficial do jogo, feita por fãs, e constantemente atualizada, incluindo a oitava geração de “Pokemon”.

pixelmon-1024x530-6881296-4271831
Pixelmon

O Pixelmon também possui duas variantes mais recentes, Pixelmon Reforged e Pixelmon Generations.

O que preciso para jogar Pixelmon?

Use o iniciador para escolher facilmente a versão do jogo:

O Pixelmon pode ser executado no Minecraft versão 1.12.2 e não pode ser executado em nenhuma outra versão; portanto, escolha a versão correta ao iniciar o jogo. Ensinaremos como acessar esse mod usando o iniciador não oficial do Minecraft, mas ele pode ser conectado a uma conta oficial da Mojang. Este é o TLauncher e pode ser baixado aqui.

Basta criar uma conta TLauncher e você pode usar o Minecraft (formal ou informal) já instalado no seu computador. Caso contrário, o TLauncher fará o download da versão não oficial do Mojang. Como o Pixelmon é um módulo criado por fãs, nenhuma verificação de licença é necessária, mas lembre-se de que se você quiser evitar a pirataria, poderá comprar o Minecraft corretamente clicando aqui.

Passo a passo para transformar seu Minecraft em Pixelmon

Baixe uma das versões de Pixelmon:

Pixelmon Reforged

Pixelmon Generations

Agora coloque o arquivo .jar baixado neste diretório: AppData > Roaming> .minecraft > Mods

passo-a-passo-1024x598-3617303-9707722
As três pastas no diretório Minecraft para adicionar mods, mapas e pacotes de textura.

Se a pasta “mods” não estiver lá, você pode criar ou simplesmente abrir o minecraft que ela será criada automaticamente.

Use o Plugin “Forge” em Mods

Após o download do TLauncher, existem opções de arquivo de configuração e a versão do jogo para rodar no canto inferior esquerdo.

use-o-plug-2983450-8052320
Forge 1.12.2

Existem versões puras, apenas números, Forge, ForgeOptfine e todas as versões têm o ícone “TL” na frente. Este ícone indica que esta versão suporta o uso de skins do TLauncher, que pode ser colocado no perfil do usuário no site oficial do TL. Para executar o Pixelmon, é necessário escolher a versão do Forge 1.12.2, se o OptFine está ou não instalado (para tornar o Minecraft mais leve) e com ou sem o ícone TL.Em qualquer caso, apenas o Forge pode executar o mod.

Por dentro do game

Seu jogo deve começar a carregar todos os mods colocados na pasta e abrir o Pixelmon. O jogo agora tem funções diferentes. Por padrão, não aparecem mais monstros, e não há ameaça para o jogador, exceto por danos causados ​​por quedas. Somente os Pokémon nascem em todo o mundo, e a agenda e o bioma de todos dependem do seu Spawn. O Pokeball e outros itens do jogo são feitos de materiais clássicos, e novos materiais adicionados pelo mod também são usados. Todos os guias de recursos do Mod em inglês podem ser encontrados AQUI.

image-do-game-1024x578-1282492-8853641
Imagem do jogo

Você pode verificar os controles nas opções de menu do Minecraft ou personalizá-los. Você pode capturar Pokémon disparando bolas de Pokémon ou entrando na batalha primeiro para enfraquecê-las e tentar capturá-las nela. O sistema de luta é o mesmo do jogo “Pokemon”, também existem alguns estádios e cidades que podem aparecer aleatoriamente em todo o mundo. Treinadores, centros, comerciantes e outros NPCs e edifícios também aparecem aleatoriamente no mapa.

Quantos pokemons estão disponíveis no mod ?

Cerca de 800 deles.

Qual a melhor versão para colocar mod no minecraft ?

Seria bom utilizar a versão 1.7.10

O que é um mod ?

Como o próprio nome diz, mod é uma abreviação para modificação, ou seja, quando você coloca um mod no jogo você altera os códigos do próprio fazendo algo bem legal como jogo, no caso desse mod o minecraft fica com um tematica de pokemon, deixando ele bem parecido com o games de pokemon antigos.

Gostou da matéria?

Se curtiu compartilhe nas suas redes sociais e visite nosso site para mais post como esse.

Final fantasy 7 remake é um bom rpg

Final Fantasy 7 Remake é um bom RPG

Final Fantasy 7 foi lançado em 1997 e se tornou um marco na historia do games seja pela seu enredo que é incrível do incio até o fim ou pelos seus personagens muito bem desenvolvidos, então seria uma tarefa extremamente difícil fazer o remake sem errar em vários pontos ou sem desagradar os fãs, mas a Square Enix não teve medo e começou o projeto que foi apenas anunciado na conferencia da Sony na E3 de 2015, sendo lançado em 10 de abril de 2020.

A base de enredo do original permanece a mesma no Final Fantasy 7 Remake e representa o conflito do grupo ecoterrorista de Avalanche contra a grande corporação Shinra.

O maior vilão de “Final Fantasy 7 Remake” não está presente no jogo e é mais forte que Sephiroth, o monstro esperado. A criatura se alimentou dos desejos dos fãs por anos, e quanto maior, maior a chance de decepção. Afinal, o jogo original é um dos RPGs mais importantes da história, e a transformação em si tem fama lendária, na qual muitos acreditarão apenas quando jogarem. É irônico tornar a fantasia realidade e saber ainda mais que “Final Fantasy 7 Remake” é, sim, um bom jogo. Parece um milagre.

Final fantasy 7 remake é um bom rpg
Final Fantasy 7 remake

O primeiro milagre deste jogo é a reprodução, transformando as primeiras sete ou oito horas da versão original em uma aventura completa com duração de mais de 40 horas. Ou quase terminado, porque o jogo, é apenas a primeira parte do projeto de remake de “Final Fantasy 7”, e o restante ainda não foi datado. A suposição permanece a mesma e representa o conflito do grupo ecoterrorista das avalanches contra a grande corporação Shinra, que está usando os recursos do planeta em nome do progresso.

O tópico relacionado à proteção ambiental é reforçado ainda mais nesta versão. “Final Fantasy 7 Remake” é limitado ao que acontece no jogo Midgar no jogo original. Eventos inovadores já existem – desde a destruição do reator Mako até a invasão do edifício Shinra e a fuga da cidade.

A vantagem do remake é apenas re-imaginar esses eventos, apresentando-os de maneiras diferentes, e mesmo com finais inesperados, o que surpreenderá muitos fãs e também suscitará polêmica. Mesmo por causa dessas diferenças na história, mesmo que “Final Fantasy 7” tenha mais de 20 anos, os spoilers da história podem arruinar a experiência de quem interpretou o original. Esta revisão também inclui spoilers mínimos para o remake.

Uma das preocupações sobre a estréia era que isso acrescentaria muitas coisas estúpidas e insignificantes para prolongar as horas do jogo. Dos 18 capítulos em que a conversão é dividida, pelo menos dois deles cometem esse erro. Estes são episódios de “preenchimento” do anime. No geral, “Final Fantasy 7 Remake” é um jogo que tem seus altos e baixos, mas a boa notícia é que os desenvolvedores podem fazer bom uso de seu tempo para adicionar conteúdo que enriquece o RPG.

https://youtu.be/ERgrFVhL-n4
Final Fantasy VII Remake – Final Trailer

Sem entrar muito nos spoilers, mas para citar algo que ilustra isso muito bem: o papel mercenário do herói da Nuvem, que não foi usado no jogo original, agora é realmente estudado em missões paralelas.

A população que vive na cidade baixa de Midgar (as “Slums” ou “favelas” do original) deve se defender de criaturas selvagens e nada além de um mercenário para acabar com o perigo. Esse tipo de abordagem é o melhor para processar, porque usa recursos que não foram testados no original e que fazem sentido, não parecem forçados. Também nesses novos contextos, há momentos inesquecíveis que serão lembrados tanto quanto mais do que o jogo original. Remake também gasta muito tempo desenvolvendo personagens secundários, e com razão, porque o jogador quer fazer amizade com três membros adicionais do Avalanche – Jessie, Wedge e Biggs. Além deles, novas faces também são apresentadas.

Final fantasy 7 remake é um bom rpg
Final Fantasy 7

Alguns dos personagens não publicados tentam entender por que eles estão no jogo, como um vilão Roche, mas a maioria deles se encaixa muito bem e apenas torna este mundo mais interessante. Por exemplo, aventuras no mercado de paredes adquirem novas narrativas que são bem-vindas por causa dos novos personagens.

A luta foi o aspecto que me trouxe sentimentos mais contraditórios, amando e odiando várias qualidades nela. Se, por um lado, o híbrido entre ação rápida e estratégia é a decisão perfeita para refrescar as lutas, outros aspectos me frustraram ainda mais quando jogava. A câmera pode ser melhor? Ele podia. A opção de determinar o comportamento de outros membros do grupo seria apropriada quando eles não são controlados diretamente pelo jogador, evitando algumas dores de cabeça na luta contra os chefes mais avançados do jogo.

Ainda assim, é fácil encontrar os melhores sistemas de combate que a série já teve. Além do padrão de evolução das armas, o que deixará os entusiastas da estratégia em bons minutos no menu do jogo.

É o mesmo, porém diferente

Todo mundo gostaria de ter a experiência de tocar algo que novamente marcou suas vidas, mas não importa quantas vezes rejeitemos “Mario”, “Fallout” ou “Resident Evil”, nunca será o mesmo. Todo mundo gostaria de ter a experiência de tocar algo que novamente marcou suas vidas, mas não importa quantas vezes rejeitemos “Mario”, “Fallout” ou “Resident Evil”, nunca será o mesmo. Então imagine quando eles tentam jogar um dos jogos mais importantes, por exemplo, “Final Fantasy 7”. A menor hesitação seria arruinar. Somente essa transformação é um jogo de milagres, e se aproximar dela é outro deles.

Final Fantasy 7
Final Fantasy 7 original

O remake não tem a mesma experiência, é claro, mas parece que é a primeira vez que você interpreta um clássico. Isso se deve principalmente à construção do mundo do jogo, que utiliza tópicos e narrativas pouco estudadas no jogo original e que estavam apenas aguardando um trabalho melhor no remake. A própria cidade de Midgar é um exemplo claro disso. Quando um remake acontece lá, o conceito de metrópole dividida entre a cidade alta, rica e próspera e a cidade baixa, mais simples e periférica é ainda mais explorado.

“Se não fosse por esta plataforma, poderíamos ver o céu”, disse Barret no jogo original. Em “Final Fantasy 7 Remake”, tudo o que você precisa fazer é olhar para a cidade baixa e ver a grandiosidade das enormes plataformas suspensas que compõem a cidade alta em forma de pizza, divididas em setores e engolindo o céu. É fascinante e também aterrorizante.

Outro tópico, que é mais profundo e muito bom, são as consequências dos atos de Avalanche. Imediatamente após a primeira missão do jogo de destruir o reator, o jogo consiste em colocar o jogador nas ruas de entulho de Midgar, observando as crianças assustadas e feridas, mostrando também o peso da culpa dos heróis, porque suas ações causaram sérios danos adicionais.

Também há momentos estendidos e melhores quando o remake se destaca ao interpretar o trabalho original e proporcionar uma experiência mais completa e ainda mais relevante para hoje. Para muitos, a simples existência de “Final Fantasy 7 Remake” será admirável por anos de espera e fofocas.

O fato de não ser uma decepção será um alívio para os outros, principalmente porque a Square Enix estava brincando de felicidade e encontrou problemas de desenvolvimento, na medida em que o Cyberconnect2 (da série “Naruto: Ultimate Ninja Storm”) deixou a produção por não alcançar qualidade desejada. “Final Fantasy 7 Remake” existe, ainda incompleto, mas claramente não é uma decepção e muito pelo ao contrario, Final fantasy 7 remake é uma obra de arte e um ótimo RPG em termos de mecânica, construção do mundo e caráter. Um verdadeiro milagre Amém, Tetsuya Nomura.

Quando foi o lançamento do Final fantasy 7 ?

10 de abril de 2020.

Quem foi o diretor do game ?

Tetsuya Nomura

Preciso jogar os outros jogos da serie pra jogar o 7 ?

não pois cada final fantasy se passa em um mundo diferente, com personagens diferentes, ou seja, você pode jogar na ordem que você quiser.

Qual o motor gráfico usado no Final fantasy 7 ?

Foi utilizado a Unreal engine 4.

Jogue muito Final Fantasy 7 Remake nessa quarentena!

Compartilhe “Final Fantasy 7 Remake” com os amigos e visite nosso site para mais post como esse.

Background rpg

Background RPG

Saiba como fazer um histórico para seu personagem de RPG de mesa para que ele seja memorável tanto para você quanto para seus colegas na mesa. Conheça Background RPG.

background-rpg-1-1024x1024-4625248-6720583

Background RPG

Um dos maiores desafios para jogadores de RPG, seja ele novato ou veterano, é criar um background RPG.

Conceito: o que é um Background?

Para o Google, background significa:

background-rpg-6705607-1100316

O segundo conceito apresentado é o que mais utilizamos para o RPG, onde Background é traduzido como Histórico de Personagem.

Background e Personagem

Um Personagem de RPG é um “avatar” de um jogador dentro do RPG. Ele é criado conforme a ideia concebida por aquele jogador, que pode dar a ele características similares ao seu próprio “eu”, ou criar um personagem totalmente contrário a sua personalidade.

Esse personagem nasceu e cresceu no mundo fantástico criado pelo Mestre ou Narrador, e quando ele é “assumido” pelo jogador, ele precisa ter uma história para que a existência dele no mundo seja coesa.

A importância de um Background

A importância de um background pode varia de mesa para mesa de RPG, vai depender o qual será o foco no histórico do personagem, bem como a utilização desse background para o jogo.

Em aventuras curtas, um histórico breve e curto pode valer mais do que um histórico de várias páginas. Já em campanhas que têm a previsão de durar meses ou anos, um bom background transforma o personagem em um ser vivo e memorável na mente dos jogadores envolvidos no roleplay.

Converse com o seu mestre/narrador sobre a importância de um background para seu personagem na aventura/campanha dele.

Como criar um Background de Personagem de RPG

Aqui reunimos umas dicas importantes para que você construa um background memorável. Lembrando que você pode responder todos os tópicos brevemente com poucas frases e palavras, ou fazer cada tópico uma redação, mas o que importa é que seu background agrade a você e aou seu mestre/narrador.

Origem e Família

Todo ser vivo tem uma origem, seja um nascimento ou criação mágica, ou até a construção (no caso do personagem ser alguma máquina). E, com isso, possui alguma família, ou alguém que considere família.

Detalhar essa parte pode ser banal, mas a construção de caráter de qualquer pessoa, sendo ela imaginária ou não, descende da sua origem. Tente ser criativo com isso, ou simplesmente diga que veio de uma família “normal”, lembrando que em algum cenários, uma família dessas não deixaria seu filho ou filha sair pelo mundo arriscando a vida enfrentando monstros, né? Ou deixaria?

Como foi seu desenvolvimento

De sua infância até sua idade adulta, como você se interessou pela vida de aventuras? O que trouxe seu personagem para a situação que ele está agora, quando ele foi assumido por você?

Essa parte é um gancho para que você explique por que seu personagem é o que ele é agora, e pode ser usado pelo mestre/narrador como algo a ser trabalhado lá na frente da campanha/aventura.

Profissão, Estudos e Interesses

Descrever sua formação, onde estudou, e quais seus interesses e/ou religião (caso o cenário isso seja importante) amplia ainda mais o leque de informações que pode ajudar a interpretar o personagem.

Ambições e Planos para um Futuro

Se seu personagem não tem uma ambição ou algum plano para o futuro, ele é um personagem vago, e não será marcante na aventura.

Coloque ele procurando um objetivo, difícil ou impossível, para que ele passe toda a campanha procurando, seja um artefato ou conquistar seu próprio reino, e mesmo que ele consiga, procure por mais ambições e planos.

Personalidade, valores e vícios

Esse é o melhor tópico para fazer! Crie a personalidade do personagem, como manias, seu senso de valores, se tem alguma mania ou vício, algum mote ou frase de efeito, etc.

Você vai trabalhar nisso o jogo todo, mas ter um “norte” já ajuda ao seu personagem ser memorável.

Aparência e como os outros o enxergam

Essa é a última parte para fazer: descreva seu personagem fisicamente, com detalhes como jeito de andar ou cicatrizes. Não caia no simplismo de somente descrever gênero, altura e peso. Descreva também cabelo, olhos, cor de pele ou algo marcante.

É importante também descrever equipamentos, animais de estimação (se tiver), e símbolos (caso tenha). Se seu personagem pertencer a alguma raça que possua várias etnias, descreva-a.

game-4664475_1280-1024x682-9911760-1709538

Background RPG: o que fazer e o que não fazer

O background é um excelente instrumento narrativo e interpretativo, mas requer atenção para que não se transforme em uma dor de cabeça ou fonte de divergências. Abaixo vai algumas dicasas ddo que não fazer.

Não crie um background ofensivo

RPG é um jogo coletivo e colaborativo. Criar um background que ofenda jogadores não é legal. Nunca faça um background inspirado na história de vida de algum dos jogadores, ou que seja ofensivo com raça, gênero, religião, etnia e orientação sexual.

Background não é lei

Não use seu background como uma “constituição” para seu personagem ou para a aventura/campanha em si. Lembre-se que o background é um instrumento narrativo, e muita das vezes ele pode ser opcional e pode ser modificado tanto por você quando pelo mestre/narrador.

Bom senso ao criar

Converse com seu mestre/narrador como criar o background. Não faça um histórico sem pé nem cabeça, que não seja coeso com a aventura, e ainda deixe muitos ganchos no qual você sabe que possivelmente um mestre não usará.

Além disso, não use o background para direcionar rigidamente a sua narrativa. Isso pode até ser fácil e divertido no começo, mas pode ser uma dor de cabeça lá na frente.

O mestre/narrador tem a palavra final

O mestre/narrador tem todo o poder dentro da campanha/aventura que ele criar, e tem poder também nos backgrounds criados pelos jogadores. Ele pode até interferir e modificar o background criado.

E relembrando: a palavra final é dele.

RPG Background e a Narrativa do Jogo

O melhor background criado é aquele que o jogador se dedica a estudar o mundo e a campanha do mestre/jogador. Com esse estudo, ele consegue adicionar mais itens interpretativos e interessantes na narrativa.

Criar um background requer tempo e dedicação. Mesmo que seja somente umas poucas linhas até várias páginas, um background coeso e bem escrito incorpora mais vida ao personagem, fazendo-o ser memorável.

Alguns sistemas ensinam a fazer um background, como outros incorporam como regra e obrigação do jogo. Sendo obrigatório ou nao, divirta-se ao criar um background. Se está sendo chato construir um, então algo está errado.

Busque ler livros, revistas, assistir um filme. Com o tempo, a inspiração para um personagem memorável brota da sua mente.

E sempre procure se divertir.

still-life-851328_1280-1024x746-8845177-9655716
Amino rpg

Amino RPG

Saiba como interagir e jogar no aplicativo Amino, e como formar uma comunidade de Amino RPG.

amino-rpg-1024x1024-6733325-1148344

Amino RPG

Para começar a falar sobre o que é o Amino, temos que começar falando um pouco sobre RPG. É notório que esse tipo de jogo, desenvolvido em 1974, se tornou muito popular entre os jovens, e hoje é bem forte na cultura.

Tipos de RPG

Encontramos citações e jogos de RPG em diversas plataformas, desde o tradicional RPG de Mesa, Jogos Eletrônicos, e Jogos por Texto.

Existem vários sistemas para que seja jogado o RPG, que em sua essência é um jogo de interpretação de papeis, mas que com a evolução da tecnologia, se viu separado mais da parte do “jogar” e mais do interpretar. E é aí que temos os grupos de RPG de texto/voz que normalmente levam o jogo mais para o lado de assumir um personagens para interação de grupo do que o ato de jogar.

RPG como socializador

Com o pretexto de interagir com pessoas, mas sem se expor, ou simplesmente pelo ato de contar a história do seu personagem e interagir com outras histórias, grupos espalhados pela internet se reúnem para contar uma grande história, onde o contexto “jogar” é deixado de lado para que o conceito “interpretar um papel” seja mais importante para eles.

É nessa linha que surgem os RPG de Texto, e finalmente, aplicativos especializados em criar grupos de interação, que caem como uma luva para esse jogadores. E aí que o Amino RPG entra.

Amino RPG: centenas de comunidades, um só objetivo

Com o objetivo de unir o útil ao agradável, muitos jogadores de RPG, sejam eles veteranos das mesas ou eletrônicos, procuram salas de bate-papo na internet para usar de sua imaginação e simular personagens, enquanto outras pessoas também o fazem.

Aplicativos são usados para essa interação, e um deles é o Amino.

Amino: Comunidades e Chats

Disponível para aparelhos compatíveis com Android e iOS, Amino reúne pessoas com os mesmos interesses, para que compartilhem informação, façam interações, e até joguem juntos, É uma plataforma simples de manusear, e com milhões de inscritos.

image-7-5589466-6406794
Disponível no Play Store do Android nesse link.
image-8-6952950-9698792
Disponível na App Store do iOS nesse link

Como fazer um RPG Amino?

Se você já baixou o aplicativo, está familiarizado com as diversas ferramentas para interagir que o Amino lhe disponibiliza, e agora quer fazer um grupo, então crie seu grupo, mas aconselhamos seguir algumas regras para que seu jogo não traga maiores problemas.

Regras de Convivência

Como o Amino possui comunidades que qualquer um possa entrar se o interesse seja mútuo, além de respeitar as regras do próprio aplicativo, aconselhamos a seguir algumas regras de convivência para que o jogo de Amino RPG seja divertido para todos.

Bom Senso

Por ser uma comunidade aberta, não mande mensagens impróprias, com conteúdo erótico ou ofensivo.

Discernimento

Saiba diferenciar uma ação dentro do jogo (ON) de fora de jogo (OFF). Não arrume briga por coisas escritas para seu personagem, pois não foi direcionado para você, e sim para ele. Não leve para o pessoal um jogo.

Política doa Boa Vizinhança

Não faça brincadeiras de cunho: racista, machista/sexista, LGBTfóbico, que agrida religiões ou que envolva temas polêmicos como futebol ou política. Se sem perceber você fez uma dessas brincadeiras, peça desculás e diga que não repetirá.

O termo ON e OFF

Fique familiarizado com esse termo, pois você lerá muitas vezes. Quando uma ação está sendo tomada, é considerada ON e está dentro de jogo, agora quando isso não ocorre, é chamado de OFF.

Dentro do jogo no chat, alguns símbolos poderão ser usados para poder discernir, como o uso das aspas (” “) para definir parágrafos de narrativa, e hífen ( – ) para narrativa do personagem, como no exemplo:

“(nome do personagem) corre com toda a velocidade pelo corredor, sempre olhando para trás. Limpa o rosto logo depois que vira o corredor, esperando que não tenha sido visto.
– Espero que eles não tenham me visto – Fala para si mesmo, e depois, continua correndo”

image-9-5450802-9463263

Animo RPG: Considerações finais

Por ser uma forma de RPG no qual é possível uma maior imersão de personagem, principalmente com maior tempo de jogo do que um RPG de mesa, onde enquanto o RPG tradicional consome algumas horas, e o de Texto pode existir uma dedicação quase exclusiva de tempo, é possível que a interpessoalidade dos jogadores fique afetada.

Conhecido como bleeding (sangramento), quando o jogo fica tão intenso para o jogador, que ele se vê preso em sentimentos e emoções do personagem. Convivendo com aquele personagem o tempo todo, escrevendo, falando e pensando como ele pode ser nocivo para pessoas com sensibilidade ou psiquê frágil. É importante para todos identificarem quando estiver ocorrendo algum sangramento entre os jogadores, e para eles, a procura de ajuda é essencial.

E finalmente, como o RPG de mesa, o RPG de Texto tem que ser um hobby. Se afetar sua existência, suas emoções, ou até mesmo seu estilo de vida, ele deve ser evitado. O jogo deve ser divertido, se não está sendo, pare e reavalie.

Acampamento meio sangue rpg

Acampamento Meio Sangue RPG

Viva aventuras no mundo de Percy Jackson, e crie seu personagem no jogo Acampamento Meio Sangue RPG.

Acampamento Meio Sangue RPG

Se você entrou nesse artigo sem saber o que significa o Acampamento Meio Sangue, então possivelmente nunca ouviu falar de Percy Jackson e Os Olimpianos.

Nesse artigo vamos falar um pouco sobre os livros, e como você pode usar o Acampamento Meio-Sangue como

Percy Jackson e os Olimpianos

Série de livros escritos por Rick Riordan, conta a história de Percy, que até então era um jovem normal em uma família quase comum, mas que é surpreendido com a notícia que é filho de Poseidon, deus dos mares da mitologia grega, e se vê no meio de uma disputa que envolve deuses e titãs.

Riordan escreveu 5 livros narrando a jornada de Percy e seus amigos, no qual os dois primeiros livros foram até adaptados para o cinema, como vemos abaixo.

Os livros da serie Percy Jackson e os Olimpianos

Para poder jogar uma aventura no Acampamento Meio Sangue RPG, aconselho conhecer os livros. As aventuras de Percy, um semideus descendente de Poseidon, são retratadas em 5 livros:

O Ladrão de Raios

Nesse livro, Percy descobre que é um semideus ao mesmo tempo que é acusado de roubar o raio de Zeus. Esse livro foi adaptado para o cinema em 2010.

O Mar de Monstros

Nessa aventura, o Acampamento Meio Sangue está ameaçado, e só resgatando o Velocino de Ouro Percy conseguirá salvar o acampamento. Com isso, ele embarca em um mar repleto de desafios. Esse livro foi adaptado para o cinema em 2013.

A Maldição do Titã

Nesse livro, que não foi adaptado para o cinema, Percy atende a um chamado do seu amigo Grover, onde são encontrados dois novos semideuses com ascendência ainda desconhecida.

image-2-7348871-3850188
Imagem extraída do site RickRiordan.com.br

A Batalha do Labirinto

Penúltimo livro da série, Percy está no meio da batalha entre os deuses do Olimpo e os Titãs, liderados por Cronos. Para impedir que Cronos ataque o Acampamento Meio Sangue, Percy e seus amigos se aventuram no Labirinto de Dédalo.

image-3-7612316-3383583
Imagem extraída do site RickRiordan.com.br

O Último Olimpiano

Cronos avança sobre o Olimpo, e uma batalha de proporções épicas toma as ruas de Manhattan. Percy conseguirá junto com seus amigos do acampamento meio sangue vencer esse grande e desafio?

image-4-5403103-9366046
Imagem extraída do site RickRiordan.com.br

Acampamento Meio Sangue RPG: qual usar?

O Acampamento Meio Sangue RPG é usado em alguns sites como instrumento de interação usando RPG. Se você se sente confortável em jogar via mensagens de Texto com seus amigos, aconselhamos ver o artigo RPG de Texto aqui no Mais RPG.

Temos também dois RPG de mesa, um nacional e outro importado, que podem ser usados com maestria para criar um RPG no mundo de Percy Jackson.

Defensores de Tóquio 3ª Edição

Com regras simples e priorizando poderes de personagens, o 3D&T é perfeito para aventuras rápidas ou campanhas no cenário Acampamento Meio Sangue RPG.

Ele está na nossa lista de jogos de RPG gratuitos. Acessem aqui.

3dt-rpg-capa-1024x670-1143985-9333552
Disponível pela Jambô Editora

Scion

Lançado pela White Wolf e Onyx Path, esse RPG emulado nas regras de Storytelling (mesma de Vampiro – A Máscara), traz exatamente a premissa do cenário de Percy Jackson:

Os jogadores controlam personagens descendente dos deuses, com poderes além da capacidade humana, e enfrentando inimigos igualmente ou mais poderosos.

Infelizmente, não temos esse jogo em português. Para mais informações dele, acesse o site da Onyx Path.

Agora, se você não tem problemas com o inglês e adquiriu o livro, divirta-se adaptando o cenário do Acampamento Meio Sangue RPG.

image-5-9584376-4979453

Locais do Acampamento Meio Sangue

Apresentamos abaixo o cenário que você poderá usar para colocar os personagens dos jogadores. Tudo aqui é uma base, que você poderá adaptar livremente ao seu gosto, mas ressaltamos primeiro conhecer a série Percy Jackson e Os Olimpianos primeiro, para uma maior imersão.

Casa Grande

Edifício administrativo do acampamento e local onde fica o Oráculo de Delphi. É também um local para reunião de líderes dos chalés quando ocorrem problemas maiores ou ideias para missões.

Quadra de Vôlei

Uma quadra comum de vôlei, para que os campistas se divirtam como humanos “normais”, quando não estão treinando para serem guerreiros semi-deuses.

Artes e Ofícios

Edifício onde os campistas podem treinar artes como música e pintura, e ofícios como artesanato e metalurgia.

Lago

Massa de água alimentado por um pequeno rio que deságua na praia dos fogos.

Anfiteatro

Local de reuniões ou apresentações teatrais ou circenses.

Parede de Escalada

Local de treino de escalada, mas de uma maneira mais mortal: com lava. É uma formação de lava vulcânica que secou, e agora, é um desafio exclusivo para campistas veteranos, pois pequenos rios de lava ainda brotam de aberturas dessa grande parede.

Os Chalés

Local de descanso dos campistas. Cada chalé é dedicado a um dos 12 deuses olimpianos. Após a Segunda Guerra dos Titãs, Percy fez com que os deuses assumissem seus filhos e que exigiu que os deuses menores fossem respeitados. Desde então, existem cerca de 20 chalés e altares.

Dedicados aos deuses maiores: Zeus, Hera, Poseidon, Demeter, Dionísio, Hermes, Ares, Athena, Apollo, Afrodite, Hefaísto e Artemis.

E dedicados aos outros deuses: Hades, Iris, Hypnos, Nêmesis, Nike, Hebe, Tyche e Hecate.

Pavilhão do Refeitório

Local onde os campistas fazem suas refeições e se socializam. Normalmente não é permitido atritos nesse local.

Arena de Combate

Local de disputas e desafios. Equipados com locais onde podem ter batalhas em grupos, desafios um contra um, ou desafio solo, contra máquinas e armadilhas. É possível também assistir a essas disputas.

Arsenal

Local onde os campistas podem pegar suas armas, armaduras e escudos. Nesse local existem todos os tipos de armas brancas e armas de longo alcance.

Campo de Morangos

Um grande plantação de morangos suculentos, que são usados para alimentação local ou para venda fora do acampamento. Uma fonte de recursos para o acampamento, e também para manter uma fachada.

Estábulos

Local onde são armazenadas montarias, como cavalos e pégasos.

Riacho Zéfiro

Pequeno regato de águas cristalinas. No lado direito, dentro da floreta, é possível ver uma formação rochosa conhecida como Punho de Zeus, nome dado quando visto de um certo ângulo.

Praia dos Fogos

Praia costeira arenosa localizado no norte do acampamento.

Colinas Meio Sangue

Colinas que cercam naturalmente o campamento, fornecendo uma proteção adicional. Lá se encontra o Pinheiro de Thalia

Pinheiro de Thalia

Árvore mágica criada por Zeus para salvar não apenas sua filha, Thalia Grace, como impedir que qualquer mal aconteça ao Acampamento. Uma barreira mágica foi erguida, impedindo que monstros invadam o acampamento.

Estreito de Long Island

Última barreira natural que separa o Acampamento de Long Island.

Este é um site do grupo B20